1. Spirit Fanfics >
  2. Love >
  3. Capítulo 1

História Love - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Leiam as notas finais, tenham uma boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo 1


Os ares de Gusu brindavam à nostalgia.

A cada esquina desde que saíra do aeroporto, o jovem Wei Wuxian sentia a ansiedade crescer dentro de si ao ver as paisagens de sua adolescência tão coloridas e cheias de vida através da janela do uber. Estava indo a uma festa de boas vindas preparada por sua irmã Jiang Yanli, em seu novo apartamento, afinal fazia tanto tempo que havia se mudado para o exterior que antes de voltar a Gusu teve que conversar com seus irmãos para lhe ajudar a arranjar um local que pudesse viver e gravar seus vídeos.

Sim, Wuxian é um garoto famoso por suas maquiagens e covers em um canal no youtube, ainda que sua carreira tenha começado no tiktok, ele seguiu produzindo cada vez mais e mais conteúdos, hoje em dia tendo até cd's online lançados de forma independente. Uma "quase celebridade", de acordo com ele.

Ao longo dos seus anos afastados de Gusu, ele sentiu falta de seus antigos companheiros de classe, agradecendo sempre por ter mantido contato com todos mesmo com os problemas familiares que o levaram a ir para o exterior. Inclusive vários desses amigos foram convidados e ele mal esperava por essa reunião, como também tinha expectativas de reencontrar sua antiga paixão, a Lan Zhan.

Pelo o que Wei lembrava de Lan Zhan, a garota não suportava sua presença quando se conheceram na oitava série. Ela era vista como alguém extremamente estudiosa, carregando algum livro embaixo dos braços e utilizando roupas claras, nunca esquecendo-se da fita especial da família a qual pertencia.  Lan Wangji, por não suportar suas brincadeiras, lhe lançava olhares irritados, às vezes trocando palavras curtas consigo ao passar dos limites. Todavia, depois de uma vez compartilharem um trabalho em dupla e viverem tendo que ir na casa um do outro, criaram uma amizade peculiar. Lan Qiren, o responsável da Wangji, lhe dava sermões e vigiava como nunca as interações de ambos com medo de que acontecesse coisas indevidas por causa de hormônios, enquanto Lan Huan, o irmão mais velho e artista, procurava sempre entreter os mais novos pois sabia muito bem como o tio era alguém de mão firme, até levando-os para sair algumas vezes.

Chegou em frente ao seu destino, reparando que o apartamento arranjado se encontrava em um condomínio de prédios residenciais, não passando despercebido a beleza moderna e natural do lugar, que lhe trazia paz sem nem mesmo ter adentrado os portões. Desceu do uber agradecendo ao motorista e carregou suas malas até a portaria, onde recebeu ajuda do porteiro após algumas ligações e a confirmação dos dados. Sentia suas mãos tremerem e lágrimas acumularem-se em seus olhos, um sorriso estampando seus lábios por todo o caminho do elevador até o andar 13. 

Iria rever A-li e A-Cheng...

"Será que a jiejie convidou a Lan Zhan mesmo? E se ela veio, como que vou cumprimentar ela? Será que eu abraço? Não, não! Melhor eu apertar as mãos! Ou será que dou um beijo na bochecha até porque somos amigos não é? Não, acho que um beijo na bochecha é algo muito íntimo, se controle Wuxian! Mal conversaram durante esses anos e você nem sabe se ela veio, pelo amor! Mas se ela veio... Ela deve estar tão linda...", seus pensamentos foram interrompidos pela abertura das portas, o tirando de seu conflito interno e puxou as malas até a porta do 313.

Tocou a campainha e não demorou para ouvir o barulho da mesma ser destrancada, revelando o rosto delicado de sua irmã mais velha. Jiang Yanli trajava um vestido floral lilás e os cabelos presos num coque despojado, encantando os olhos de Wuxian que transbordaram e abraçou a menina com força, largando as malas no chão como se fossem simples sacos.

— Jiejieeeeeeeee! — Ria desacreditado que finalmente estava perto de A-Li, o tamanho da saudade imensurável diminuindo apenas de sentir o corpo dela dentre seus braços.

— Estava com tantas saudades, A-Xian! Por favor entre, preciso que reveja todo mundo — Yanli pediu após o abraço saudoso do irmão e ajudou a puxar as malas, colocando-as em um canto onde dificilmente alguém mexeria. Pegou uma das mãos de Wuxian e puxou-o consigo para sala de estar onde todos se encontravam. — Nosso A-Xian finalmente chegou!

Palmas e assobios inundaram a sala e mais lágrimas escorreram pelo rosto do recém-chegado, que reconhecia todos que estavam ali. Nie Huaisang, Jiang Cheng, Wen Qing, Wen Ning, MianMian, Jin Zixuan, Lan Xichen e... um garoto?

— Finalmente, porque eu não aguentava mais ouvir as reclamações de ninguém dizendo que sentia sua falta, Wei Wuxian, pois eu não senti. — Reclamou Jiang Cheng fingindo falta irritação de braços cruzados enquanto Lan Xichen abraçava-o pela cintura. O Wei viu seu cunhado rir e sussurrar algo no ouvido de seu irmão mais novo, fazendo A-Cheng corar fortemente. — Ta ok... talvez eu tenha sentido sua falta. — Completou emburrado. Wei Ying deu um sorriso brilhante e correu até o irmão, puxando para um abraço forte.

— Jiang Cheeeeng, como você ousa dizer que não sentiu a minha falta?! Logo de mim, a estrela da sua vida, o irmão mais bonito que você tem! — Falou dengoso enquanto lutava contra o irmão arredio que só sabia querer parar aquela cena "ridícula" de demonstração de afeto.

— Wei Wuxian, se você não quiser que eu quebre as suas pernas aqui e agora, é melhor me largar! — Brigou Wanyin dando uma cotovelada que foi facilmente desviada pelo mais velho risonho. Xichen riu da situação de seu namorado, voltando a abraça-lo por trás e deu uma piscadinha para o jovem Wei.

— Seja bem vindo de volta, A-Ying. — Disse o Lan sorrindo e Wuxian ficou tentado a abraça-lo também mas se comportou.

— Oi Huan-ge, como vai você? Com certeza sofrendo pra controlar a fúria que é o meu irmão — Brincou Wuxian dando uma olhada para Jiang Cheng, que mostrou a língua.

— Estou bem e controlar Wanyin é fácil, apesar que gosto muito quando ele se estressa, acho sexy. — Comentou o homem recebendo um tapa de um Jiang Cheng extremamente envergonhado. Wei Ying deu uma gargalhada alta.

Logo, Wuxian desviou o olhar para o garoto inexpressivo ao lado de Xichen, recebendo um olhar intenso de volta, achando deveras intrigante. Ele lhe parecia familiar mas não fazia ideia de onde teria o visto, contudo era visível que deveria ter algum parentesco com o Lan, afinal os traços da família não eram tão difíceis de serem notados.

Cumprimentou cada um dos outros, quase perdendo seu tórax para Wen Ning que sempre fora alguém bastante afetivo e acabou dando um abraço de urso digno de muita choradeira, e voltou para perto de seus irmãos e os Lan. Trocaram algumas palavras, conversando sobre como foi a viagem de volta, como estava a vida de cada um, até que de tanta curiosidade o Wei soltou sua língua.

— Desculpe-me perguntar, mas qual o seu nome? — Questionou sorrindo e olhando intensamente o garoto misterioso e que não havia dito nada até agora. Lan Huan deu uma risadinha e o Wei viu as orelhas do desconhecido avermelharem-se de forma rápida. Deveria estar com vergonha por ter chamado atenção para si. 

Viu ele respirar fundo e encarar seus olhos novamente, ouvindo por fim a voz grave e baixa do garoto lhe responder a pergunta, arrepiando todos os fios de cabelo do seu corpo.

— Eu sou Lan Wangji, o irmão mais novo de Lan Xichen.

E assim a cabeça e as pernas de Wei Ying pararam de funcionar.

Seu coração acelerou como nunca, suas mãos tremeram e suaram diante da descoberta e pela voz melodiosa que conversou consigo pela primeira vez naquela noite. Extremamente sensual mesmo sendo apenas uma apresentação. Não era possível...

Lan Wangji, sua crush de infância, agora se apresentava como um homem e Wei Wuxian se apaixonou pela segunda vez.


Notas Finais


Oie, tudo bem?
Espero que tenham gostado desse capítulo, faz muito tempo que não escrevo fanfics e voltar com wangxian me deixava um pouco apreensivo por estar falando besteira ou cometendo atos que não condiz com as personalidade deles. Essa fanfic começou com a ideia de realizar uma AU onde o Wangji fosse trans pois gostaria muito de explorar o fato dele ser alguém (pelo menos na minha fic) que não se importa de ter cabelos longos e usar coisas andróginas, além de ajudar ao mesmo tempo em tratar de temas que passo no meu dia-a-dia.

Não sei se irei fazer atualizações a cada 7 dias ou menos, mas espero que dê tudo certo e qualquer coisa, podem comentar depois que irei responder todos com muito carinho!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...