1. Spirit Fanfics >
  2. Love and Death >
  3. Love and Death

História Love and Death - Capítulo 1


Escrita por: Min_Jung_22

Notas do Autor


Oiii, escrevi essa one por que estou triste, com raiva, no meio de uma crise existencial.

Desculpa caso você chore, não é minha intenção:(

Boa leitura

Capítulo 1 - Love and Death


Fanfic / Fanfiction Love and Death - Capítulo 1 - Love and Death

Visitando o Papai Yoon 

🌿🌿🌿 


Sábado, 05:00am, 26 de outubro de 2027 


Jung Hoseok 


– Hoje é nosso aniversário de casamento, 10 anos casados, foram os melhores anos da minha vida. - arrumava o vaso de flores. - Essa últimos meses foram difícil sem você, não sei como você conseguia aguentar quando eu estava longe, tem cido difícil dormir, todas as noites eu sonho com a mesma coisa, você morrendo. 


O cemitério estava vazio, então não tem problema chorar alto. 


-E tão difícil sem você aqui, nossa pequena tem me perguntado todo dia quando o papai Yoon vai voltar, isso me destrói ter que falar para nossa anjinha que o pai dela está no céu, me destrói ver o rostinho dela cheio de lágrimas. - me apoio no túmulo. - Você me prometeu que nunca ia nos deixar, mas você nos deixou sozinhos, sei que não foi por querer mais é tão difícil sem você aqui. 


Hoje completava seis meses que Yoongi morreu, foram os meses mais difíceis da minha vida. 


- Meus pais me ligaram disseram que se eu quisesse poderia voltar a morar com eles, eles disseram que poderiam cuidar da Eun-Gi, eu perguntei se ela queria ir morar na casa dos meus pais,mas ela disse que se nós fossemos embora íamos deixar o papai Yoon, e que não queria ir por que não queria esquecer do papai Yoon. 


Me levanto, tipo a sujeira da minha roupa e dou um beijo em cima da lápide. 


- Até mais meu amor, irei voltar aqui assim que possível. - saio do cemitério chorando. 


🌿🌿🌿 


Domingo, 05:30am, 22 de novembro de 2027 


- Vamos querida, arrume as flores do papai Yoon. - me sentei ao lada de Eun. 


- Oi papai Yoon, hoje é meu aniversário, papai Seok disse que o tio jinnie e o tio taetae tão arrumado minha festa, não sei o tema da festa os titios não quiseram me falar. - disse fazendo um cara emburrada. - Mas tudo bem, hoje estou visitando o papai então eu estou feliz. - disse sorrindo. 


- Meu anjo, por que você não fala um pouco de como tem sido os seu dias pro papai. - falei fazendo carinho nós seus cabelos cacheados. - Tenho certeza que ele gostaria de ouvi sobre. 


Eun passou duas horas falando sobre as coisas que achou mais importante, falou sobre seus novos amigos, suas brincadeiras, sobre os dentes que caíram, e sobre como sentia saudade dele. 


- Vamos meu amor? Você precisa comer, já que não quis tomar café da manhã, sabe que o papai Yoon sempre disse que era importante tomar café. 


- Sei mas eu tava tão animada, desculpa papai Yoon e papai Seok. - Se levantou e beijou a lápide. - Até mais Papai Yoon. 


- Até mais amor. - me levantei e beijei a lápide. 



Uma  vez você disse que éramos como o amor e a morte, disse que eu era o amor algo, que muitos queriam ter e que poucos teria a oportunidade de realmente conhece e que você era a morte, você nunca me disse o por que você era a morte. 


Quando eu li a carta que você deixou em cima da mesa, eu entendi o por que de você ser a morte, entendi o por que de você me deixar, as mortes que você carregava lhe eram um fardo muito grande e que um dia você teria que pagar. 


Sabe hoje eu me pergunto o que acontece quando o amor e a morte se abraçam.

O amor morre?

Ou a morte se apaixona?

Talvez a morte morresse de amor e o amor amaria até a morte.





Notas Finais


Espero que tenha gostado.

Depois eu arrumo uma capa para a One.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...