História Love, Anonymous - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens RenJun
Tags Anonimo, Carta De Amor, Huang Renjun, Nct, Nct Dream, Renjun
Visualizações 50
Palavras 377
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, LGBT
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


É minha primeira vez postando aqui, demorei pra corrigir erros, e fiz muitas mudanças até chegar ao resultado final. Espero que gostem. Eu amei ela.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Love, Anonymous - Capítulo 1 - Capítulo Único


Oi... 
Primeiramente, gostaria de me desculpar por deixar este bilhete simples em seu armário sem ao menos me identificar.


Esperei com paciência você terminar sua conversa com o seu amigo, Chenle, antes de deixá-lo aqui. 


Pensei por dias se deveria mesmo fazer isso e meus amigos disseram que era a coisa certa... Porém não quero me revelar. Admirar você de longe é o que me dá ânimo para aguentar os dias tediosos no colégio. 
Meloso, não?! Mas é a verdade.

 
Aposto que deve estar se perguntando qual a finalidade deste pedaço de papel e, bem, vou tentar ser direto a partir daqui:
Faz exatamente 2 meses que te vi pela primeira vez. Você estava tão radiante, como sempre, mas havia um brilho diferente no olhar e... céus! Eu não consegui desviar meu foco de você um minuto se quer. Foi quando seu olhar cruzou com meu.  Naquele momento eu pude sentir o que tanto diziam que acontece quando se conhece o amor — as famosas borboletas no estômago.


Huang Renjun, os deuses devem ter inveja de você por ter sua inefável beleza que faz com que todos se apaixonem.
E eu, que sou em todo pueril, fui mansamente capturado por ti, ainda que não fosse sua intenção. Até mesmo quando minha presença não era notada no ambiente, você conseguia me deixar feliz apenas por estar ali, dividindo o mesmo espaço que eu.
Confesso que me dói ver teu sorriso e não ser o motivo dele —  queria poder morar em suas covinhas. E sua risada... É tão contagiante. Deve ser por isso que seus amigos sempre estão rindo junto a ti. (Ou talvez porquê seu coreano ainda seja embolado e eles acham uma graça o seu esforço.) 


Eu só queria mesmo dizer que você é dono de todo o meu amor e, mesmo que nem saiba disso, nem quem eu sou, ainda sim saberei quem tu és, Huang. 


Obrigado por seu o meu primeiro amor, por ser o motivo de minhas lágrimas e de meus sorrisos. Talvez um dia ocorra de eu mudar de cidade, ou quem sabe mudar de colégio. Posso achar outros amores, mas ainda assim o meu primeiro vai ter um espaço especial em meu coração. 


Só queria que soubesse disso. 
          Com amor, Anônimo.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...