História Love at First Sight? - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Amor, Amor Á Primeira Vista, Baekhyun, Chanyeol, Chen, Colegiado, Escola, Exo, Família, Kai, Lay, Sehun, Suho, Triângulo Amoroso, Xiumin
Visualizações 8
Palavras 1.202
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe a demora! Aproveitem o terceiro capítulo! Beijinhos.

Capítulo 3 - Ele novamente?


Fanfic / Fanfiction Love at First Sight? - Capítulo 3 - Ele novamente?

Ainda tentando raciocinar sobre o fato de que ele podia ser meu vizinho, continuei sentada na escada durante uns dez minutos, totalmente envergonhada pelo fato de que eu olhei no fundo dos olhos dele e agora ele era meu vizinho (pelo ou menos eu suponhava).

   Me levantei e fui até meu quarto, peguei coisas necessárias para banho e pós-banho, e fui para o banheiro. Novamente - sempre - com água quente, bom, dizem que relaxa os músculos, então eu sempre tomo banho quente, até porque eu não consigo nem pegar numa pedra de gelo porque minha mão dói, então a Mary sempre faz isso por mim, ela é muito protetora comigo, e olha que a menor é ela. Lá estava eu falando comigo mesmo e rindo pelo fato da Mary ser fofa e pequena (como se eu não fosse) mas era divertido.

    Eu estava precisando de música, então eu peguei meu celular e coloquei pra tomar "minhas músicas de doido" (era como a Mary se referia), mas na verdade era Lana Del Rey, Artic Monkeys, etc... Tomei meu querido banho, já passava das 8:00 PM. Me troquei, nada muito diferente do que eu me vestia, moletom. Pelo horário estar tarde, desci as escadas em direção a cozinha, fiz um chá e torradas, não poderia beber café pelo fato de que não dormiria caso bebesse. Então estava só eu e minha comida, felizmente, no silêncio. Novamente subi pro quarto, e me sentei na janela, que dava de frente com a janela do 'meu novo vizinho'. Enquanto tocava 'Young & Beautiful' olhava pra rua e sua mansidão, sem ninguém ali, vazia, porém iluminada pelas casas da residência, o que era bonito de se ver.

   Quando me dei conta, lá estava eu, dormindo de bruços na janela, com bastante dificuldade fui pra cama, e já era umas 11:30 PM pelo que via no celular mas a luz forte atrapalhava, sorri em aprovação de que teria mais horas pra dormir, e assim, descansei. Em questão de segundos acordei rapidamente e me sentei na cama, assustada, pelo sonho. 

"- Meu Deus!" era a única forma de me expressar pela surpresa do sonho. "- Porque eu sonhei com isso? Qual é?" 

    Fui - ainda em choque - para o banheiro fazer minha higiene matinal, e novamente pôr alguma calça jeans, e uma blusa de moletom branca, já não estava com um humor agradável, porém estava calor. Rapidamente fiz tudo o que necessário. Fui até a cozinha, pelo jeito meu pai havia saído mais cedo que o normal, ou estava dormindo ainda, então fiz meu café e quando pronto enchi o meu copo térmico com a bebida. Fui até a geladeira pegar alguma fruta - já cortada - e assim ia comendo pelo caminho. O caminho até a escola foi totalmente agradável, não havia nenhuma nuvem sobre o céu, e o sol estava transmitindo mais calor que o normal. Coloquei meus fones de ouvido e segui pelo resto dos quarteirões que faltava até chegar na escola.

   Por incrível que pareça cheguei cedo, e logo avistei Mary, que por nenhuma novidade estava lendo seu livro favorito.

   - Bom dia - disse me sentando no banco ao seu lado

  - Bom dia, tudo bem? - perguntou enquanto tirava sua atenção da leitura para mim, e fechava o livro

  - Não, nada bem, aconteceram duas terríveis coisas! - coloquei as mãos de apoio para minha cabeça, sobre a mesa

  - Eita, o que aconteceu dessa vez? - Mary estava preocupada pela minha atitude

   - Ele! Toda hora é ele! - me exaltei

  - Mas ele quem? Doida! - Mary estava mais confusa ainda com a minha atitude

  - O novato Mary! Depois que você saiu, eu fiquei meia hora ainda lá fora, só porque queria realmente pensar, "respirar", e eu o vejo chegar do além, ressurgir das cinzas, com 2 rapazes que deviam ser amigos dele! E outra, eu sonhei com ele, como eu possos sonhar, SONHAR, com alguém que eu conheci ontem praticamente? Nem é conhecer, mas ver e só isso?

  - Meu Deus! Calminha aí, quer dizer que o novato 'bad boy' é seu vizinho? E que você sonhou com ele, sendo que, você o viu uma vez na sua vida? - perguntou ainda confusa e confirmei com a cabeça - Wow, você gostou dele... EU SABIA QUE AMOR A PRIMEIRA VISTA EXISTIA! HAHAHAHA - Mary estava totalmente entusiasmada com o acontecimento, que eu achava totalmente besteira pensar em "amor a primeira vista", ainda mais em relação a mim. 


   - Eu acho totalmente besteira dizer que aconteceu 'amor a primeira vista', essas coisas não existem, e se existir é um e um milhão, então creio que não há nada relacionado. Devo ter tido apenas una atração rápida por ele. - tentava distorcer a hipótese de que podia haver essa chance de ter acontecido isso comigo, já que, não sou uma garota de tanta sorte 'amorosamente'.

  - Será? - Duvidou Mary

 - Óbvio - Respondi imediatamente, até que deu horário de irmos para a aula.

  O único horário que não estaria junto com a Mary era o de Sociologia, então, fui para a sala sozinha. Me sentei na frente, porque detestava o "fundão" - clichê? Imagina - enquanto a sala se enchia, prestava atenção em meu celular e na música que tocava, ah... "Talk Show Host - Radiohead" minha música favorita, claro.

   Passou 15 minutos e ainda nada do professor aparecer, bom, ele devia ter faltado - pelo jeito - olhei envolta da sala e novamente aquele ser estava lá, o cara que eu encarei sem ao menos saber o nome, e que do nada havia virado meu 'querido' vizinho. O encarei novamente, até a sua atenção se voltar pra mim enquanto ria de alguma coisa que havia escutado de alguns dos seus novos colegas, tentei disfarçar, porém não havia dado certo, e não havia tido tempo para me virar na hora exata.

   Podia sentir seu olhar me queimando "pelas costas", tentei dispersar aquela vergonha, antes que ficasse pior, porém por alguma razão - do universo talvez, querendo me ferrar - ele passou ao lado da minha mesa, e jogou uma bolinha de papel na lixeira e ao retornar me encarou descaradamente, e voltou ao seu assento.

   Fiquei os de mais 30 minutos tentando fazer algo que não fosse idiota, para que o próprio menino, cujo não sabia o nome, me encarava e ele poderia me achar uma retardada caso eu ficasse como normalmente fico. E graças a Deus, deu o horário de troca, e assim iria rever minha melhor amiga.

  - Mary? - Me aproximei dela, que estava encostada em seu escaninho.

  - Ai! Você me assustou, aish!

  - Desculpa - ri e a mesma riu junto - Você não sabe quem entrou no seu lugar durante as aulas de Sociologia... - falava enquanto abria meu escaninho para pegar o material da seguinte aula - ... Pois é, ele de novo! E novamente nos encaramos. Devo me preocupar? - voltei meus olhos para Mary, e a mesma havia apenas concordado com a cabeça.

  E senti um pequeno ataque dentro do meu coração, mas não podia transparecer, então apenas ri em zoação, Mary fez o mesmo. E fomos para a aula. 

Notas Finais


Desculpe qualquer erro ortográfico, até o próximo capítulo. Beijão!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...