História Love Between "Friends" - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Matheus Neves "Pk Regular Game", Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, Rodrigo "Saiko" Ximenes, Thiago Elias "Calango"
Personagens Felps, Matheus Neves, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, Rodrigo "Saiko" Ximenes, Thiago Elias "Calango"
Tags @tawan, André Felipe / Felipe André, Calango, Carlos Ycaro Gabryel, Cellbit, Felipe Zaghetti, Felps, Goularte, Guaxinim, Matheus Neves, Meiaum, Rafael Lange, Rafael Montes, Rodrigo Ximenes, Saiko, Thiago Elias, Ycaro, Ycro, Ykuuro
Visualizações 34
Palavras 1.527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Estou aqui com mais um cap dessa fanfic... E gente.. Eu vou escrever a outra fanfic sim... É que eu acabei ficando sem criatividade ;~;

Boa leitura <3

Capítulo 3 - Talk, Kiss and Tears


Fanfic / Fanfiction Love Between "Friends" - Capítulo 3 - Talk, Kiss and Tears

~ No capitulo anterior ~

 

Saiko pegou uma garrafa e fazemos um circulo, caiu Saiko para Ycaro.

- Verdade – diz o loiro

- É verdade que você gosta da Yasmin?

 

~ Capitulo de hoje ~

 

- Eu – diz Ycaro corado, eu fitava o chão, enquanto os outros o encaravam querendo uma resposta – Eu... Eu...

Levanto-me e vou correndo para um quarto no andar de cima, fecho a porta e olho em volta.

É o quarto do Saiko ~ penso e pego uma foto dele e do Ycaro, o mesmo estava corado.

Logo em seguida a porta abre, Vickys, ela entra e fecha a porta com cuidado

- Oi – ela disse e se aproxima de mim, eu coloco a foto no lugar – Eles estão preocupados com você... E como eles me consideram simpática e fofinha... E me fizeram vir aqui.

Ela sorri e eu vou até a cama, me sento e bufo e fico encarando o chão.

- Por quê? - pergunto e ela se senta do meu lado – Porque eu?

- Por que o que? – ela pergunta e eu a encaro, ela entende – Você é legal! – ela diz sorrindo

- Não sou não – digo e ela me olha confusa – Eu os tratei mal e ainda sou a garota mais zoada da escola...

- Não – ela diz e coloca a mão no meu ombro – Você é boa! Só não sabe que é...

- Você se lembra da periquito? (A: Apelido bosta que coloquei nela... Para quem não sabe periquito é um pássaro que quando mais novo é pequeno).

- Sim... O que tem ela?

- Sou ela – digo e ela arregala os olhos – Eu sei que Saiko, Ycaro, Tawan e André me zoavam – digo e ela olha para baixo – André nem tanto... Sei que você gosta dele – Sussurrei no seu ouvido as ultimas palavras e ela arregala os olhos e cora violentamente, eu ri – Bem... Eu sumi por um tempo, troquei meu nome... E depois mudei meu jeito e estilo – digo fitando o chão, meus olhos já ardiam querendo chorar – Sabe eu já estudei com os meninos, isso é obvio porque eu falei agora a pouco, eles pareceram ter mudado, continuam meio infantis – Ri e uma lagrima desceu de meu rosto – Eu já tive , ou tenho, uma paixonite pelo Ycaro e teve um dia que eles e os meninos me zoaram e eu já estava horrível por dentro, eu fui ao banheiro da escola e me tranquei lá, chorei demais e eu também me cortei... Eu praticamente morri por dentro... O dia todo o garoto que eu amava me zoava o dia todo – ela me abraçou e eu chorei forte

A porta se abriu, abri os olhos e vi André e os outros entrarem, André me abraça e eu voltei a chorar

- Desculpa! – ele sussurra no meu ouvido – Eu... Eu...

- Calma... – digo no seu ouvido sorrindo

- Yasmin... – ouço Saiko dizer e o olho – Desculpa... Eu que tinha inventado esse apelido – ele diz e recebe um tapa de Skii, pelo jeito forte – Aí! Você tem chumbinho na mão? – a loira ri e nega – Desculpa mesmo...

- Ok... – digo, olho Tawan e o mesmo parecia se contorcer para não chorar como os outros – Tawan? – ele me olha e vejo lagrimas em seus olhos – Vem cá me dar um abraço! – estendo os braços e ele vem quase correndo me abraçar

- DESCULPAA! – ele grita no meu ouvido

- Meus tímpanos – digo rindo e ele ri – Tudo bem... Te perdoo

- E eu? – diz André com um bico até que fofo

- Perdoo todo vocês! – digo e Tawan, Saiko e André me abraçam, nos separamos e eu olho Ycaro, o mesmo estava cabisbaixo – Ycaro?

Ele me olha, sua expressão parecia de ódio e me assustou um pouco, ele se aproxima de mim, segura meu rosto e me beija, eu sinto minhas bochechas esquentarem fortemente

- MEU OTP! – ouço gritarem

Ele nos separa e se senta no chão vermelho, e não é por estar envergonhado.

- Te odeio – ele diz serio, fica um clima estranho, meus olhos já desciam lagrimas frias... Bem frias.

Levantei-me, desci as escadas e peguei minhas coisas, vou até a porta, destranco e quase abro, mas sinto alguém puxar meu braço.

- São quase oito horas... – diz Saiko segurando meu pulso – Tá maluca? – meu braço que está à mochila fraqueja e a mochila cai, eu o abraço e choro de novo, o mesmo me abraça e acaricia meus cabelos, bocejo e Saiko me encara, ele me pega no colo estilo noiva e pega a minha mochila, ele caminha até a sala e me coloca no sofá e sobe, não demora muito e traz dois travesseiros e uma coberta.

- Obrigada – digo já ajeitada no sofá, ele murmurou um ´´ De nada´´

Fecho os olhos e adormeço...

P. O. V. Autora (A: SOU EU NESSA MERDAAAAAA Todos: Continua logo A: ;~;)

Quando Yasmin dorme Saiko sobe as escadas, entra no quarto e fecha a porta com força.

- VOCÊ É IDIOTA? – grita Saiko a Ycaro

- NÃO! EU SOU BURRO! COMO VOCÊ DIZ! – o loiro grita de volta

- Escuta aqui – diz Saiko pegando o braço do loiro e o levanta do chão – Ela ia ir embora! E de quem é a culpa? Em Ycaro? (A: É DO LOIRO! É DO LOIRO!) – ele pergunta ao loiro que olha o chão – SUA!

Ele joga o loiro de volta ao chão e o mesmo geme de dor.

- Cadê ela? – pergunta Vickys preocupada e Saiko passa a mão no cabelo

- Tá dormindo no sofá – ele diz e suspira – Amanhã você vai se desculpar Ycaro... – ele diz de costas – OUVIU?

- Sim... – o loiro quase sussurra, pela ´´primeira´´ vez estava com medo de Saiko

Eles se arrumam para deitar, fica assim: Saiko e Skii na cama de Saiko. Jas, Goularte, Felps e Cellbit dormiram em colchonetes no quarto de Saiko. Vickys e André dormiram na sala com Yasmin, e os outros (Guaxinim, Calango, PK, Ycaro e Aya, que não se importou de dormir com os garotos) no outro quarto.

*No dia seguinte* P. O. V. Yasmin

- YASMIN – ouço gritarem no meu ouvido e tomo um susto acordando, vejo Vickys, a olho meio triste por ter acordado e ela sorri sem mostrar os dentes – Se arrume! Já é seis e dez.

Bocejo, pego minha mochila, abro a mesma e pego minha muda roupa, Vickys me entrega uma toalha, subo as escadas e entro no banheiro, fecho a porta e me despi, liguei o chuveiro e entrei no chuveiro. Rapidamente saio, me seco e pego minha calcinha e sutiã, visto e em seguida pego minha calça preta rasgada no joelho e visto, faço isso com a regata branca e o casaco preto, seco o cabelo e coloco a touca. Pego tudo que era meu no banheiro, abro a porta do banheiro e saio, desço as escadas e dou de cara com Ycaro.

- Oi – ele diz e eu passo reto

- TÁ NA MESA! – grita MeiaUm, vejo todos irem rápido para a cozinha, vou até a cozinha e encho um copo com suco de laranja e pego uma torrada.

- Só isso? – pergunta Calango – Por isso é magra desse jeito!

Mesmo com lugar, fico encostada na porta da cozinha os vendo conversar animados...

- É relaxante – digo com a cabeça baixa e bebo o suco

- O que disse? – diz Tawan me fazendo o olhar, todos me olham curiosos e eu fico vermelha.

- Nada... Não disse nada – digo envergonhada e voltam a conversar

*Minutos depois* [06h40min]

Estamos na esquina da escola e eu to quase morrendo com eles falando de coisas idiotas, bem... Jas está de fones e de mãos dadas a Goularte... ~ penso nervosa

- Nossa... A gente já está quase na porta da escola – diz Vickys e eu olho para frente, paro e olho para o lado.

Um beco ~ penso e entro nele, espero uns minutos e saio

- OK! – digo aliviada – Sem conversas idiotas

Entro na escola como sempre, de fones e cabeça baixa. Quando chego ao banco que sempre me sento, sinto me puxarem pelo pulso.

- S-saiko? – digo e ele me ignora

Não adianta eu tentar me soltar ele é mais forte do que eu... ~ penso e o olho

- E mais alto também – sussurro

Ele para num canto da escola, que aparentemente era escondido de todo mundo.

- YASMIN! – grita Vickys pulando em cima de mim – Nunca mais faça isso! – assenti e ela me puxa para sentar no chão, olho em volta e todos estão ali, alguns me olham com cara feia, eu só murmuro um ´´Desculpa´´ e eles sorriem para mim, suspiro e pego o telefone – Yasmin... – diz Vickys e ela pega meu telefone

- Devolve! – digo e ela levanta, ela sai correndo e eu vou atrás dela, mas ela corre de volta para onde estávamos.

- Você sabe dançar? – ela pergunta olhando o telefone, eu arregalo os olhos e pego o telefone de novo.

- C-como assim?

- E que eu vi um vídeo na sua galeria de você dançando... Você faz aula?

- M-mais ou m-menos...

- Dança? Por favor – Tawan pede animado – Dança vai!

 

Continua...


Notas Finais


Gente... Eu queria matar o Ycaro escrevendo esse capitulo

Espero que tenham gostado...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...