História Love Between Suicidal Angels - (Imagine Min Yoongi) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Anjos Suicidas
Visualizações 85
Palavras 723
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Cortes


Fanfic / Fanfiction Love Between Suicidal Angels - (Imagine Min Yoongi) - Capítulo 5 - Cortes


- Não por favor! - pego uma coberta e coloco na frente do corpo, tampando o mesmo 
 
S/tio- Calma - ele ri - eu nem fiz nada - se aproxima 
 
Lágrimas já ameaçavam cair 
  
- Por favor, de novo não! 
 
Me sento na cama ficando encostada na cabeceira 
 
S/tio- Já subiu na cama pra facilitar... parabéns! - bate palma 
 
- Por favor... isso dói muito - sussurro 
 
S/tio- Eu juro q faço devagar, só basta você colaborar - se senta na cama e coloca a mão na minha perna 
  
Esse momento eu já estava perdida em lágrimas que escorriam sem parar. 
Puxa a coberta da minha mão e sobe em cima de mim prendendo meus braços pra cima e beija meu pescoço 
 
Eu sou uma idiota mesmo, nem me defender eu sei 
 
Ele tira meu sutiã e aperta meu peito com força me fazendo gemer de dor 
 
S/tio- Cala a porra da boca, eu não quero te machucar! - continua a apertar meu peito esquerdo e morde o biquinho do direito 
 
Mordo o lábio forte para não gritar 
 
S/tio- Boa garota - tira minha calcinha e massageia meu clitóris 
 
Eu apenas chorava, não tinha mais o que fazer, ou eu obedecia ou apanhava. O pior é que sou muito burra de não enfrentar ele, mesmo que apanhe um pouco quem sabe eu não acabo escapando disso! 
 
Tira seu cinto e a calça, logo abaixando a cueca e colocando uma camisinha. 
Abre minha perna com força deixando uma dor presente entre minhas pernas e me penetra forte. 
 
Aperto tanto os dentes contra o lábio inferior que começo a sentir um gostinho de ferro na minha boca 
 
Cortei a boca com a porra do dente. Desgraçado filha da puta! 
 
Mas a dor que eu sentia nos lábios, não era nem 1% da dor que eu sentia em minha intimidade  
 
[...] 
  
Depois de ele ter gozado, foi no meu banheiro tirou a camisinha e deu um nó na mesma, a jogando no lixo.  
 
Ele Sai do meu quarto e eu vou na porta com dificuldade pela dor em minha vagina. Tranco a porta e vou pro banheiro, ligo o chuveiro no morno e vou pra frente do espelho me vendo com a cara inchada e os lábio sangrando. 
 
Abro a porta do armário e pego uma gilete. Entro no chuveiro com a lâmina em mãos, me sento no chão e começo os cortes   
“A: O banheiro dela tem uma banheira e um chuveiro ok?!” 
 
- POR QUE? POR QUÊ TEM QUE SER COMIGO? POR QUÊ EU NÃO ABRO A PORRA DA BOCA? POR QUÊ SOU ASSIM? POR QUÊ? 

Chorava desesperadamente, não pelos cortes e sim pela dor causada a tempo atrás, ainda mais por saber o quão fui burra. 
 
Me sinto tão suja, tão nojenta, tão idiota por não fazer nada. Já fazem 5 anos que isso acontece comigo. Sim comecei a ser abusada com 10 anos de idade pois comecei a ter corpo por essa idade. 
  Antigamente não era assim, eu era feliz. Brincava com meus tios e era como se tivesse um pai e uma mãe. 
 Bom isso infelizmente mudou após meu corpo mudar... 
 
ODEIO MEU CORPO, ME ODEIO, ODEIO TUDO!!  
 
[...] 
 
Estava deitada na cama com os olhos fechados, a mão no ventre tentando amenizar a dor, acabei por adormecer. 
 
 ... 
  
Acordei com minha tia me chamando (AVISO: gente o tio dela entra as 7:00 no trabalho e sai as 20hrs, já a tia entra as 8:00 e sai as 19hrs... horário de almoço dos dois são as 12:00 e voltam as 13:00!) 
 
S/tia- S/N venha jantar! 
 
- S/tio já chegou? 
 
S/tia- Não, ele vai chegar as 21 hoje, por quê? 
 
- Nada não! 
 
Me levanto e abro a porta, minha tia desce e eu vou atrás andado mancando 
 
S/tia- O que aconteceu? 
 
- Nada, por quê? 
 
S/tia- Você está mancando! 
 
Vai S/N conta logo! 
 
- Er... - abaixo a cabeça  
 
Seu marido estúpido abusou de mim hoje!! 
 

- Eu só bati a perna e tá doendo... 
 
S/tia- Ohh minha queria, tome cuidado da próxima vez - entrega o prato com comida pra mim e eu me sento na mesa pra comer. 
 
[...] 
 
Estava no meu quarto em frente o espelho do guarda-roupa olhando os cortes de mais cedo, suspirei e levantei indo me deitar na cama, passado um tempo adormeci.


Notas Finais


Perfeito, minha irmã ta assistindo filme e as vzs eu me distraio com isso, sofro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...