1. Spirit Fanfics >
  2. Love Borning (JIKOOK) >
  3. Décimo Primeiro

História Love Borning (JIKOOK) - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura, por favor deixe seu favorito e sua opinião para ajudar a fanfic e para eu saber se estão gostando!

Capítulo 11 - Décimo Primeiro


Meu tio e meu pai saíram do quarto enfim, assim que a porta se fechou um soluço sofrido saiu da minha boca acompanhado de outro e mais outro, Jungkook me encarou com tristeza, ele se sentou ao meu lado na cama e me abraçou forte, meu peito se encheu de calor e aos poucos fui me acalmando, a porta se abriu novamente revelando o senhor Kim, ele me encarou e eu vi compreensão em seu olhar, ele sorriu fraco e se aproximou da cama.

— Sinto muito pelo que aconteceu, eu não sei como deve estar se sentindo, mas saiba que tem todo meu apoio.— o moreno disse.

Assenti sorrindo com a forma carinhosa que ele falou, apertei a mão de Jungkook e olhei para os dois vampiros a minha frente, quando eu era uma fada nem mesmo minha família me queria, agora eu tenho dois amigos ótimos e um emprego bom, mesmo que isso tenha custado minha identidade eu me sinto bem, acho que se minha sas funcionassem eu nunca estaria aqui.

Eu nunca conheceria Jungkook.

Corei com esse pensamento, de fato o moreno vem rondando minha mente nos últimos dias, não posso negar, mas ainda me sinto receoso em relação ao mesmo, até porque eu achei que havia encontrado o amor uma vez e isso só serviu para que meu coração fosse quebrado em mil pedaços, mas Jungkook está os juntando de forma paciente e calma, que me traz uma paz absoluta e gostosa, o que eu posso fazer? Eu não consigo negar, mas ao mesmo tempo não consigo me entregar, o medo e o desejo andam lado a lado dentro de mim.

— Jimin.— voltei dos meus pensamentos com a voz de Jungkook me chamando.— Está tudo bem?

Assenti sorrindo miúdo, o senhor Kim se despediu e saiu do quarto deixando apenas eu e o de olhos vermelhos.

— Se sente bem?— o moreno perguntou segurando meu rosto entre suas mãos grandes e quentes.

— Jungkook por favor para.— pedi como se ele estivesse me machucando, o moreno se afastou assustado.

— Parar?— ele perguntou com seus olhos vermelhos arregalados.

— Você não pode chegar assim do nada e pegar meu coração, não faça isso, você não sabe o que me causa, não brinque comigo, por favor para.— limpei as lágrimas grossas que corriam pelo meu rosto.

— Não posso parar meu amor.— ele sorriu se aproximando.— Não quando você faz o coração que não bate a um milênio bater agora tão rápido como um carro sem freio, não posso negar que você é o amor da minha vida inteira.

Meu choro se tornou mais forte, eu não sabia se estava chorando de dor ou de alegria, realmente muito confuso para mim. Estar naquela situação, nós nos conhecemos a poucos dias e eu sinto um sentimento forte e avassalador, coisas estranhas tomam meu corpo, meu coração bate rápido e parece que tem centenas de borboletas no meu estômago, mordi meu lábio inferior limpando as lágrimas novamente, olhei para o moreno e ele sorriu, seus olhos se encheram com um líquido vermelho e que logo começou a correr por suas bochechas.

— Meu pai me disse que vez que nós vampiros não conseguimos chorar, apenas na frente da pessoa que é destinada a ser nosso par, eu esperei anos para sentir essa lágrima de sangue escorrer pelo meu rosto Jimin, e devo dizer que agradeço ao destino por lhe ter ao meu lado, por favor… por favor não me deixe.— ele fungou passando a mão pela linha de sangue em seu rosto.

Me aproximei do moreno devagar, segurei suas mãos com força e olhei em sua imensidão vermelha, sorri terno beijando a ponta do seu nariz.

— Uma fada que não podia voar e um vampiro que não conseguia amar.— sussurrei rindo fraco.— Somos um belo par.

— Somos perfeitos.— ele murmurou beijando meu nariz.— Descanse um pouco, você ainda me parece cansado.

Assenti e voltei a me deitar, o vampiro me cobriu e segurou minha mão até que eu adormecesse enfim.

Quando acordei novamente o quarto estava escuro, me sentei sentindo meu corpo menos tenso, a porta se abriu e a luz foi acesa revelando Hoseok com uma bandeja de comida, ele sorriu ao me ver acordado, o ruivo se aproximou e colocou a bandeja na minha frente, era uma sopa e um corpo de suco e pela cor aposto ser de uva.

— Lisa fez uma sopa com legumes para você ficar forte e eu um suco de uva para quebrar o salgado na boca.— o maior sorriu largo enquanto explicava.

— Obrigado, vocês são os melhores amigos que eu podia pedir.— funguei levemente chamando a atenção do meio elfo.

— Não chore se não eu choro também, você também é meu melhor amigo assim como a Lisa é minha melhor amiga, somos um belo trio não acha?— ele ergueu o braço fazendo um sinal de força e eu ri assentindo.— Sempre vou estar ao seu lado Jimin, eu devo minha vida a você.

— Não é para tanto, eu faço esperando receber o mesmo sabe, um dia eu podia estar no seu lugar ou você estar no meu lugar, ainda não sei.— dei os ombros.

— Entendi, eu acho, mas agora trate de tomar sua sopa mocinho.

Assenti começando a tomar a sopa, depois de acabar tomei o suco devagar logo entregando a bandeja vazia para o ruivo, ele pegou a mesma e disse que iria descer para ajudar Lisa com alguma coisas, assim que o maior saiu eu fiquei sozinho no silêncio do quarto, sai da cama e fui até a janela abrindo as cortinas, sorri ao ver a neve cair devagar no jardim, estava um pouco escuro, mas dava para ver um pouco do jardim coberto de branco.

Suspirei, eu já havia ouvido falar de fadas que renunciaram sua própria raça para viver como humanos, mas nunca pensei em fazer isso, meu maior sonho era poder voar e que Lay me visse como um homem para casar e lhe dar filhos, mas isso não aconteceu, eles estavam esperando apenas um erro meu para que me tirassem o direito de ser uma fada, mas agora já foi, eu sou um humano agora, mas eu sou um humano feliz pois tenho Jungkook e meus amigos ao meu lado.

 

 

 

Leiam as notas finais please~~

 


Notas Finais


Jikook dando o primeiro passo para um relacionamento, uma rápida explicação, os vampiros o universo de Love Borning tem o coração parado, mas quando eles conhecem uma pessoa que lhes desperta o amor o coração da leves batidas. E eles choram sangue também, vou dar explicações e se tiverem dúvidas perguntem nos comentários que eu vou dar meu máximo para responder.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...