História Love BTS - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 4
Palavras 856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


mais um bjbj boa leitura.

Capítulo 4 - ..............


Fanfic / Fanfiction Love BTS - Capítulo 4 - ..............

Cap: 4.

            (P.O.V) – Vane.

     Entramos no avião, eu sentei perto da janela e Duda sentou ao meu lado, depois de uns 30 minutos Duda já estava dormindo de boa e eu acordada sem um pingo de sono, de repente ouço uma comissária falar:

-Senhores passageiros, iremos passar por uma pequena turbulência de esteira, devido a um outro avião em nossa frente, por favor fiquem com os cintos de segurança e permaneçam nos seus assentos.

O que uma turbulência????!!!! Misericórdia, acordei Duda:

-Duda vamos passar por uma turbulência, eu to com medo. – Disse estralando os dedos.

-Legal, turbulência não dá em nada, fica tranquila. – Ela falou e voltou a dormir.

-Tranquila?! – Resmunguei.

      Depois tudo começou a tremer e a Duda bem de boa dormindo, alguns passageiros ficaram assustados e minha querida amiga levantou pegou o fone e ficou escutando música no MP3 bem tranquila. Paramos para fazer conexão, ficamos no aeroporto comendo, explorando, fazendo vídeo para mandar para nossas famílias, mexendo no celular etc....

      Acho que depois nós adormecemos, quando acordamos escutamos:

-Última chamada Eduarda e Vanessa.

       Saímos correndo mais rápido que o The Flash, quase que a gente não conseguia entrar. Dessa vez o voo foi melhor, consegui dormir um pouco e escutei um pouco de música. Bom em fim chegamos em Seul (Capital da Coréia do Sul), fomos ver a nossa casa, ela fica em uma rua com portões e você tem que ter um cartão de morador é bem estranho, do lado tem uma mansão gigante muito linda e tem outras casas, também tem um restaurante bem pertinho, como já era de noite e a gente não tinha comida, fomos para o restaurante perto de casa experimentar o famoso kimchi (comida coreana).

       Quando chegamos lá, tinham 7 garotos sentados em uma mesa, que nos olharam espantados e ficavam escondendo a cara, (eu em), sentamos e pedimos o kimchi, olhei para aquilo, olhei para Duda e comi, eita que negocinho azedo.

- Eita que negocinho ruim –Depois de falar eu me toquei que vários coreanos estavam ali e que talvez eles gostassem da gororoba. – Quer dizer que bom, muito gostoso amei melhor que lasanha (Só que não rsrsrsrsrsrsr).

     Duda também parecia que não tinha gostado, ela estava com uma cara, parecia que ia desmaiar de tão vermelha, ela lentamente pegou o copo de água bebeu tudo levantou e foi para fora.

     (P.O.V) – “V” (Taehyung).

           Duas garotas entraram, ficamos torcendo para elas não serem fãs, eu amo as Armys, mas as vezes, precisamos de um tempo para relaxar e esse restaurante é o único onde a gente pode fazer isso, mas as garotas nem ligaram, achei estranho me senti aliviado e confuso, elas nos olharam como se fossemos estranhos, elas tinham algo diferente, elas tinham um aspecto familiar…Brasileiras!  Elas pareciam ser Brasileiras, mas elas também podiam ser inglesas ou italianas, não sei identificar são todas iguais.

         Elas pediram kimchi, espera por que estou prestando atenção nelas? Uma delas está vermelha muito vermelha e a outra disse alguma coisa em outro idioma, ela levantou, “para de olhar Taehyung para!!!!” falei para mim mesmo, balancei a cabeça e fechei os olhos.

-Está tudo bem aliem? – Perguntou JungKook.

-Sim, por que? – Perguntei.

-Nada. – Ele falou e voltou a olhar para Jimin.

         Fiquei inquieto, elas não nos reconheceram, ou nunca ouviram nossa música? Pensei comigo mesmo, levanta e vai oferecer ajuda para a moça que foi para fora, assim talvez ela te reconheça. De repente alguém me envia uma mensagem, era minha mãe, essa era a desculpa perfeita para sair.

-Vou sair para ligar para minha mãe e já volto. – Falei.

          Saí para fora e ouvi a menina resmungar algo.

-Que coisa horrível é muito ruim. – Falou a menina, acertei ela é Brasileira.

         Vai, fala com ela, oferece ajuda, não seu burro você tem que pedir se ela está bem. Em fim fui falar com a menina.

          (P.O.V) – Duda.

         Fui para fora para ninguém ver que eu estava parecendo uma pimenta, mas acho que essa tática não funcionou bem,          olhei para o lado e vi um garoto mexendo no celular, mexendo não, ele estava parado pensando em sei lá o que.

-Oi, você está bem? – Perguntou o garoto se aproximando, nossa ele era um oppa lindo.

        Eita entendi tudo, (sendo irônica), pera ele perguntou se eu estou bem eu acho.

-Sim com certeza. – Falei balançando a cabeça pera ele entender, eu aprendi o básico dos básicos eu estava falando coreano com um pouco de inglês nem sei se ele entendia.

-Hum, você não é daqui né? – Perguntou o garoto tirando um papel do bolso.

-Não, eu sou Brasileira. – Isso eu aprendi falar pelo menos.

-OK se você precisar de ajuda para conhecer a cidade aqui está o meu número. – Ele falou me dando o papel e disse – Meu nome é Taehyung se precisar é só ligar.

-Claro obrigada, o meu nome é.... é melhor você me chamar de Duda. – Falei, eu estava entendendo que legal!

-D....uda?

-Sim Duda, só que se pronuncia tudo junto “Duda” e não D-uda. – Falei dando risada.

           Ele sorriu e disse:

 -Ok Du.... senhorita. – Ele tentou falar meu nome, mas não rolou, depois nós entramos.

                            *****CONTINUA.......*******


Notas Finais


BJBJ comentem para eu saber se vcs gostam. ok bjbj <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...