História Love Deserves More - G!P (HIATUS) - Capítulo 59


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Camren, Camren G!p, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren G!p, Lauren Jauregui, Normani Kordei
Visualizações 1.523
Palavras 1.133
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 59 - 59.


Camila olhou para os lados, ainda sem entender bem o que tinha acontecido. Em um segundo estava se despedindo de Troy e Sandra e caminhando de volta para o salão, mas no instante seguinte estava no colo de Lauren Jauregui! Foi quando se deu conta de que um dos garotos do terceiro ano, visivelmente embriagado, havia esbarrado nela com força. Franziu o cenho em descrença e começou a xingar o garoto, que simplesmente nem deu bola e continuou dançando desengonçadamente em direção à pista de dança. Enquanto isso, Lauren estava petrificada. Ela simplesmente não sabia o que pensar! Camila estava ali, bem pertinho dela, reclamando e se movimentando em seu colo! Era tentação demais! A herdeira Jauregui sequer conseguia captar o que Camila falava para alguém que possivelmente estava próximo à elas, já que seu olhar estava vidrado em seus lábios. Permaneceu em seu transe, até o momento em que Camila virou-se para ela.

Camila: E você também, vê se senta direito!

Lauren, ainda imersa em seus pensamentos, aproximou-se cada vez mais do rosto da latina com o intuito de por logo um fim naquela tentação e beijá-la, mas Camila foi mais rápida e levantou-se rapidamente de seu colo enquanto se ajeitava e voltava para dentro da festa sem sequer olhar para trás. Lauren a olhou saindo e bufou, não faziam sequer dez minutos que havia chegado na festa e já havia perdido a cabeça por causa da latina mais vezes do que podia contar. Respirou fundo e ficou ali, frustrada e cheia de desejo, tentando se acalmar mais uma vez.
Camila entrou no salão e viu Normani sentada em uma mesa juntamente com Ally e Lucy, elas estavam visivelmente suadas. Se aproximou delas sorrindo e sentou-se em uma das cadeiras.

Camila: Piranhas! Porque vocês pararam de dançar? — cruzou os braços em reprovação.

Ally: Ué, porque a gente cansou né?! — perguntou retoricamente.

Camila: Ah, qual é, vocês não podem cansar não! — levantou-se e puxou-as pela mão —  Hoje é a noite da Mani!

Normani: É, você tem razão, vamos voltar pra pista!

Lucy: Er... Mani, querida! Quem são aquelas três maravilhas entrando na porta da sua festa?

Normani se virou e deparou-se com três garotas com um visual mais ‘esportista’ entrando, elas realmente eram muito bonitas. A primeira era loira, tinha os olhos verdes e o físico bem definido. A segunda era morena, tinha o cabelo no estilo sidecut — raspado de um lado — e um sorriso encantador. A terceira era alta, com o cabelo longo que chegava até a cintura e os olhos um pouco puxadinhos. Estavam fantasiadas de jogadoras de futebol, as três com o uniforme do Los Angeles Galaxy. A morena se aproximou de Normani e sorriu abertamente, antes de abraçá-la.

Victoria: E aí Mani, parabéns! Quanto tempo hein?!

Normani: Obrigada! Sim, acho que a última vez que nos vimos foi em Houston!

Victoria: Pois é, fazem quase dois anos! — sorriu para a prima — Cresceu, hein?! Dá uma voltinha... — segurou a mão da prima, fazendo-a girar — Tá linda, Mani! Ah, antes que eu me esqueça...

Olhou para trás e apontou para as suas amigas.

Victoria: Essa é a Nicole — apontou para a garota de cabelos claros — e essa é a Mel... São aquelas minhas amigas do time de lacross que eu te falei que iria trazer!

Normani sorriu para as duas garotas simpaticamente, sendo retribuída por elas.

Normani: Então... Vic, Nicole e Mel, fiquem à vontade! Mi casa, su casa!

Victoria: Pode deixar com a gente!

A prima de Normani e suas amigas se distanciaram em direção ao bar.

Então, a aniversariante voltou-se para as suas companheiras que estavam de boca aberta, aquelas três eram muito lindas.

Lucy: Poxa, nem pra apresentar as amigas né?!

Normani: Ah, esqueci! — sorriu sem graça.

Ally: Ah, esqueci! — imitando Normani — Até eu que nem sou tão chegada assim à garotas queria que você tivesse adiantado meu lado! — resmungou.

Normani: Ih, foi mal gente, eu nem me toquei!

Camila: Nossa, quando você disse que elas eram bonitas, eu não imaginava que era tanto assim!

Normani: Nem eu, Mila! A Victoria é minha prima né, a beleza já tá no sangue! — sorriu convencidamente — Mas a Nicole e a Mel eu só vi por foto mesmo!

Lucy: Nossa, elas são tudo de bom, com certeza uma delas não me escapa hoje!

Normani: Ah, é? Olha, parece que temos uma pegadora por aqui! — brincou, cutucando a amiga com o cotovelo.

Lucy: Claro, ninguém resiste a Lucy Vives, queria!

Camila: Nem à Camila Cabello, ok?! Mas a Hailee tá por aí, então né... Deixa pra lá!
Lucy: A sua prima é minha, falei primeiro!

Camila: A Nicole é minha! Claro que não hoje né, mas quem sabe um dia...

Normani virou-se para a Ally e ergueu a sobrancelha.

Normani: Então a Mel é-

Dinah: Está falando de quem, Normani Hamilton?!

A mais alta chegou por trás da morena, com uma cara de poucos amigos.

Normani: Ah! — virou-se para Dinah, sorrindo — Eu estava falando das-

Dinah: Posso saber quem era aquela garota que veio te abraçar?

Normani franziu o cenho, sem entender nada. Mas, ao se dar conta da postura ciumenta da namorada, caiu na gargalhada.

Dinah: Ih, para de rir! — murmurou ficando ainda mais irritada.

Normani: Oh, meu deus, que coisinha mais linda! — riu, apertando a bochecha da mais alta — Meu bebê tá com ciúmes!

Dinah: E se for ciúmes? Não posso? Algum problema nisso?

Normani: Ih Dinah, deixa de piti! — deu um selinho na namorada — É só a minha prima e as amigas dela, amor!
Dinah: Sua prima? — questionou, vendo Normani murmurar em concordância — Foi mal amor, é que eu vi uma garota estranha te abraçando e fiquei sem entender nada...

Camila:Ih, relaxa Dinah! Aquelas garotas lá são todas para a Ally, a safadona do grupo!

As amigas sorriram e Normani virou-se novamente para o grupo, com Dinah abraçando-a por trás.

Dinah: Logo três, Ally?! Que isso hein? Tá podendo!
Ally: E você ainda acredita nessas aí? Tudo que elas fazem na vida é me queimar!

Dinah: Verônica não vai gostar disso não hein?! — brincou vendo a baixinha bufar em resposta.

Normani: Falando em Verônica... Ela já chegou?

Dinah: Já sim, ela e a Lauren. Quando chegaram vocês estavam na pista de dança, daqui a pouco ela deve vir falar com vo-

Verônica: MORENAAAAAA!

Se aproximou do grupo sendo acompanhada por Lauren.

Verônica: Parabéns! — desejou abraçando-a — Tudo de bom e que você se case a Dinah!

Normani: Ah claro, pode deixar que eu me casarei! — se desvencilhou do abraço, rindo da colega.

Ao se afastar da colega, foi cumprimentada por Lauren que também a desejo um feliz aniversário. Em seguida, as duas viraram para cumprimentar as outras garotas. Lauren abraçou Ally e Lucy, mas na hora de se aproximar de Camila, apenas trocaram um breve olhar, mas não falaram nada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...