História Love Destiny -Lucas Berti (Irmãos Berti) - Capítulo 56


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bruno Berti, Esther Marcos, Irmãos Berti, Lucas Berti, Romance
Visualizações 238
Palavras 1.449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa Leitura amores❤

Capítulo 56 - Rapidinhas Luther


Fanfic / Fanfiction Love Destiny -Lucas Berti (Irmãos Berti) - Capítulo 56 - Rapidinhas Luther

LARISSA P.O.V

-Dai a gente se beijou,depois ele pediu que eu tiraste a mascara,mas eu tiver que ir em Bora da festa, digamos que a Maria sangrenta resolveu me visitar na hora errada -Terminei de contar sobre a festa pra Vicki

Nos fomos ate a Trilha ver o meninos,a Vicki veio ver o Felipe e eu vim segurar vela,triste mas é a pura realidade.

-Maria Sangrenta?! -Ela começou a rir

-Cala a boca praga -Dei um tapa no ombro dela -Se quiser te empresto um microfone por que acho que não deu pra todo mundo ouvir -Falei brava revirando os olhos

-Calma,eu só achei engraçado o termo que você usou para nomear a menstruação -Ela falou mais baixo dessa vez

-Eu só estava tentando ser discreta

-Acho que não deu muito certo -Ela falou e entao avistamos os meninos com uma moto de trilha tentando subir em um barranco enorme

-Fala sério,qual a graça em ficar em cima de uma moto subindo morros cheios de barro e terra -Revirei os olhos

-Eu acho divertido,meu pai me ensinou a andar de moto quando eu tinha 14 anos-Ela falou animada -BRUNO -Vicki gritou chamando atenção dos meninos -Deixa eu dar uma volta? -Ela gritou assim que o Bru respondeu

-Vem cá -Ele gritou de volta

Ela levantou do banco e saiu correndo na direção deles,ótimo agora ela vai me largar sozinha aqui.Fiquei olhando eles brincarem de desafiar um ao outro pra ver quem conseguia subir um determinado morro.

E se eu tivesse ficado mais na festa?!O que será que teria acontecido?!Droga Larissa,esquece isso!Você nunca mais vai encontrar esse garoto e também é impossível você estar apaixonada por um moleque que você beijou.Mas eu sinto como se ele estivesse bem perto de mim,e como se estivéssemos lado a lado...

-Pela sua cara já da pra ver que esta se divertindo a Beça -Sai dos meus pensamentos quando alguém se sentou ao meu lado

-Ai que susto garoto -Coloquei a mão na testa olhando o Bruno que fez uma cara de ofendido

-Nussa, sou tão feio assim?! -Ele lambeu os lábios,esse gesto me fez viajar por alguns segundos e me lembrar do bendito garoto da festa que também tinha essa mania

-É...não!Quer dizer...droga -Levantei aparentemente nervosa,eu estava secando a boca do Bruno?!

-Tá, você conseguiu me deixar confuso -Ele riu ainda me olhando

-Eu quis dizer que você não é feio! -Soltei um suspiro aliviado ao conseguir falar normalmente...que droga Larissa para de viajar,ele vai achar que sou doida

-Você é bem maluquinha -Ele sorriu e então passou a mão no cabelo levantando

-Ô bru é sua vez -João gritou

-É minha vez praça? Vou abafar vocês -Bruno voltou pra la correndo

Lucas e o Bruno são tão diferentes um do outro,o Lucas e bem irritadinho e tímido, já o Bru é bem tranquilão e totalmente sem vergonha.Fiquei olhando a competição idiota deles por um longo tempo

ESTHER P.O.V

Acordei espreguiçando,que cama deliciosa,da vontade de nunca mais me levantar dela,esfreguei um pouco os olhos antes de abrir os mesmos.Procurei pelo Lucas e o mesmo estava deitado ao meu lado dormindo tranquilamente.

Levantei e fiz minhas higienes matinais,olhei o roteiro da viagem e vi que teríamos um passeio turístico as 14:00 horas,bom entao parece que temos a manha livre,voltei a cama e o Lucas espreguiçava,esfregando os olhos,ele me lançou um meio sorriso e depois disse um "bom dia" fraco e com a voz rouca,ele se levantou e foi ate o banheiro.Fiquei na cama respondendo as mensagens dos meus pais e amigos mais próximos.

" Mãe: Oi filha como esta as coisas ai? Já estamos com saudades,muito juízo e por favor não deixe de encapar a serpente do Lucas "

Segurei o riso ao Ler a mensagem,ela ainda esta encucada com essa historia meu deus, ai dona Ruth só a senhora mesmo.

" Pai: Querida estamos com saudades,espero que esteja tudo bem com a viagem, é que eu senti um aperto no coração de repente e fiquei preocupado,me liga.Te amo "

E também tinha um áudio das meninas

" Vicki e Lari:  Amiga que sauuudade!Você faz muita falta aqui! Divirta-se muito ai! E quando voltar queremos novidades, juízo na cachola hei! Te amamos miga!"

Respondi todos eles sorrindo.

-O que foi? -Lucas se sentou na cama ao meu lado

-Estava vendo as mensagens,das meninas e dos meus pais,você devia fazer o mesmo -Dei um beijo na bochecha dele

-Depois eu dou uma olhada -Ele envolveu minha cintura com os braços e deitou a cabeça no meu ombro,é impressão minha ou ele esta meio...carente?! - O que temos hoje de manha? -Ele perguntou ainda abraçado a mim enquanto eu olhava as notificações do celular.

-Hoje de manha estamos livres,só temos um passeio as 14:00 -Respondi largando o celular de lado e começando a fazer um cafune no seu cabelo que estava um pouco bagunçado

-Que bom -Ele beijou meu pescoço,um beijo molhado e quente, aquele beijo com leves mordidinhas que faz qualquer uma se arrepiar

Ele levantou a cabeça e olhou fundo nos meus olhos, fiquei observando cada movimento que ele fazia,ele atacou meus lábios calmamente,desfrutando de cada sensação lentamente,tenho que admitir que quando o Lucas resolve me impressionar ele consegue.

Sem quebrar o beijo ele mudou a posição ficando por cima de mim sem colocar o peso do seu corpo sobre o meu,com uma das mãos ele apertou minha cintura enquanto a outra dava estabilidade ao seu corpo,ele desceu os lábios ate meu pescoço deixando uma trilha de beijos e mordidas por onde passava,ele seguiu ate meus ombros e entao foi beijando ate chegar perto dos meus seios,isso ja estava me deixando maluca,se ele não tomar uma iniciativa logo,eu irei tomar.

Foi entao que a mão que apertava minha cintura,passou por minha cocha e foi ate o cós da minha calcinha que ja estava completamente molhada.

-Vamos comer?Estou com fome -Ele saiu de cima de mim como se nada tivesse acontecido e foi ate o espelho arrumar o cabelo

COMO ASSIM?!ELE FEZ ISSO TUDO PRA NO FINAL....NADA?!

Continuei olhando ele indignada,jura que estou sendo trocada por um café da manha?!

-Que? -Ele me olhou como se não  soubesse

Fiz uma cara de poucos amigos e entao fui ate a mala escolhendo uma roupa pra vestir,entrei no banheiro sem dizer absolutamente nada e depois sai.Peguei meu querido vestidinho de flores.

-Vamos? -Ele perguntou colocando um boné preto

-Sim -Sorri fraco e entao saímos pra tomar o café

Tomamos o café da manha e depois fomos dar uma volta pelo resort,eu conversei pouco com o Lu,ainda estava bolada pelo o que ele fez.

-Tá bem,você passou o tempo todo assim...desembucha -Ele resolveu tocar no assunto enquanto caminhávamos.

-Por que fez aquilo? -Perguntei parando de andar

-Do que você esta falando? -Ele fez de desentendido

-Daquilo no quarto,primeiro você me provocou e depois fugiu como se eu fosse um bicho

-Eu só estava te dando o troco por ontem -Ele encostou de lado na parede perto de uma porta e me encarou

-Mas eu não fiz isso com você -Olhei ele sem entender

-Só me ignorou

-Desculpa eu estava cansada -Me aproximei dele e coloquei minhas mãos nos seus ombros

-Você não tem ideia do efeito que tem sobre mim -Ele me segurou pela cintura e entao me beijou ferozmente me puxando pra ele colando nossos corpos

-Aqui não -Segurei sua mão quando ele ameaçou subir meu vestido

Ele parou o beijo e entao abriu a porta que estava ao nosso lado e me puxou para dentro.

-Vão brigar com a gente -Falei vendo que era uma salinha de toalhas


-Relaxa -Ele tomou meus lábios para si com uma certa urgência ,em um só movimento eu ja estava no seu colo


As mãos dele apertaram minha cocha e em seguida meu bumbum,entrelaçei minhas pernas em volta da sua cintura e ele me imprensou contra a parede,eu ja podia sentir um grande volume vindo do seu short.


Seus beijos passaram pro meu pescoço,ele me colocou no chão e entao arrancou minha calcinha,nossa,nada delicado.Entao ele desceu o short e com um de seus braços ergueu minha perna la no alto,juro que me senti uma bailarina.

Lucas deu uma lubrificadinha no seu amigo com saliva e em seguida pressionou o mesmo contra minha entrada,senti ele entrar em mim lentamente arrancando um suspiro de nos dois,esta mais apertado do que da última vez que transamos.

Aos poucos os movimentos foram aumentando assim como nossas respirações e nossos batimentos cardíacos,coloquei a mão sobre a minha boca para conter alguns gemidos que insistiam em sair.

[...]

Saímos do armário de toalhas,eu fui correndo ate o quarto e o Lu me seguiu,assim que entrei o mesmo me agarrou de novo me jogando na cama me fazendo soltar uma risada divertida.Bom depois de um belo segundo round nos tomamos um banho e fomos almoçar.Agora sim eu acredito quando falarem que sexo deixa as pessoas de bom humor.


Notas Finais


Onde será o próximo passeio do casal heim?!
#ComentemAii

Ate o próximo CAP amores😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...