1. Spirit Fanfics >
  2. Love down breaks barriers >
  3. 3- capítulo 3

História Love down breaks barriers - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


❗Essa história é escrita por mim e pela @elaafr
❗❗ Também se encontra no wattpad no perfil "Elaasz"
❗❗❗ _plágio é crime_

boa leitura☄️

Capítulo 3 - 3- capítulo 3


*Pov. Any*

Quando eu falei que a festa não poderia ficar pior, estava completamente errada. Eu não creio no que acabou de acontecer! Esse homem só pode ser cego.

- POR ACASO VOCÊ É CEGO?- me exaltei- OLHA PARA ONDE ANDA DA PRÓXIMA VEZ, OLHA O QUE ACONTECEU COM MEU VESTIDO!

- Olha moça, eu sinto muito, não queria que isso acontecesse. - ele disse em um tom calmo, calmo até demais por meu gosto, isso só servil para me deixar mais irritada.

- MAS QUE _CARALHO_-disse, ele me olhou com uma cara como se não me entendesse- O QUE FOI? ALÉM DE CEGO, VAI SE FAZER DE DESENTENDIDO?

-Porra, eu já me desculpei e estou sendo gentil com você, o mínimo que você poderia fazer era retribuir a gentileza. - okay, acabei de crer que ele não tem noção do perigo.

- VOCÊ QUER QUE EU SEJA UM AMOR, COM UMA PESSOA QUE ACABA DE ESTRAGAR MEU VESTIDO?- ele só podia estar de brincadeira- QUER SABER, ME CANSEI! - falei saindo de perto dele, ele só podia estar brincando.

Fui em direção ao banheiro, fiquei um bom tempo tentando limpar o meu vestido, A MAS AQUELE TRASTE VAI PAGAR PELO QUE FEZ COMIGO. Assim que saí do banheiro, avistei Sabina, ainda rodeada de homens, quando me viu fez um gesto com a mão para eu me aproximar.

- Oi Sabina, oi Pepe- cumprimentei os dois

- Oi Any, gostaria que você conhecesse os amigos de time do Pepe- Sabina falou animada

- Esse daqui é o Noah e o Bailey, estão no time a algum tempo- Pepe falou, e eu sorri tentando ser simpática- e esse é o mais novo astro do time, Josh. -assim que avistei aquele rosto familiar, uma carranca nasceu em mim, e sua expressão não foi diferente

- VOCÊ! - falamos juntos, pois é, acho que ele também não queria me ver novamente.

- Calma, vocês já se conhecem?- Pepe perguntou, como eu iria falar para ele que o novo amiguinho dele estragou meu vestido?

- SEU AMIGO FEZ O FAVOR DE DERRAMAR BEBIDA EM MIM- sim, eu levantei a voz, não sou obrigada a nada.

- Eu já pedi desculpas, não tenho culpa nenhuma de você ser desastrada e a educação mandou lembranças. - ele disse e foi tão cínico que tive vontade de bater nele.

- OLHA AQUI, VOCÊ PIOROU MINHA NOITE, E AINDA QUER QUE EU SEJA UM AMOR DE PESSOA?- estava com muita raiva- SÓ PODE SER BRINCADEIRA- antes que ele pudesse falar algo, senti braços ao redor da minha cintura.

Quando me virei já estava pronta pra meter o soco em quem fosse o otário que tinha ousado tocar em mim, mas me arrependi do que disse assim que vi o sorriso super alinhado e branco do Lamar em minha frente.

Não, ele não é meu namorado, eu não quero um. Ele é simplesmente o melhor irmão do mundo, meu irmão mais velho pra ser exata.

Depois que eu saí do Brasil e vim morar em Los Angeles, ele demorou cerca de dois meses pra fazer as malas e vir atrás de mim, sim ele é super protetor, as vezes isso é chato, mas eu até entendo os motivos dele.

Eu contei que é ele quem compõe minhas músicas? Tirando umas cinco que são de autoria minha, quase todas as outras músicas que eu lanço são composições dele, eu até ajudo um pouco, mas o crédito é todo dele, tenho que admitir que ele é bom pra caralho no que faz.

* * * * *

*Pov. Josh*

Okay, eu não estava preparado pro surto dessa doida. Acho que é oficial, essa noite não é minha.

Quando eu digo que ela surtou, eu não estou mentindo. Depois de me chamar de todos os palavrões existentes na língua inglesa, ela começou a falar em outro idioma, não faço a mínima ideia do que ela estava falando, mas acho que eram mais palavrões.

Depois de pedir desculpas, por algo que eu não fiz, ela me deixou falando sozinho e simplesmente saiu, acho que foi em direção ao banheiro tentar tirar a mancha que o drink deixou.

Quando ela desapareceu do meu campo de visão, resolvi voltar pro lugar onde o pessoal do time estava, rezando mentalmente pra que ela não aparecesse mais, acabei nem lembrando de levar outra água.

Chegando lá, eles me perguntaram por que eu havia demorado tanto, resolvi pular a parte da doida e falei que havia ido ao banheiro.

Já fazia mais ou menos vinte minutos que conversávamos, quando Sabina chamou uma amiga dela que estava passando, uma tal de Any. Quase não acreditei que era a mesma moça que havia esbarrado em mim mais cedo, mais seus gritos me fizeram voltar a realidade e ter certeza que era ela.

Quando ela percebeu de quem se tratava ela fez logo uma carranca, da qual eu fiz questão de retribuir. Dessa vez eu não fui tão gentil quanto antes, soltei uma indireta _que por sinal foi bem direta_ e pedi pra ela ter educação. Claro que ela não ficou quieta, e disse que não seria "um amor" com alguém que havia piorado sua noite.

Mas acho que essa noite ruim não durou muito, já que ela mudou totalmente a sua expressão quando um homem moreno, que aparentava ter a minha idade, chegou e a abraçou por trás. Acho que esse era o namorado dela e depois de eles cochicharem um pouco, junto com Sabina, elas o apresentaram pra mim e para os outros do time.

- Gente, esse é o Lamar, - ela disse, com um belo sorriso, tenho que admitir - Lamar, esses são Andrey, Bailey, Noah e Josh - falou, apontando para cada um de nós e soltou um sorriso forçado e raivoso quando chegou em mim.

Depois de todos nós pegarmos em sua mão, Lamar não demorou muito e saiu, levando consigo Any e Sabina.

Não demorei muito para ir pra casa, eu havia tido um longo dia, minha noite também foi bem movimentada e ainda teria que contar tudo o que ouve na festa pra Joalin, esse foi o acordo, ela não iria insistir pra vir comigo, mas eu teria que lhe contar tudo.

Quando cheguei em casa, por volta de uma e meia da manhã, ela estava sentada no sofá assistindo a algum filme que passava na televisão. Assim que me viu ela correu em minha direção e me puxou para o sofá, já me enchendo de perguntas.

- Como foi a festa Joshua? Porque você chegou cedo? Tinham muitos famosos? Você virou amigo de algum?

- Calma, -falei a interrompendo- respira fundo e pergunta, uma de cada vez. - ela assentiu, respirou fundo e recomeçou.

- Como foi a festa?

- Olha, pra ser bem sincero com você não foi lá essas coisas de boa. Quando eu cheguei todos os jornalistas vieram pra cima de mim e me encheram de perguntas, depois que consegui passar por eles e entrar na festa, avistei o pessoal do time e quase caí pra trás quando o Pepe me chamou.

- E vocês já estão se tratando por apelidos? - ela me interrompeu -

- Ele disse que seríamos colegas de time e pediu que eu o chamasse assim.

- E você com toda a certeza aceitou de bom grado.

- Claro que sim, Joalin eles são praticamente lendas e ainda não caiu a ficha que eu vou jogar no mesmo time que eles.

- Eles? Mas você só conheceu o Pepe ou mais alguém? - ela perguntou, se interessando cada vez mais pelo assunto.

- Não, eu também conheci o Noah, o Bailey e o Andrey, eles também jogam no time, e além deles conheci a Sabina, namorada do Pepe, a Any que é uma amiga dela e o Lamar. - ela arregalou tanto o olho que eu pensei que eles fossem sair pra fora.

- Any, você tá falando da Any Gabrielly?

- E eu lá sei quem é Any Gabrielly, não sai perguntando o nome e sobrenome de todo pessoal da festa.

- Joshua, você me disse que ia contar tudo, só tô querendo saber se era ela.

- Não sei do que você tá falando, a única Any que eu conheci lá foi essa e pra falar a verdade eu preferia nem ter conhecido. - falei, já um pouco irritado lembrando do que aconteceu.

- Por quê? O que ela te fez? - Joalin me perguntou, não entendendo nada do que eu disse.

- Digamos que ela esbarrou em mim e derramou todo o drink que estava segurando no seu vestido, ela ficou com raiva, começou a gritar comigo e depois me deixou falando sozinho e saiu. Aí depois que eu voltei pra perto do pessoal, a Sabina chamou uma garota, disse que era amiga dela.

- E essa garota era a Any? - ela falou me interrompendo, de novo.

- Era e eu ainda não acredito que ela não bateu em mim, eu pensei que a qualquer momento ela iria pegar o salto dela e tacar na minha cara.

Quando eu terminei de dizer isso a Joalin começou a rir feito uma retardada, ela riu tanto que saiam lágrimas de seus olhos.

- Garota deixa de ser retardada, por que você tá rindo?

Pra que eu perguntei isso, ela entrou novamente em uma outra crise de risos e eu me irritei, minha paciência já estava acabada e eu precisava dormir.

Deixei aquela louca na sala, rindo feito uma hiena e fui em direção ao meu quarto. Precisava urgentemente tomar um banho e dormir, já estava cansado daquele dia.

Assim que terminei de tomar banho, escovei os meus dentes e me vesti, decidir ir até a sala ver se Joalin já havia ido dormir. Quando cheguei, a sala estava silenciosa, subi novamente as escadas e passei no quarto dela e no de Sofya, que era ao lado do seu.

Joalin dormia feito uma pedra, fui até ela e lhe dei um beijo na testa, ela nem se mecheu. Depois de sair de seu quarto, fui no de Sofya, ela dormia feito um anjo, fiz a mesma coisa que fiz com Joalin e lhe dei um beijo na testa, mas ao contrário de minha gêmea, Sofya se acordou.

- Josh? Que horas são? - ela perguntou, sonolenta -

- São três da manhã, não se preocupa, pode voltar a dormir, só passei pra te dar um beijo.

- Okay então, boa noite irmãozinho, eu te amo. - ela disse e se virou, dormindo novamente.

- Boa noite Sofa e eu te amo. - Eu disse já saindo do seu quarto.

Quando eu cheguei no meu quarto lembrei da garota da festa, a tal Any, não posso negar que ela era bem bonita, mas o que ela tinha de bonita tinha de irritante. Afastei meus pensamentos e logo peguei no sono.


Notas Finais


espero que tenham gostado🤧


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...