História Love Dream Camren AOB G!P - Capítulo 101


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony, Justin Bieber, Once Upon a Time, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Regina Mills (Rainha Malvada), Shawn Mendes
Visualizações 175
Palavras 739
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Sobrenatural, Suspense, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 101 - Fuga inesperada


Pov Narrador

O dia tinha começado de forma agitada, na pequena cidade, onde ele estava passando os últimos meses. Muito machucado desde o acidente, passou a evitar andar muito, se isolando do resto da população ao se hospedar em uma espelunca na periferia. Por pouco não morreu, ele pode dizer que foi um sobrevivente.

Estava andando com uma mochila maior do que ele, em direção a uma das fazendas ali para pedir emprego. Mesmo com sequelas, ainda era muito inteligente e pensava usar isso para se estabilizar até poder ir atrás dela.

Foi por pouco. – Ele pensou irritado, ao lembrar que ela escapou por um minuto seu de distração.

Mas, iria acha-la. Ele não tinha ideia de por onde começar a procurar, mas não ligava porque sua mente doentia vinha trabalhando em formas de descobrir isso, e foi assim que virou xerife e em pouco tempo, chefe do departamento de homicídios.

( - )

Pov Camila

Tive um dia agitado no estúdio, com diversos clientes me fazendo encomendas, ao mesmo tempo em que eu ficava feliz pelo movimento, me preocupava com as horas.

Abri a porta e os gêmeos vieram em minha direção me abraçando.

- Boa noite meus amores, já fizeram a lição? – Questionei vendo eles acenarem que sim.

- A Má nos ajudou. – Conta Marley, voltando sua atenção para a televisão e seu irmão o acompanha.

- A Má está procurando você. – Lorenzo se lembra e me avisa.

- Onde elas estão? – Pergunto quando vou a cozinha e não encontro elas pela casa.

- Estão lá no ateliê da Má. – Ouço Marley dizer e corro até lá.

Fico parada na porta observando a interação das duas, que parecem distraídas demais para me notarem.

- Assim? – Lara questiona a mãe, apontando seu trabalho na tela.

Lauren tinha começado a ensina-la, já que agora a pequena não saia do seu pé e queria estar ajudando a mãe o tempo todo.

- Mais ou menos. – Lauren ri, provavelmente do desenho da filha.

- Não ri. – Lara diz cruzando os braços e fazendo bico.

- E quem está rindo aqui? – Lauren diz se fazendo de cínica e eu acabo rindo de sua cara de pau.

- Mamãe! – Lara desce do colo da alfa e vem para o meu me abraçar.

- Oi filha, está dando trabalho para Má? – Pergunto vendo seus olhos verdes se fecharem com sono.

- Não, mas ela anda muito chata. – A pequena sussurra não tão baixo quanto deveria em meu ouvido.

- É verdade, eu vi ela rindo do seu desenho. – Começo o complô vendo a cara de indignada que Lauren faz.

- É, você viu, não acredito que ela fez isso. – A pequena continuava explanando sua chateação e eu ria internamente.

- Sabe que eu como melhor mãe do mundo vou fazer? – Questionei vendo seu rostinho se animar.

- O que? – Ela quase pulava animada em meu colo.

- Te dar chocolate depois do jantar, mesmo sendo terça feira! – Falo com a voz animada e a cara de Lauren de "como assim você pode compra-los e eu não" me fez olha-la vitoriosa.

- Agora vai lá, e chama seus irmãos, avisa para eles desligarem o vídeo game, ou ficam sem chocolate. – Ela desce do meu colo e segue para dar o recado.

- Isso não vale. – Pontua me acusando.

- Claro que vale, você estraga eles sempre, eu posso também. – Digo me aproximando dela e roubando um beijo.

- Como foi seu dia? – Ela pergunta enquanto me abraça forte.

- Difícil, mas a parte boa e vir para casa ficar com vocês. – Olho em seus olhos e vejo a forma apaixonada que ela me encara.

- Não trocaria por nada. – Me diz, enquanto sua mão, desliza em meu rosto em um carinho calmo.

- Eu também não, acho que tenho mais do que pediria se fosse possível escolher. – Entrelaço nossas mãos e a puxo para sair do ateliê.

- Maura e Jane já foram? – Questiono só me lembrando delas agora.

- Sim, Jane me deu algumas informações, quero te pedir para continuar usando o colar, não quero que você suma de novo, ou algo pior. – Ela diz e eu paro de andar.

- Você se lembra?! – Paro em choque e ela fica confusa.

- Do que? – Parece pensar e eu pergunto.

- Do meu sequestro... – Digo baixo.

- Ah! – Ela diz em compreensão. – Camila, eu preciso confessar a você uma coisa, eu me lembrei de tudo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...