História Love for all life - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 1.166
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Capitulo 7


Fanfic / Fanfiction Love for all life - Capítulo 7 - Capitulo 7

Carol se prepara para mais um dia de aula, e quando está pronta vai para a cozinha para tomar o café da manhã com o pai antes de ir à escola.

-Bom dia Clau! Bom Dia Sergio!

- Bom dia Carol, você está bem dos arranhões? – diz Sergio.

- Sim Sergio.

- Bom dia Carol, quer bolo com iogurte? Ou a pizza dormida de ontem? – diz clau arrumando algumas coisas na cozinha.

- Vou querer os dois, mas separa uma fatia de bolo para eu levar para comer no colégio na hora do intervalo.

- Está bem Carol.

- Bom dia filha, tudo bem?- diz o pai.

- bom dia papai, vem tomar café comigo.

- Quer que eu te leve para a escola hoje filha? Depois posso te buscar e podemos tomar um soverte ou ver um filme. – o pai sugere.

- Vamos ver o pantera negra? E Maze runner? – Diz Carol toda agitada

- Filha você quer uma maratona de filmes?

- Sim pai, tipo isso. O senhor quer uma fatia de pizza dormida pai? – diz Carol já dando uma mordida.

- Carol, porque pizza no café da manhã?

- Fica mais apurado, eu acho.

- Vou preferir outra coisa.

Os dois tomam café juntos e o pai leva a Carol para a escola. Carol se ainda se sente insegura mesmo no segundo dia de aula, ela vai para o seu lugar preferido onde ela ocupava sozinha.

Mas o que Carol não sabia era que teria uma nova colega e que teria dividir com ela a carteira e ser a dupla de estudos até o fim do anos.

- Oi bom dia, tudo bem? Tem alguém que senta junto de você? – diz uma menina muito bonita e cheia de estilo.

- Não, somente eu mesmo.

- Tem algum problema se eu sentar aqui com você.

- Não tem. Pode ficar.

- Qual o teu nome guria? - Diz a menina se organizando.

- Carolina, E o teu? – diz Carol fazendo um desenho na ultima folha de seu caderno.

- Pia Maria Pia – diz ela com um sorrido mostrando todos os dentes.

- Que nome diferente, bem incomum.

A menina não falou nada e saiu da sala para falar com uma garota do 2º ano, ela percebe que as duas estão bem entrosadas. Carol pega seu mp3 e escolhe a musica Digital Love – daft punk para esquecer essa nova menina.

O sinal toca para começar as aulas Carol recolhe os fones e desliga o mp3 e Maria Pia chega e senta ao lado de Carol.

- Desde quando você estuda aqui na escola? – Pergunta Pia

- Desde o ano passado. E você guria? – pergunta Carol pegando o estojo e caderno.

- Entrei esse ano. Gostei do seu caderno, e do estojo também. Você tem bom gosto.

- Obrigada. – diz Carol tentando cortar a conversa.

- Você tem muitos amigos aqui?

- Não, e nem pretendo ter.

- O que você vai fazer hoje à tarde?

- Vou sair com meu pai.

- Vocês vão ao shopping? Posso ir com vocês?

- Não.

O professor chega à sala e Carol agradece mentalmente por ele ter chegado, e aquela garota não ia mais falar sobre saídas depois da escola. A matéria daquele momento era historia e o professor parecia ser legal, em seguida teve aulas de biologia e química.

- Carolina, posso te chamar de Carol?

- Carol só pra os íntimos.

- Está bem. Pode me chamar de Pia tá. Vem comigo vamos ao 2º ano?

- Não quero, vou para a biblioteca tenho que devolver um livro.

Pia sai para encontrar as colegas do 2º ano. Carol pega a fatia de bolo e come silenciosamente e vai para a biblioteca. Carol não queria socializar com ninguém, e nem conhecer novas pessoas. Carol sabe que terá que estudar com Maria Pia, pois é uma regra do colégio.

Carol acha Maria pia um pouco intrigante, e muito popular, e parece que quer atenção a todo custo de todos. Mas a atenção que Maria Pia queria Carol não iria dar, ia ser dura e não iria se abrir para uma amizade nem tão cedo.

O sinal toca avisando que o intervalo do ensino médio havia acabado, Carol volta ansiosa para encontrar o pai para maratona de filmes. Ela queria aproveitar o máximo de tempo possível antes que ele viajasse de novo. Carol sempre sente falta de seu pai, e como não bastasse à mãe a rejeita e a trata mal.

- Carol, troca comigo o meu parceiro de estudos com a Maria Pia? – diz uma menina que era a mais popular.

- Pergunte a ela quando chegar.

-Ai que grossa.

- O que adianta fazer a troca sem perguntar a quem realmente você quer ser a parceira. Eu sei que você quer tocar com a Luisa por que talvez a novata seja mais popular que ela.

Todos olhavam para Carol e a tal garota. Inclusive a Maria Pia e a tal da Luisa Carol apenas foi para o seu lugar sem nenhum arrependimento. A garota começou a borbulhar de raiva.

- É verdade o que a Carol disse que você quer trocar de parceira de estudos porque a novata é a mais popular? É nessas horas que se vê quem realmente é a amiga de verdade. – Diz Luiza.

- É mentira da Carol ela está querendo apenas chamar atenção, você não percebe? – diz a garota tentando se esquivar e se defender.

- Não, até porque chamar atenção é bem típico seu. Se quiser trocar de parceria falava antes comigo. Mas agora não preciso eu me viro sozinha. A nossa querida cabeça de ferro aguentou de tudo, e não teve parceria de estudos durante um ano, não vai ser problema para você. Acabaram aqui festas, viagens, garotos bonitos, restaurantes e entre outras coisas que você ganhava nas minhas custas. E o principal a nossa amizade terminou.

- Nossa você deve ser uma parceira má, eu prefiro ficar com a Carol. Pelo menos ela fala as verdades na cara. Prazer te conhecer e te esquecer.

Todos vaiaram a garota, e todos riam dela. Ela pegou as coisas e foi embora. Em seguida chega à professora de inglês e pedem que os parceiros escolham um artista musical para que trabalhem o seus repertórios durante os dias escolhidos por ela.

Assim termina as aulas e todos saem alvoroçados e planejando muitas coisas, Carol se organiza e deseja sair o mais rápido possível. Ela manda um torpedo para o pai dizendo que já esta saindo da escola e pede para busca-la.

- Carol, que cantor você prefere? Se preferir pode ser banda. – Diz Maria Pia muito animada.

- Pode ser Nickelback, ou Celine Dion, avril Lavigne, Jennifer Lopez, Rihanna ou Sia.

- Você tem certeza desses nomes?

- Sim você sugere outros?

- não tenho nenhum em mente. Mas amanhã agente tenta entrar em um consenso. Você vai aonde agora?

- Encontrar meu pai, ele está vindo me buscar. Amanhã veremos sobre isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...