1. Spirit Fanfics >
  2. Love for Contract - Percabeth >
  3. Corredor em formato de T

História Love for Contract - Percabeth - Capítulo 103


Escrita por: lostolimpian

Capítulo 103 - Corredor em formato de T


P.O.V Annabeth Chase:

Me encosto no corrimão do corredor e olho para cima tendo certeza de que não tem ninguém descendo as escadas e que poderia pegar eu e Calipso de surpresa, me sinto mais relaxada sabendo que Leo tem o controle de todas as câmeras do prédio.

Leo e Jason haviam nos convencido de que seria melhor invadir o prédio de noite e por isso a única luz que ilumina o ambiente é a da lua e Thalia havia dito que teríamos que nos virar com isso já que qualquer coisinha poderia chamar atenção indesejada. Ele se aproveitou da minha raiva por esperar tanto tempo para tentar ensinar para a gente defesa pessoal assim não ficaríamos tão indefesas em caso de emergência.

-Cada uma fica com um andar? - Ela sussurra enquanto subimos a escada do terceiro andar do prédio em que Percy supostamente está sendo mantido, supostamente porque os dois últimos andares não têm câmeras e é pra lá que estamos indo.

-Não é bom se separar nessas situações. - A voz de Leo preenche nossos ouvidos pelo ponto que estamos usando. - Pessoas sempre morrem quando decidem se separar.

-Você não está sendo de muita ajuda. - Resmungo me sentindo exausta, me pergunto quando foi que andar começou a me cansar já que eu era garçonete e ficava o dia todo em pé, indo de um lado para o outro.

-Só estou tentando mostrar o meu ponto! - Ele se defende, me seguro para não desligar o comunicador. - Thalia, presta atenção nesse homem! - Assim que ele termina de falar, eu paro pensando no que Ethan pode fazer com Thalia se ela não ficar de olho nele.

-Annabeth, anda logo! - Calipso me cutuca no ombro. - Para de prestar atenção no que Leo está dizendo.

-Você é minha namorada, não deveria dizer isso!

-Eu não sou sua namorada, você não me pediu em namoro em nenhum momento. - Reviro os olhos pra briguinha dos dois e consigo escutar Thalia bufando já que estamos todos conectados.

-Então... você quer namorar comigo? Olha que pode ser o último dia da sua vida. - Olho para Calipso que havia parado de andar e ela me olha em pânico, por um momento olho ao redor pensando que tínhamos sido cercadas mas ela estava assim por causa da pergunta.

-Leo! Para de distrair...

-Eu aceito! - Calipso interrompe Jason e eu vôo até ela para tampar a boca da mesma quando a voz dela ecoa por todo o corredor.

-Vocês estão em que andar? Eu escutei isso e nem tô dentro do prédio direito. - Thalia resmunga e eu engulo um suspiro.

-Eu vou arrancar sua cabeça se fizer outro barulho alto! - Ameaço a morena que apenas levanta os ombros.

-Na última vez que invadimos uma propriedade privada, você fez o local explodir. - Ela comenta como quem não quer nada e mordo minha bochecha por dentro.

-Ah, me desculpe por não adivinhar que tinha explosivos no local. - Resmungo revirando os olhos.

-Gente, foco! - Piper diz e eu me calo semicerrando os olhos para a morena ao meu lado.

-Quando chegarem no andar antepenúltimo avisem! - Thalia manda e apenas seguimos em silêncio.

O prédio tinha 9 andares, é um horror ter que subir todos os degraus de escada, eu me sentia exausta e é como se meu pulmão socasse meu corpo para criar um buraco e se libertar, além do mais a fome também estava me matando.

-Daqui da pra ver uma janela e tem luz acesa no sétimo, oitavo e nono andar, cuidado. - Leo avisa e Calipso prende a respiração enquanto eu me aproximo da borda da escada para olhar pra cima, tinha frestas de luz mas não parecia ter sinal de que alguém estava vindo na nossa direção.

-Começamos pelo oitavo ou nono andar? - Calipso pergunta e eu dou de ombros.

-Já estaremos no oitavo mesmo.

-Mas se eu fosse uma criminosa esconderia ele no último. - Arqueio a sobrancelha pra ela.

-Por que? Eu acho que isso seria óbvio demais, por isso esconderia no terceiro ou no sexto.

-Por que no terceiro?

-Porque ninguém pensaria neles. - Respondo como se fosse óbvio, ela franze o cenho e balança a cabeça.

-Tudo bem, começamos pelo oitavo e depois subimos para o nono, caso não encontramos nada em nenhum dos dois vamos ver no sétimo. - Assinto porque esse já era o plano, me pergunto o motivo dela ter sempre que dificultar as coisas.

Um lance de escadas antes de chegar ao oitavo andar, me encosto na parede tentando recuperar o fôlego, aviso Thalia que já tínhamos chego e que era pra ela e uma amiga da mesma cobrir o primeiro, segundo e terceiro andar enquanto Piper e Jason cobririam o quarto, quinto e sexto. Apesar das câmeras pensamos que poderia ter algum truque e por isso também olharíamos os outros andares, mas o foco principal era o oitavo e nono.

Olho ao redor tentando descobrir se tinha alguém no próximo andar que iria nos atacar.

-Annie e Cali, acho que está limpo, não vi sinal de pessoas pela janela e desde que chegamos não vi ninguém pelos corredores. - Leo diz e Calipso troca o peso da perna.

-Você dizer que "acha" não nos dá muita segurança, Leo. - Ela resmunga baixo e eu a ignoro subindo os degraus enquanto Leo tenta se explicar pra ela.

-Entrando no prédio com Sophie e Ethan, se ele fizer graça posso quebrar o nariz dele? - Thalia avisa e eu dou uma espiada no corredor do oitavo andar.

-Fica à vontade. - Piper responde e pela voz sei que está andando, faço um sinal para Calipso vir atrás de mim.

-Leo, o corredor do oitavo andar também é em formato de T, saímos da escadaria e demos de cara com dois elevadores e tem mais um à nossa direita. - Informo para ele ter uma noção de onde estamos. - Final do corredor não tem porta, do lado direito tem cinco portas de madeira e do lado esquerdo tem quatro. Até agora ninguém apareceu.

-Alguma sugestão de onde devemos procurar primeiro? - Calipso pergunta ficando ao meu lado. - Devemos nos separar?

-Eu já disse que não aconselho separações, você não me escuta não?! - Ele resmunga e eu engulo um suspiro. - Escolham o lado preferido de vocês e comecem por esse lado ué, deixem que a intuição de vocês faça o trabalho. Então... qual vai ser?

-Direita.

-Esquerda.

Olhamos uma pra outra confusas e eu mordo minha bochecha para não reclamar, mas ela me olha irritada.

-Péssima ideia. - Piper resmunga e Calipso revira os olhos.

-Saudades da Rachel, ela que é boa nisso. - Jason murmura após um suspiro. - Por que ela não veio mesmo?

-Ela está esperando o Frank e a Hazel conseguirem reforços com Ares. - Seguro minha vontade de mandá-los calar a boca porque só a menção à um Olympus da primeira geração me dá uma vontade enorme de bater em alguém. - Cali e Annie vão para a esquerda primeiro. - Leo diz.

-Você viu algo?

-Não, é só pra vocês não brigaram pra decidir um lado e por isso eu estou escolhendo por vocês. - Reviro os olhos.

-Não vale, você escolheu o lado que a Calipso escolheu! - Reclamo e escuto Piper bufar.

-Só vão logo pra qualquer lado! - Thalia manda e eu respiro fundo antes de ir pro lado que Leo havia dito, muito a contragosto.

Me encosto em uma parede e troco olhares com Calipso, que me encara confusa.

-Uma arromba a porta e a outra entra gritando? - Deixo a cabeça pender para o lado me sentindo confusa com a pergunta e vejo as bochechas dela corarem. - Sabe, igual em filmes policiais...

-Gente... - Ignoro Leo, ainda focada em Calipso.

-Pra isso teríamos que ter uma arma e não temos, melhor sermos discretas mesmo. - Tanto abrir a porta devagar, mas está trancada, encaro a morena. - Sabe arrombar portas sem fazer barulho?

-Eu...

-Eu sei! - Gostaria de dizer que não me agarrei à Calipso tanto quanto ela se agarrou a mim ao escutar uma voz feminina vindo do nada.

-Mas que caralho...! - A morena resmunga ao meu lado colocando a mão no peito.

-Reyna! - A advogada me lança um sorriso amarelo. - Leo!

-Eu tentei avisar... - Reviro os olhos.

-O que faz aqui? - Pergunto e Reyna dá de ombros. - Você disse que não iria se envolver.

-Bom, aparentemente vocês precisam de mim né. - Ela diz apontando para a porta e eu arqueio a sobrancelha.

-Você sabe arrombar a porta? - Calipso é mais rápida e pergunta visivelmente impressionada, Reyna apenas faz um sinal com a mão como se não fosse nada demais e se aproxima da porta.

-Eu e minha irmã tivemos que aprender alguns truques quando éramos mais novas. - Ela dá de ombros mexendo na fechadura da porta, sinto a ansiedade crescer dentro de mim enquanto vejo ela movimentando as mãos. - Enfim, estou aqui porque Rachel disse que eu precisava vir, também não adiantaria nada ficar por lá fingindo que não estou morrendo de preocupação com o Jackson. - Ela explica sem tirar os olhos da maldita fechadura.

Depois do que parece uma eternidade, ela finalmente consegue abrir a porta e se afasta rapidamente provavelmente com medo de ser acertada por algo, a sala é iluminada apenas pela luz do corredor e da lua.

-Parece vazio. - Calipso sussurra, Reyna liga a lanterna do celular e se aproxima com cautela, olho por cima do ombro dela.

-Está vazio. - Constato com um suspiro, Reyna me lança um olhar acolhedor.

-Têm mais salas aqui. - Ela diz colocando a mão no meu ombro e eu assinto me preparando pro que iria encontrar na próxima sala... e o que não iria encontrar.


Notas Finais


Me dá um nervoso saber que a fic tá super próxima do fim... e não ta pronta KKKKKKKKKK e também que eu já comecei a trabalhar na(s) próxima(s) 🥺

HOJE LFC ESTÁ FAZENDO 10 MESES. 10 FUCKING MESES! Obrigada por tudo, gente!!!! 💖💖

Próximo mês aparecerei no insta com mais novidades sobre a próxima fanfic! Fiquem atentos, bjss e até semana que vem 🤗❤

Link pro insta: https://www.instagram.com/lostolimpian/

User: @/lostolimpian


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...