1. Spirit Fanfics >
  2. Love heals my pain >
  3. Twins ?, oh no

História Love heals my pain - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Oii meus anjos, como vocês estão?.

Boa Leitura :3

Capítulo 11 - Twins ?, oh no


Fanfic / Fanfiction Love heals my pain - Capítulo 11 - Twins ?, oh no

– E-Eu não sei bem. Mais eu acho que eu estou apaixonada por ele... – a expressão facial de Crsthian mudou totalmente

– Por isso que eu não queria lhe dizer, não quero lhe decepcionar – dei um sorriso fraco. E o caminho enteiro foi em silêncio. Logo estávamos na frente da minha casa – Obrigada por me trazer, Tchau

– Tchau - ele respondeu seco. Entrei em casa e como eu já desconfiava, não haverá ninguém. Hoje eles vão descobrir o sexo do bebê. Se é uma menina ou um menino 

– Pedimos pizza pra você, vai chegar 12:40 ou mais, assinado Ju. Ah, okay, pelo menos uma coisa boa – Logo escutei a campanhia tocar – Ué mais nem é 12:12 direito ainda – fui atender a porta e me deparei com Lucca – Lucca?! 

– A gente... Pode conversar?

– Claro, claro. Entre – abri a porta para o mesmo

– Eu... Vi que você saiu com o Crsthian, fico feliz por vocês – ele sorriu fraco 

– É... – forcei um sorriso. O que não deu muito certo, afinal...

– Você tá brava comigo... Não é? – Estou bem mais que isso... Estou decepcionada

– Não, não... Eu só não tô em um bom dia. É só isso – forcei um sorriso

– Ah tá bom, espero que você fique bem. Até amanhã – não respondo nada, eu só abri a porta e ele saiu. A hora que eu fechei a porta, escorreguei pela mesma até chegar no chão 

– Por que é tão difícil te amar? – fiquei alguns minutos ali e logo a pizza chegou. Peguei a mesma, meus pais já haviam pagado. Então me pus a comer, não demorou muito ao escutar meu pai e minha madrasta entrando pela porta 

– Oi meu anjo, fico feliz que você já tenha almoçado, a gente também já comeu – disse Juliana e eu dei um sorriso fraco 

– Parabéns filhota, você vai ter um irmãozinho e uma irmãzinha - Gêmeos não 

– São... Gêmeos? – eles assentiram, e eu forcei meu melhor sorriso – Que ... L-Legal 

– Bom vou lá visitar seus avós meus amores, beijos Allison. Tchau amor – selaram os lábios e Juliana saiu

– Já almoçou né? – disse meu pai, com aquele olhar péssimo que o mesmo tem todas as quartas. 


Algumas horas depois...


Já se passaram algumas horas e eu estava aqui. Sentada no box do banheiro teimando para não me sentir um lixo. Apesar de que eu sou um lixo. Sim, aquele monstro me estrupou de novo, eu não aguento mais.

Meu pai já não estava mais em casa, e eu já havia tomado uma duxa. Escutei a campanhia tocar. Fui ver e era Crsthian 

– C-Crsthian? 

– Não me esperava por aqui, não é? – balancei a cabeça e dei espaço para o mesmo entrar. Assim ele fez 

– Senta ali no sofá, quer alguma coisa?

– Não, obrigado 

– Então, qual o motivo da visita? 

– Não tem ninguém em casa? – meus olhos encheram de lágrimas – Que foi?. Tá tudo bem – o mesmo me abraçou e eu derramei em lágrimas. Pude escutar a campanha tocar, de novo ... – Deixa que eu vou lá – O mesmo foi e eu acabei escutando a voz de Lucca – Oi, Lucca

– Oi, cadê a Alisson?

– Ela tá ali no sofá, vem – ele adentrou 

– Oi... Lucca 

– Oi, tá tudo bem?. Você estava... Chorando – Lucca me conhece muito bem pra saber meu humor 

– E-Estava – Chega, eu vou ter que contar isso a alguém – Então já que está os dois aqui, eu vou contar de uma vez por todas

– Contar... O que? – Os dois disseram juntos 

– Humm, verde – Lucca encostou em uma planta falsa de um caso

– Ah, não vale – Crsthian ficou emburrado 

– Eu posso falar? 

– Claro – disseram juntos e se olharam 

– Nem pensem 

– Fala Allison – Lucca já estava impaciente 

– Meu pai ele ... – lágrimas escorreram pela minha face 


Notas Finais


Não sejam leitores fantasmagóricos... Comentem muito

:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...