História Love (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Taehyung
Visualizações 34
Palavras 1.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores! Espero que esteja tudo bem com vocês! <3

Espero que gostem...
Boa leitura!

Capítulo 4 - Capítulo 4


Quando ia a sair…

-Tae? Fica aqui comigo por favor… 

-mas…

-Va lá…

-Se tu não te importas… então está bem!

Deitei-me ao seu lado e quando menos esperava ela aproximou-se e deitou a cabeça no meu peito fazendo com que colocasse o braço à volta do seu pescoço. Ficamos assim um pouco…

-Obrigada! Por tudo! Por cuidares de mim e por nunca me deixares sozinha…

-De nada princesa! Sabes que te adoro muito?

-Sei! E tu sabes? 

-Se tu o dizes…

Nesse momento ela olhou-me nos olhos e aproximou os nossos rostos e beijou-me. 

-Saman… Não me faças isto por favor!

-Porquê? – perguntou com um tom desafiante.

-Porque não! 

-Hmmmm 

Continuou a beijar-me…

-Eu... eu... eu amo-te Tae!

-Eu também!.... olha… aquilo do beijo…. Desculpa!

-Desculpar porquê? 

-não devia de tê-lo feito…. 

-Quer dizer que te arrependes?

-NÃO! 

-Então… 

Ela aproximou-se e beijou-me. Aquela boca era incrível! Ela é incrível! 

-Saman…. Eu….. -corei

- Tem calma… vamos só... aproveitar? – olhou me com um sorriso um pouco manhoso e desafiante.

-Tu deixas? Isto não vai estragar a nossa amizade?

-Claro… só a vai melhorar!

-Então está bem!

Virei-me mais de frente para ela e comecei a beija-la novamente. Um beijo bem mais quente. Eu queria aquilo há muito tempo e agora que ela me deixou… eu vou mostrar-lhe quanto a amo!

Continuamos os vários beijos e as nossas línguas  já lutavam por espaço nas nossas bocas. Separamo-nos por falta de ar…

-É para ir em frente? -preguntei ofegante.

-Se tu quiseres fazer isto comigo… então…sim….

-Eu quero isto mais que tudo! Mas é a tua primeira vez não é? 

-Sim! - disse meio tímida.

-E queres que seja comigo?

-Sim….

Sorri.

Tornei a beijá-la. Fui abraçando-a e as minhas mãos foram descendo até alcançarem o fim da minha camisola vestida na Saman. Fui dando leves apertões nas suas coxas, que eram fantásticas, e fui me pondo mais por cima dela.

Quando menos esperava ela trocou de posição comigo. Sentou-se por cima de mim e sentindo a minha excitação riu corada. Sorri também. Passeio as minhas mãos pelas suas pernas enquanto continuamos com os beijos. Vou aos poucos puxando a camisola dela para cima até que a tiro totalmente . Ela passa as mãos por todo o meu abdómen e trocamos de posições outra vez ao mesmo tempo que tiro a minha camisola. Distribuo beijos por todo o seu rosto fazendo um caminho que passa pelo meio dos seus seios até ao umbigo . Ela arqueia as costas e nesse momento aproveito e tiro-lhe o sutiã. Fico realmente apreciando a beleza dela quando a vejo ficar envergonhada e tapas os olhos com as mãos. Sorri. Então abocanho um deles e massageio o outro ouvindo-a gemer baixinho. 

-Gostas?

-Adoro!

Desço novamente com beijos até à cueca e com calma tiro-a. Com calma e cuidado passo a minha língua por toda a zona e sinto-a agarrar os meus cabelos. Em pouco tempo penetro com calma um… depois dois dedos. Vejo que se queixa com dor mas esta depois passa a prazer. Continuo devagar. 

Paro, tiro o resto da minha roupa e deixo-me totalmente visível para ela que arregala os olhos ao me ver assim. Pergunto:

-Posso?

-Força…

Ao contrário do que ela mandou eu penetro devagar nela e esta agarra dos lençóis da cama com força. Passados poucos segundos os olhos dela enchem-se de prazer e aí começo a aumentar a força e a velocidade. Gememos juntos até que chegamos ao nosso ápice juntos. 

Caímos exaustos na cama e ela agarra-se a mim.

-Gostaste?

-Muito! 

-Amo-te!

-Eu… Também te amo muito… Tae!

Logo ela adormece e passados poucos minutos a refletir sobre a noite mais maravilhosa da minha vida com a melhor pessoa deste mundo adormeço também.

TAE OFF

SAMAN ON

Quarta-feira, 6:15 da manhã.

Acordei e logo me lembrei da noite que tive. Ainda estava tentar entender como é que pode ter acontecido tudo aquilo numa só noite… 

Mundo paralelo on

-Não entendo como é que é possível amá-lo tanto assim…

-Será que devo falar com ele e dizer tudo o que realmente sinto?

Mundo paralelo off

Sou tirada dos meus pensamentos assim que sinto vários beijos serem depositados no meu pescoço.

-Bom dia pequenina!

-Bom dia Taezinho! – fiz lhe carinhos no rosto. 

-Dormiste bem?

-Tu dormiste?

-Sim!

-Então eu também.-Sorri

-Temos mesmo que ir para a escola hoje? 

-Claro! 

-…

-Tae… vá… tu sabes que tem que ser!  

-Prontos… tá bem...

Levantei-me e dirigi-me para a casa de banho. Quando sai so de roupa interior lembrei me de que tinha ainda de ir a casa para ir buscar o uniforme. 

-TAE?

-SIM?

-Despacha-te temos que passar em minha casa para eu vestir o uniforme. 

Ele não respondeu. Estava a secar o cabelo apenas vestida com o sutiã e as cuecas e com um casaco do Tae. Ia chama-lo de novo quando o sinto agarrar a minha cintura. Logo desligo o secador e viro-me..

-Ok… mas vais assim vestida até lá? 

Obviamente não iria…

-Porque não? – sorri e brinquei com o nariz dele. 

-Porque eu não deixo. Ah e acho melhor vestires a roupa de ontem se não vamos chegar atrasados. – olhou-me com um ar provocador. Fechou o casaco com as mãos e deu me um beijo na ponta do nariz. 

-Despacha-te, o pequeno almoço está pronto e já são 7:00 horas. 

-Ta bem! Tae? -disse antes que saísse. 

-Diz princesa! – parou na porta.

-Isto pode ficar entre nós? 

-Isto? O quê? 

-A- a nossa “amizade colorida”...?

-Tens vergonha não é? Tudo bem…

-NÃO! É que… a questão não é termos dormido juntos ou eu ter vergonha de ti…. 

-Então é o quê? 

-É que… - comecei a ficar um pouco nervosa – eu tenho medo… que… 

O Tae olhava-me sério e um tanto triste o que me estava a incomodar.

-Tae… eu… não te quero ver assim eu simplesmente…. – fui cortada pela reação estranha do Tae, ele virou costas e desceu dizendo para que me despachasse. 

Achei estranho mas a realidade é que aquela conversa estava a criar mau ambiente e eu não tinha um bom pressentimento.

Vesti me e desci. Tomamos o pequeno almoço e falamos acerca da escola e de alguns assuntos que estavam a dar na televisão mas o ambiente continuava constrangedor.

-Vamos embora? -o Tae perguntou.

-Sim!

Pegamos nas nossas coisas e saímos. 

Entretanto cheguei a casa. Entrei e não estava aparentemente ninguém. Então subi ao meu quarto e troquei de roupa. Quando ía a sair assustei-me vendo o Jimin me olhando.

-Onde dormiste? 

-Em casa do Tae! Mas não vale a pena fazeres mais preguntas estamos atrasados para a escola quando chegar falo contigo. 

-Hmmm está bem! Porta bem mana. -demos um beijo na bochecha um do outro e eu sai. 

Entrei no carro e pelo caminho…

-Tae… eu preciso de continuar aquela conversa… eu não estou bem!

-Fala então. – O olhar do Tae tornou-se triste novamente. 

-Olha posso dizer tudo? 

-Claro…

-Mas promete-me que nada vai estragar a nossa relação.

-Ok!

-Então… o que eu estava a tentar dizer é que o melhor é não nos iludirmos. Fica sabendo que eu adorei a noite que tivemos! Foi a melhor da minha vida sem dúvida mas eu tenho medo de nos magoarmos entendes? Eu não quero que nada estrague aquilo que temos... eu  adoro-te!

-Concordo princesa! 

-Mas a tua cara não me diz isso…

Tae parou o carro no estacionamento. Pegou na minha mão e disse….

-Olha eu só estava com medo há pouco porque eu tinha medo que a nossa relação tivese que acabar ou estivesse estragada de alguma forma por causa da noite que tivemos e de estarmos assim… tão próximos! 

-Nada vai estragar isto que temos no que depender de mim! 

-No que depender de mim também não!

-Adoro-te Taezinho. 

-Posso pedir-te só uma coisa? 

-Sim! – sorri.

-Dás-me… u-um… b-bei- antes que ele terminasse dei-lhe o beijo que ele estava claramente a pedir. Trocamos carinhos e em seguida saímos e fomos para as aulas. 


Notas Finais


Bem amores eu estou bastante insegura com este lemon e com o capítulo no geral... no entanto espero que gostem!

Se tiverem algo a sugerir ou assim comentem e cliquem no coraçãozinho se gostarem!

Vos amo! Até domingo! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...