História Love in App (Yoonmin) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Gay, Jeon Jungkook, J-hope, Jung Hoseok, Kim Taehyung, Min Yoongi, Park Jimin, Romance, Yoonmin
Visualizações 80
Palavras 1.221
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


To aqui de novo, não me matem, por favor! 🙏

Já deixe o seu corazão! ❤ :')
Tenham uma boa leitura! ^^

Capítulo 11 - Love Problem's


Yoongi havia acabado de acordar, estava deitando de barriga para cima, um pouco desajeitado, emaranhado por cobertores e um peso que estava a cima de si. Aquele peso pertencia ao corpo de Park Jimin, que dormia tranquilamente com o rosto deitado contra o seu peito. O rapaz não sabia como conseguiram adormecerem juntos e ficarem assim durante a noite toda, ele era pesado, mesmo assim não o queria longe.

-Como é bonito. - Dizia o admirando. - Tão adorável e amável... - De repente, seu rosto se tornou em uma careta. - Mas o quê eu estou fazendo?

Deitou a cabeça, olhando para o teto, tentando entender o que estava acontecendo com o seu coração. Era isso mesmo possível? Min Yoongi estava realmente apaixonado por alguém? Melhor, por Park Jimin?

-Agora, o quê eu faço?

-Humn...

Um gemido baixinho pode ser ouvido pelo esverdeado, fazendo o mesmo se desesperar. E agora? Jimin estava acordando e veria como estavam deitados no sofá. Yoongi se arrependeu miseravelmente por não ter tentado se retirar dali quando ainda mais cedo.

Tarde demais, Jimin abriu os olhos e olhou no fundo dos olhos do rapaz, que por sua vez, estava com o coração acelerado. Yoongi não se achava facilmente intimidado, mas naquilo ele tinha que confessar, era bom e horrivel sentir ao mesmo tempo, se sentir intimidado pela situação em que se encontrara naquela sala com o Jimin, era bom, pois estava bem perto, um desejo que contia dentro de si de uma forma incrível. Horrível pois o medo de ser descoberto e o pior, ser negado por ele, era grande. Coisas que ele mais temia.

-Yoongi?

Aos poucos, os olhos arredondados do alaranjado se arregalavam em susto por finalmente notar o quê estava ocorrendo ali entre eles. O desnorteamento sumira rapidamente, assim que soltou um gritinho fino em susto por reconhecer o como estava deitado sobre o outro, se levantando dali sem rodeios.

-Me desculpe, eu - gaguejava em nervosismo - eu não vi que... - Se calou sem conseguir terminar de se explicar, logo cobrindo o rosto com as mãos. - Ai meu Deus! Que vergonha!

Yoongi observava tudo aquilo em silêncio,  reparando o como era fofo aquele rapaz agindo como um gatinho envergonhado.

-Está tudo bem, foi só um acidente.

-Não está tudo bem, eu deitei em cima de você a noite toda e eu....

-Eu disse que está tudo bem. - O tocou no ombro, tentando lhe tomar toda a atenção.

-Se eu fizer uma pergunta, promete que não vai rir de mim?

-Prometo.

-Eu sou muito pesado?

-Não, você não é.

-Pare de mentir, eu sei que sou um porco.

-O quê?

-Fale a verdade, te deixei com dores nas costas.

Jimin dizia balbuciando loucamente, sem deixar tempo de o outro falar.

-Jimin, pare de se chamar assim, você não é porco e não é pesado.

-Mesmo assim, me desculpa.

Depois da manhã inteira passando por aquela enrolação de reposta vem e reposta vai, tiveram que se levantar. Yoongi teria que voltar para casa e terminar nas suas atualizações do aplicativo, cuja estavam mais do que atrasadas e Jimin, bem, ainda com a sua sanidade uma bagunça, pois ainda sentia certas saudades do Suguinha.

ʍɛ: нello :)

Algo de estranho havia acontecido, a resposta esperada cuja já sabia como viria, automaticamente, não lhe apareceu. Era como se o seu Suga estivesse em off-line.

ʍɛ: ѕυga?

ʍɛ: você eѕтá aι?

E nada.

Suas esperanças diminuíram de novo, pela primeira vez não recebeu uma resposta

-O quê aconteceu?

Jimin entrou no aplicativo da Play Store, logo procurando pelo nome do aplicativo para saber das novidades do mesmo. Rolando a página para cima, desceu pra ver os comentários. Pela primeira vez, houve os comentários negativos.

"O aplicativo era tão bom, não sei o quê foi que aconteceu".

"Depois da última atualização, parece que meu Tamagotchi ficou burro. Consertem isso, por favor!"

Esses eram os mais leves.

"Isso está um lixo, o aplicativo ficou uma merda, já faz mais de um mês que estou esperando a próxima atualização pra melhorar e nada".

"Vou desinstalar essa joça, parece que o infeliz do criador perdeu a criatividade".

"Está muito ruim, só consumindo a minha memória do celular".

O quê estava ocorrendo para tudo isso acontecer?

Bom, Yoongi estava com uma grande dor de cabeça, as ideia para a próxima atualização não estavam colaborando. Tudo que se passava na sua mente era Jimin, Jimin e Jimin.

-Droga, droga, droga! O quê eu faço?

Passou as mãos sobre os cabelos despenteados e começou a suspirar em frustração. Nesse exato momento a sua criação eram uma bênção e uma maldição.

A vida antes do Jimin se resumia apenas em trabalho, tudo estava em volta do seu adorado aplicativo, mas graças a ele, conheceu o Jimin também e ai, tudo começou a se transformar. Estava a aproximadamente dois meses sem atualizar, quase dois meses se comunicando as escuras com alguém que agora lhe é incrivelmente importante, e quase um mês se falando com essa mesma pessoa de cara à cara. Tudo por causa dele, tudo por causa do Jimin, sua rotina mudou, sua visão para as coisas mudou, seus hábitos mudaram. Se esforçando só mais um pouquinho, poderia se lembrar muito bem que estava começandk a ser legal com o Hoseok.

-Merda, eu amo o Jimin!

Tudo por acausa de Park Jimin, tudo por causa daquele cabeça de laranja.

Ele amava e odiava amá-lo, era torturante.

-Preciso de ar fresco.

Mas não que os hábitos dele mudaram mesmo? Agora estava o esverdeado andando pelas ruas, a procura de algo pudesse lhe fazer sentir melhor.

Mas não significa que vai mudar tudo.

Adentrou em qualquer loja de conveniência e comprou uma lata de refri.

-Eu estou falando, ele está com outro que eu sei.

-Calma cara, você só viu aquele homem com ele apenas uma vez, não tem certeza de nada ainda.

Duas vozes se tornaram presentes, sendo ouvidas pelo Yoongi, e uma delas era completamente reconhecível.

Jeon Jungkook.

Sua pressão subiu, por quê em qualquer lugar do mundo, aquele garoto tinha que lhe aparecer bem ali? Revirou os olhos em desgosto, não estava nenhum pouco a fim de ouvir do quê ele e outro rapaz estavam falando, achou melhor ir embora, antes que fosse notado.

Infelizmente, era tarde demais.

-Espera ai, conheço aquele cabelo, é ele.

O som abrupto da cadeira sendo arrastada no piso fora alto, chamando a atenção dos outros dali.

-Droga! - Reclamou entre os dentes.

-É ele mesmo.

A dupla se direcionou até o rapaz, com poses de empoderamento, esmurrando o mesmo com intimidações monstruosas.

-Pelo visto, o sociopata merdinha tem coragem pra sair da sua caverna.

Jungkook era um bad boy intimidador, sendo bem alto, usando suas roupas pretas descreviam uma imagem perigosa. Era como um dark angel.

-Me diga algo, o quê você tem com o Jimin?

-Nada que te interessa. - Pegou logo a sua lata de refri, pronto para sair dali.

-Estou falando sério com você, cara. O quê você tem com ele?

Yoongi sentiu seu casaco sendo puxado com força, dando nele um espanto, que por sua vez, não deixou ser exposto. Obrigatoriamente voltou para perto da dupla.

-Nós ainda estamos falando com você.

Yoongi não duvidava do aqueles dois - principalmente Jungkook, que estava completamente contrariado com todo os fatos - seriam capazes de fazer. Aquele garoto estava com muita raiva, era legível nos seus olhos, Yoongi podia ver isso.

Se ele podia reagir? Claro qur poderia, mas não o fez, saberia que caso cometesse tal ato, eles reagiriam também e talvez, da pior forma. Eram dois contra um, seria impossível sair dali ileso, somente se corresse dali muito rápido, deixando tudo para trás.

Mas Yoongi não é esse tipo de homem.


Notas Finais


Beijos de Nutella e até a próxima! ( ˘ ³˘)❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...