História Love in Flames - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Gaaino, Naruhina, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 14
Palavras 1.602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi oi pessoal
Então, espero que gostem da fanfic. Eu estou planejando ela já faz um tempo, mas só agora tive coragem de postar.
Desculpem os erros de português e nos vemos nas notas finais
Boa leitura

Capítulo 1 - Prólogo


Prólogo

Estava jogada na cama comendo doces e vendo series online quando ouço o passarinho do meu celular - tenho que mudar esse toque, ja esta me irritando - dizendo que tem uma nova notificação.

Já ia ignorar quando ouço apitar de novo e de novo, de novo e de novo, quando fui xingar a pessoa de todos os palavrões do mundo vejo que é a porca da Ino :

INO " OI "  " OIII "  " TESTUDA DOS INFERNOS ME RESPONDE "

SAKY " Oi "  " o que foi ? "

INO " Amiga você não sabe o que acabaram de me dizer "

SAKY " O que ? "

INO " Advinha quem esta voltando para o pais e vai estar em Nova York "

SAKY " Ah o Brad Pitt  ? "

INO " O QUE ? "

SAKY " To brincando "     " Quem ? "

INO " Sasuke Uchiha "

SAKY " Hum "

INO " Hum ? "   " Uma estrela mundial esta vindo para a cidade e você só diz 'HUM'? " 

SAKY " É "   " Você é muito escandalosa "

INO " Affs "

Droga to atrasada para o trabalho. Se eu continuar a falar com a porca vou me atrasar mais ainda já que essa dai só sabe fofocar da vida dos outros e não trabalha com nada - apesar dela ser rica então - e nem liga para os estudos.

SAKY " Tenho que sair, estou atrasada para o trabalho "  " tchau "

INO " Tchau "   " Bjs "

SAKY " Bjs "

Joguei o celular na cama e sai correndo do quarto e fui em direção ao banheiro. Tomei um banho rapido e fiz minha higiene pessoal. Sai só de toalha mesmo e fui em direção ao guarda-roupa. Peguei uma lingerie preta com detalhes em branco, coloquei uma calça jeans preta rasgada, uma blusa listrada e um colete de coro. Nos pés meu All star preto velho. Pequei minha mochila e tirei todos meus materiais, lá coloquei um moletom velho, meus documentos, meu celular.

Sinto que estou esquecendo alguma coisa... Ah deixa pra lá. Sai do quarto e desci as escadas indo diretamente para a sala. Peguei minhas chaves e quando ia sair.

- Não vai se despedir ? - virei-me e me deparei com minha mãe com umavental e um colher de pau.

- Tchau mãe !!! - falei com sarcasmo, fazendo gestos com a mão balançando as chaves.

- Tchau minha filha - ela sorriu carinhosamente e veio em minha direção, levantando a cabeça para me dar um beijo na testa.

- Volto a tempo do jantar - olhei no fundo dos olhos dela que eram incrivelmente iguais aos meus - Eu sempre vou estar aqui - sorri de lado e sai de casa em direção a minha moto, subi e dei a partida ouvindo o som do motor que é musica para os meus ouvidos.
 

.

.

.
 

Cheguei no trabalho e desci da moto, senti um mão no meu ombro, vejo que é Temari e solto a respiração que nem sabia que tinha prendido.

- Esta atrasada 20 minutos - cruzou os braços na frente dos seios e me olhou feio - Ja falamos sobre isso

- Eu sei - me fiz de arrependida. Vai que cola e ela deixa essa passar

- você me perdoa não é Tema-chan ? - fiz cara de cachorrinho que caiu do caminhão de mudanças.

Ela me olhou com cara de "você acha que isso funciona comigo ?"... Me avaliou de cima a baixo com um olhar de deboche, comprimiu os labios, bufou e olhou para o lado durante alguns segundos. Quando enfim voltou a me olhar deu um sorriso de canto.

- Tudo bem essa eu deixo passar - pulei em cima dela e a abracei, ela demorou um poco para retribuiu o abraço, mas logo se afasto - calma não precisa de tudo isso, por acaso esta carente ?

- Pior que estou - pensando bem faz tempo que eu não fico com ninguem, a ultima vez foi a uns seis meses quando eu ainda estava namorando com o Sasori. Sei que deveria chamar ele de idiota e outros incontaveis nomes, mas acabamos bem, quer dizer terminamos e prometemos ser amigos apesar de uma semana depois eu receber a noticia de que ele foi embora da cidade.

- Serio ? Quanto tempo faz desde a ultima vez que você ficou com alguém ?

- Uns seis meses ? - envergonhada cocei a nuca fingindo lembrar.

- Seis meses ? - ela fez uma cara indignada.

- Ei você duas - nosso chefe Sr. Orotimaru chamou nossa atenção - chega de conversa.

- Sim senhor - falamos juntas e batemos continencia estilo soldado.

- Você trouxe as extenções que prometeu ?

Puts !!!! Sabia que tinha esquecido de algo, a Temari vai me matar.

- Ah... ouveram algumas complicações no caminho - olhei para baixo sabendo a bronca que ia levar.

- Sakura !! O show é daqui a duas semanas e precisamos ter o palco pronto ate sexta - falou com um tom de voz responsavel  _ como se ela fosse _ e bateu a mão na testa - você não sabe a gravidade das coisas ?

- Claro que sei !!

- Pois não parece, não é a primeira vez que você apronta - colocou as mãos na cintura - Lembra da vez que o Kabuto mandou você comprar o almoço dele e do chefe ? - Sim eu lembro bem, aquele arrogante tava agindo como se fosse melhor que eu e me mandou na maior arrogancia, e ainda ficou me chamando de inutil sem valor para os outros fúncionarios. Só de raiva coloquei minhocas na comida dele e gravei ele comendo para postar na internet, é claro que nunca me pegaram mesmo o Kabuto me acusando, alem de que eu trouxe o almoço e deixei no camarim que a atual sala do Orotimaru, qualquer um podia ter entrado la. - E você...

- E eu coloquei minhocas na comida dele - a interrompi, Temari e as meninas são as únicas que sabem disso -  Sim eu lembro - sempre me lembram disso, abaixei minha cabeça e encostei o quadriu na moto.

- Ate que foi bem engraçado - olhei para ela e ela esta olhando para cima sorrindo - Agora vamos trabalhar.

.

.

.

Estalei minhas costas, e me sentei no chão do palco. Depois de cinco horas de trabalho finalmente vou poder ir para casa. É isso que da trabalhar com organização de shows, você carrega peso, tem que fazer tudo que o chefe manda e não pode reclamar.

Bufei e coloquei minha franja atras da orelha, decidi terminar de empilhar as caixas com alguns intrumentos de som como microfone, cabos etc, me levantei e fui em direção a pequena escada q leva para o chão e fui ate as caixas, peguei a primeira que vi e fui novamente para o palco... Ate alguém bater com tudo em mim, me fazendo derrubar a caixa e os microfones que estavam dentro da mesma.

- Aiii... - massageie minha cabeça, e acabei sentindo uma forte dor nas nádegas

- Deveria tomar mais cuidado por onde anda, pode acabar se machucando de verdade - falou a pessoa que me acertou e me jogou no chão.

Olhei para cima e vi o homem mais bonito de toda minha vida, ele é simplesmente lindo, só pode ser um Deus Grego. Aqueles olhos negros como ônix que me avaliavam de um jeito intensso - e bota intensso nisso - que intimidaria qualquer um, os cabelos negros que caiam sobre seu olho esquerdo o deixando com um ar misterioso, alto com o corpo musculoso - mais não exagerado - vestindo uma roupa de grife -  que deveria custar o olhos da cara - que o deixava mais lindo ainda.

- M-Me descul...- fui interrompida por uma voz que eu conhecia bem e eu odiava com todas as minhas forças.

- Sr.Uchiha é um prazer conhece-lo, eu sou Kabuto o assistente do Sr.Orochimaru - se apresentou - o Sr.Ochimaru me pediu para o Senhor me acompanhar ate ele.

- Cof - Cof - tossi falsamente, acabei corando com os dois me olhando.

- Ora Ora - ele tinha que falar isso - Senhorita o que estas a fazer no chão ? - perguntou-me com deboche - não deveria estar a trabalhar ? - sorriu cínico. Eu ainda como o cu desse viado.

- E você não deveria estar dando a bunda para o chefe ? - perguntei cinicamente, dei um risada nasala e sorri de canto com um ar de deboche - Ae né ? ele te despenssou - coloquei a mão no queixo pensativa .

- Volte ao trabalho AGORA - fiquei ate surda com esse grito _ parecia ate bicho do mato _ depois disso ele saiu pisando duro, é sempre assim.

Quando estava prestes a me levantar uma mão se estendeu para mim, olhei a mão na minha frente e levante a cabeça encontrando as mesma ônix de agora a pouco. Estendi minha mão e quando toquei a dele senti um choque percorrer meu corpo, ao mesmo tempo que ele me puxava para cima.

Já de pé, olhai para ele - só agora percebi o quanto ele é alto deve ter um metro e oitenta - e desci meus olhos para minha mão. No meio tempo que levei para assimilar o que ouve ele já tinha ido em bora, sem nem me dizer seu nome.

 


Notas Finais


Então, espero que tenham gostado e obrigado por ter chegado ate aqui, logo logo posto o próximo capitulo
E... até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...