1. Spirit Fanfics >
  2. Love is ... 2 >
  3. Capitulo 2

História Love is ... 2 - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capitulo 2


Fanfic / Fanfiction Love is ... 2 - Capítulo 2 - Capitulo 2

Caroline não entendeu porque Alaric há convocou para Mystic Falls da última vez que a loira ouviu um tom então tenso vindo dele as gêmeas tinham acabado de voltar do mundo, prisão sendo que Josie estava dominada por magia negra.

— Dorian você sabe o que aconteceu — pergunta Alyssa ao lado da Wendy enquanto os alunos eram mandados pada a cama por Emma.

— Meninas isso é delicado-confessou o bibliotecário ele na queria ter que da notícia assim afinal ele tinha visto Josie crescer agora.

— Ninguém ali estava entendendo nada as coisas ficaram ainda mais estranhas quando viram a diretora Caroline entrando como se estivesse prestes a apagar um incêndio.

— Dorian — Caroline chama o amigo — O que aconteceu — questionou.

— Melhor você é Alaric conversarem — Dorian falou levando Caroline ao escritório.

— Se a mãe das gêmeas voltou de viagem só pode ter acontecido algo com elas — Wendy comentou.

— Josie uma vez que nem uma de nós viu Jade desde que voltamos-disse Alyssa preocupada às duas entram no quanto pulando de susto assim que a loira entra de uma vez.

— Jade—Wendy chama — O que aconteceu — questiona sendo surpreendida quando a loira abraça.

— Ela se foi… — Jade sussurrou sufocando entre soluços-Por que tudo que amo sempre morre.

Estão Alassy e Wendy soubera que Josie tinha partido.

  

                             ***

Alaric não sabia como contaria mesmo agora olhando para a loira ficando ainda mais difícil.

— Onde estão as gêmeas-pergunta Caroline vendo Ric não queria, encara-la algo de muito grave tinha acontecido.

— Lizzie esta bem — Alaric começa.

— Josie — Pergunta a loira vendo ele exitar em responder.

— Alaric não por favor isso… — implorou Caroline seguido para o escritório.

A loira abraça o corpo de Josie embalando como sempre fazia quando não para de chorar seu baby tinha partido.

— Ela tem o sangue da Hope no organismo Alaric tentando de alguma forma conforta a loira mesmo sabendo que a filha voltaria, estava difícil acreditar no que tinha acontecido.

— Sempre lutamos para que isso não aconteces com elas agora o que faremos — Caroline se questiona.

Lizzie abraçada a mãe Hope tinha conseguido fazer a loira se alimentar antes de voltarem para o escritório encontrando Caroline ainda abraçada a Josie.

Hope iria deixa-los sozinhos ali não era seu lugar saiu indo para o quarto precisa deitar sabia que não conseguia dormir.

— Hope — Caroline chamou no corredor.

— Sr.Forbes-Hope respondeu encarando a diretora.

— Já não deixamos essa formalidade de lado — Caroline lembra da última vez que tinha conversado.

— Não sei o que — Hope tenta mais acaba soluçando.

— Nada disso é sua culpa — a loira conforta a menina que desaba sendo aparada pelo amor da vida de seu pai.

Era como sair de dentro estando submerso por mais tempo que o corpo podia aguentar. Respira novamente foi como um soco no estômago todos os cheiros da sala estava ali dançado em seu olfato apurado.

Pinheiros após à chuva era como sentiu Hope.

Flores silvestres o perfume de jade.

A colonia masculina do pai estava mistura ao uísque por mais que ele estivesse tentando disfarçar.

Um toque suave de lavanda mistura a margarida.

Josie sempre achou que Lizzie cheirava a margaridas isso ficou ainda mais evidente quando foi abraçada pela loira, porém não foi isso que a impedir de envolver o abraçou da mais nova.

Os som de corações bombeado sangue na sala é dos que estava nos andares acima fizer a morena pular para longe.

— Jo o que — Lizzie perguntou tentando se aproxima da irmã que estava acuada como um gato ferido.

— Lizze tudo é nova sua irmã esta, tentado se adapta — Caroline respondeu se aproximando.

— Mãe — Josie sussurra agarrando a loira ficando assim por horas.

Tudo que jade queria era abraça a namorada mais conteve esse impulso ficando ao lado de Lizzie vendo a loira aperta algo na mão como se a vida dependesse disso.Só percebeu o que era quanto atenção da sala aumentou.

Medo esse o principal motivo de Lizzie corta a mão enquanto os pais discutem silenciosamente sobre uma possível transformação ela não iria ficar sem a irmã podia dizer que era egoísmo, porém ninguém ali compreendia além de Josie seu ponto de sanidade bom à terra gravita ao redor do sol e Lizzie ao redor da irmã.

O cheiro de sangue é a única coisa que Josie consegue pensar devia ser algo de vampiro.

Enquanto tentava trabalhar seu lado racional o qual errado seria machucar a irmã seu lado irracional dizia porque não essa sensação irritante logo vai passar é só deixar que tome conta e logo vai passar foi quando jogou a mãe para as estantes avançando em direção a Lizzie.

— Preciso sair daqui a é tudo que os adultos escutam — quando de Josie rompe porta fora.

— O que diabos você fez — Hope exclama vendo a porta onde a morena passou.

— Não se faça de boba Hope sei que todos aqui você é mais interessada em que Josie viva sem ofensas Jade - Lizzie diz — Mas quando a loira vira para encarar a namorada da irmã ela já não estava ali.

Respire

                                inspire

                                                    Respire

inspire.

Era tudo que Josie tentava dizer para si mesmo para acalmar, mas não funcionava ela tropeçou porta afora para floresta tudo era demais os captando cada parte da floresta que cercavam o seu redor.

Conseguiu ouvir passos vindo em sua direção ela não pensou duas vezes e atacou intruso.

Jade sentiu o corpo colidir contra o chão é sua garganta sendo pressionada antes de ser libertada do agarrando mortal.

Jade queria te machucar é só Josie resmungo saindo de cima da namorada.

— Tudo bem sei como é transformação, amplificado os sentidos. — Jade contou sentando a frente de Josie.

— Não sei se vou… — começou Josie tentando explicar.

— Seria egoísta se quisesse que completasse a sua transformação, mas é algo que não desejo para ninguém Josie fui transformada no primeiro impulso completei a transição — contou a loira não gostava de lembra daquela noite — Talvez seja um lado racional querendo se apegar a vida que acabou porque todo muda, seja qual for a sua escolha vou estar aqui — diz a loira.

Josie se inclina para beijar a loira.

— Amo você — Josie sussurra.

— Também amo — disse Jade.

Hope engole a raiva de ver Josie agarrada a Jade assim que as encontra na floresta. Caroline tinha ido à cidade possivelmente ao banco de sangue enquanto Alaric estava observavam Lizzie dar um jeito na bagunça que tinha causado.

Por escolha própria Josie decidiu ir para as masmorras Jade prometeu ficar mais tinha que passar no quarto antes deixando às duas sozinhas.

— Hope — chamou Josie vendo que a ruiva mal a tinha olhando desde que acordou.

— Você precisar descansa Jo podermos discutir isso amanhã — comenta Hope

— Não sei se verei o amanha Hope — respondeu Josie.

— Josie — sussurra Hope lentamente desespero em seu rosto.

— Não é sobre a transformação ninguém é culpado aqui você sabe disso então pare de tentar controlar o que não pode — Josie exclama irritada — Afinal foi escolha dela entra no meio de Landon é Rafael.

                             ***

Flashback On

— Você está aqui — pergunta Josie fazendo o homem dar um meio sorriso que a fez lembrar de uma certa ruiva.

— Aquele vilão não sabe nada sobre isso aqui Josie é como os outros ficou observando o que acontece daquele nado assim que se pode chamar onde os vivo estão — klaus dando um sorriso de canto.

— Pode dizer algo para Hope por mim — pediu Klaus.

— Claro — concordou Josie sendo acompanhada pelo homem.

— Apesar de contínua vendo o que ela faz da vida estou em paz sim como a minha escolha mais contínuo sendo o pai protetor que ela conheceu nós últimos anos pode dizer assim-pediu ele.

— Seja boa para ela Josie — falou o homem.

Flashback off

                           ***

— Meu pai esta do outro lado — Hope pergunta sentando na ponta da cama.

— Ele sempre vai esta de olho em você por que te ama não esta, arrependido da escolha que fez ele faria de novo por você poque de todos os bens que o mundo deu a ele nos séculos em que viveu nenhum deles e tão precioso com ter segurado você.

Josie foi abraçada com força pela ruiva sábia o qual delicado a família era para a mais velha deixou a menina chorar pelo tempo ela precisasse estaria ali para segurá-la as meninas não sabiam era observado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...