História Love Is Dangerous -2 temporada - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Jeff The Killer
Personagens Jeff, Personagens Originais
Tags Ben Drowned, Creepypasta, Jeff The Killer, Laughing Jack, Slender Man
Visualizações 26
Palavras 906
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem e tenham uma boa leitura❤️

Capítulo 2 - Creepypasta


Eu andava com Jack pela neve, havia faltado a escola hoje e realmente não me importava com isso

Era tão bom andar pele neve, a brisa gelada fazia carícias em meu rosto, o barulho gostoso emitido ao pisar na neve, o silêncio da floresta...tudo isso era tão bom...

Só faltava um pouco de...ação! 

 

Me viro para Jack, e olhando para o mesmo, sorrio maldosa e corro rapidamente 

 

-Saphira!- o mesmo se assusta e me segue correndo. Ele tenta me segurar -hahaha! Venha me pegar!-

Jack corria atrás de mim, eu ria olhando para trás e correndo

Eu me divertia com Jack, prefiria ficar com ele a ir para a escola, eu gostava dele...

 

Jack consegue me pegar, mas com o impulso de sua força acabamos que caímos no chão. Eu o olhava, Jack estava por cima de mim, sorrio para o mesmo tocando seu rosto -por que sorri?- 

Jack me olhava sério, era engraçado como ele sempre me encarava sério. Parecia não ter sentimentos, o que eu não duvidava nada...

-só estou...feliz!-

Ele dá um pequeno sorriso

-mas agora, irá sofrer!-

Ele grita me fazendo cócegas 

-não, por favor!-

Eu ria e em seguida gritava desesperada, Jack sabia que eu tinha pavor de cócegas mas parecia adorar me ver sofrendo e desesperada

-eu imploro! Por favor pare!- 

Eu gritava tentando fugir enquanto o mesmo ria

-Ei você aí! O que está fazendo com essa moça?!- alguns homens armados aparecem.

Jack se levanta rapidamente, ele tinha ódio nos olhos. Me levanto permanecendo atrás do mesmo 

-não tenha medo moça, viemos ajuda-la- Olho confusa, Jack puxava sua faca lentamente do bolso, meu coração começa a acelerar

-se afastem. Agora!- Ele grita e sua voz sai parecendo um rosnado

Decido intervir antes que os homens tenham a cabeça degolada -calma Jack! Eles não devem saber. Rapazes eu sou a namorada dele! Estávamos só brincando...

-

Jack me olha, mentir agora seria muito melhor do que contar que ele me achou por aí e resolveu cuidar de mim...

-esse creepypasta deve te-la ameaçado para mentir! Vamos mata-lo!- eles avançam, me abaixo tentando me proteger.

Jack puxa sua faca atacando, eram em torno de cinco e possuíam armas de fogo e espadas

Eles atiravam contra Jack que desviava com facilidade, como ele era rápido...

Jack pula para cima do que pelo visto, era o capitão

                             (...)

 

Jack volta até mim, me encolho atrás do mesmo, o capitão cai e logo em seguida, sua cabeça revela-se cortada do corpo.

Os quatro homens que restaram olham assustados, eles pegam suas espadas.

 

(...)

 

Jack lutava contra os quatro, o que eu faria? Fugiria? Me esconderia? Ou tentaria ajuda-lo?

Eu não sabia o que fazer, por que chamavam Jack de "creepypasta" e tentavam o matar?

 

Eles conseguem atingir Jack que cai no chão, dois homens me pegam pelo braço cada um

-vamos leva-la a uma delegacia para encontrar seus pais! Você precisa de ajuda...foi sequestrada?- eles gritavam tentando falar comigo enquanto eu me debatia

-não! Eu...JACK!-

Grito ao ver que o mesmo levava apunhaladas na cabeça.

Ao me ver presa pelos homens, Jack se levanta.

Ele pula cortando a cabeça de um deles, desliza pelo chão e aparece atrás do homem cravando a faca em sua cabeça.

Jack sorri puxando duas facas e corre em direção aos homens que me seguravam

 

Decaptados, os corpos permaneciam de pé me segurando. Fecho os olhos, a cena era assustadora. Jack me puxa para si e os corpos caem no chão.  

 

Abraço-o fortemente, eu estava assustada. O que estava acontecendo?

-você está bem?-

Assinto rapidamente com a cabeça

-está certo, vamos sair daqui!-

 

                                 (...)

 

Eu olhava fixamente para a frente, sentada na banheira. Abraçando os joelhos. Acabada. Era assim que eu me encontrava

 

O que havia acontecido? Quem eram aqueles homens e o que queriam? Por que atacaram Jack e por que chamavam ele assim? Afinal o que eram creepypastas? Seria Jack um assassino procurado? Um turbilhão de pensamentos invadiam minha cabeça.

Suspiro, aquilo não me levaria a nada. Saio do banho, me visto e me deito na minha cama me encolhendo

-quer um pirulito?-

Ele estende pra mim, nego com a cabeça

Jack suspira, eu nunca negava um doce

-você está bem?-

Nego com a cabeça novamente, o palhaço senta na ponta da minha cama parecendo preocupado

-quase não consegui te proteger hoje...-

Me levanto indo até a janela e observando a neve. Ele vem até mim envolvendo seus braços em minha cintura, um abraço carinhoso por trás.

-quem eram aqueles caras Jack? E por que te chamavam de "creepypasta?"-

-foi um mal entendido...devem ter me confundido com alguém-

-ninguém nesse mundo se parece com você. Ninguém.- ele me olha parecendo perplexo

-vou levar como um elogio...

O ignoro

Ele suspira me abraçando ainda mais forte, afundando sua cabeça em meu ombro e cheirando minha nuca

-Saphira...- ele estava mais carinhoso do que nunca, mas isso não me amoleceria

-até quando vai mentir para mim Jack? Até quando vai me esconder a verdade?-

-que verdade?- ele insistia em tentar esconder tudo isso

-sobre meu passado, meus pais...por que nunca os procurou para me devolver?-

-porque eles estão mortos.-

-como sabe disso?-

-alguns caras como aqueles os atacaram. Eu jurei a eles te proteger-

-me proteger...por que atacaram eles?-

-porque eram iguais a mim e a você...-

-você e eu?- minha voz sai trêmula dessa vez, temendo o que viria a seguir

-sim, creepypastas.-

 

Lágrimas rolam pelo meu rosto


Notas Finais


Ajudem a divulgar, isso ajuda muito! Comentem o que acharam :3

Kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...