História Love Is Dangerous -2 temporada - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Jeff The Killer
Personagens Jeff, Personagens Originais
Tags Ben Drowned, Creepypasta, Jeff The Killer, Laughing Jack, Slender Man
Visualizações 27
Palavras 1.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura ❤️

Capítulo 5 - Assassinato, perseguição e banho quente!


Paralisada, era assim que eu me encontrava. Meu corpo tremia e minha respiração parecia falhar, eu sequer conseguia me mover, apenas observava a cena vidrada em tal brutalidade. 

Eu nunca tinha visto Jack matar antes, não tão de perto, não com essa fúria, com essa sede de sangue...

Ele dava vários e vários golpes com sua faca, até o momento em que o estômago do garoto abriu em um enorme buraco, mostrando suas tripas, e Jack arrancando-as com suas próprias mãos

 

Jack ria alto, ele se divertia com aquilo, e eu sentia muita vontade de vomitar, meu estômago estava mais embrulhado do que um pacote de presente...

Com o sangue praticamente todo derramado no chão, o corpo do garoto cai obviamente sem vida. Jack se abaixa dando uma última facada em seu rosto, e seu sorriso se abre de orelha a orelha. 

 

Ele se levanta, e se vira até mim. Seu olhar era tão assustador que por um momento eu senti medo, medo de acabar se tornando sua próxima vítima...

Jack caminha se aproximando, meu corpo treme ainda mais e eu não conseguia tirar meus olhos dos seus. 

 

-Saph...- o mesmo se ajoelha, ficando na minha altura, permaneço sentada na beirada da cama, sem dizer uma palavra sequer

-Está com medo de mim?- sinto seus braços me envolverem, meu corpo rapidamente para de tremer, mesmo tão assustada, seu abraço sempre me acalmava.

-J-Jack...e-eu...-

-shhh, não diga nada. Me desculpe, eu não deveria ter feito isso na sua frente. Acho que você nunca viu esse meu lado, não é?- aceno com a cabeça, Jack sorri de uma forma tão doce que eu chegava a duvidar se era o mesmo cara de alguns segundos atrás...

-Obrigada, por me proteger...mais uma vez- abaixo a cabeça frustrada, eu estava realmente cansada de dar trabalho à ele, de sempre ter de ser socorrida por Jack

-Só estou cumprindo minha promessa...- ele sorri

-Se...você não tivesse prometido, não teria tantos problemas...me desculpe-

-Não fala assim, você é como uma bênção para mim. Eu fui abençoado ao te ter, e vou te proteger até o fim.- 

 

Sorrio, lágrimas escorrem pelo meu rosto. Abraço Jack fortemente. Sinto seu suspiro de alívio. 

-Achou que eu ia sair correndo com medo d e você?- digo rindo

-Exatamente- Jack ri me abraçando

-Nunca. Eu nunca fugirei de você Jack, não quero me distanciar de você-

-Então ficaremos juntos para sempre?- 

-Isso!- 

Jack me solta de seus braços, ele me olha os nos olhos, acaricio seu rosto levemente. Limpando o sangue espirrado em suas bochechas. 

 

(...)

 

Os dias se passam e nossa casa é atacada por outros homens, Jack decide voltar a mansão e eu apenas concordo. Temendo ser atacada novamente, caso permanecesse na casa.

Chegando lá, Slender nos recebe de braços abertos, ele explica estar investigando essa possível associação anti creepypastas.

 

(...)

 

Eu cortava morangos na cozinha, estava com muita fome

-Que delícia!- Ben Drowned se aproxima por trás de mim, prendo minha respiração

-Os morangos, estou falando dos morangos!- ele ri da própria "piada"

-Claro, eu jamais pensaria em outra coisa- digo baixinho, sem animação alguma. Falar com ele era desgastante e Ben me assustava...

-Mas serve pra você também...- seus lábios tocam meu pescoço de modo que meu corpo se arrepia, de medo.

-Por favor, vá embora, Ben- fecho os olhos implorando em pensamento para ele me ouvir, mas o loiro apenas caçoa da minha cara. 

-Relaxa ruivinha, Jack não está por perto. Ele nem vai ver...- sinto sua mão tocar meu ombro, e percorrer meu corpo até tocar em minha bunda. Meu corpo paralisa  e fico sem escapatória.

-Você é bem gostosa, Jack já te comeu?- 

Coro na hora só de pensar em fazer algo com Jack, Ben percebe e solta uma breve risadinja debochada

-Pelo jeito sim, mas te garanto, posso fazer melhor que ele...-

-Pare de falar besteiras, me deixa em paz!- dou uma cotovelada na barriga do mesmo, Ben recua me xingando. Aproveito o momento e corro pela mansão, fugindo do mesmo. 

 

-Não vai escapar de mim!- ele me persegue pelo corredor. Olho para trás e não o avisto, continuo correndo procurando um lugar para me esconder. Uma porta se abre e sou puxada para dentro, tento gritar mas minha boca é tapada

-shhhhh!- suspiro aliviada, era Jack. Ele solta sua mão e o abraço fortemente. 

-ele está me perseguindo!-

-eu sei! Vou dar um jeito nele, mas espere ele correr pela mansão, gosto de vê-lo igual um trouxa te procurando- Jack sorri, meus olhos se arregalam. Era um sorriso lindo. Como eu nunca havia reparado antes?

 

O ar parecia abafado, olho ao redor. Era um banheiro, estava com muito vapor, alguém devia ter tomado banho ali...

 

Espera aí...

 

Olho para Jack rapidamente, ele estava apenas de toalha, seu cabelo molhado pingava em seu corpo sarado e seu sorriso era tão lindo...

 

-Você está bem?- ainda em meus pensamentos, respondo o mesmo distraída 

-S-Sim, e-eu...eu...-tento falar algo mas meus olhos estavam vidrados em seu corpo e estava difícil até de pensar

-Tem certeza? Está vermelha...- acordo de meus pensamentos, coloco a mão em meu rosto que pegava fogo

-S-Sim! Estou bem, to ótima...acho melhor eu ir agora, Ben já deve ter cansado e...-

 

Vou em direção a porta, Jack segura meu pulso e me puxa para perto de si, tão perto que quase nos beijávamos. Nossos olhos se encontram, em seguida vejo o mesmo voltar seu olhar para meus lábios

-Quer tomar banho?- Jack me olhava sério, coro na hora

-O-O quê?! B-Bom, eu acho que não devíamos fazer esse tipo de coisa e...- ele me interrompe 

-O quê? Calma, não vamos tomar banho juntos, só perguntei porque assim eu encontro uma toalha pra você- 

 

Um turbilhão de pensamentos de como enfiar a cabeça em um buraco me atinge, eu estava tão envergonhada que apenas acenei com a cabeça sem conseguir dizer uma única palavra. Jack sorri -ok, eu já volto com a sua toalha- 

 

Sorrio assentindo, ele sai e eu sento no chão rapidamente escondendo meu rosto

-Que vergonha!-


Notas Finais


Kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...