História Love Is Dangerous -2 temporada - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Jeff The Killer
Personagens Jeff, Personagens Originais
Tags Ben Drowned, Creepypasta, Jeff The Killer, Laughing Jack, Slender Man
Visualizações 29
Palavras 781
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura ❤️

Capítulo 8 - Casamento


Pov’s Jack On -

Corríamos pela mansão, Ben e eu pegávamos todas as armas possíveis enquanto Slender apavorado tentava nos acalmar -Jack, isto é loucura! Vocês jamais conseguiriam vence-lo! Ele é o mais forte de todos...- pego a mochila rapidamente -Não me interessa! Ele está com Saphira! Eu preciso ir busca-la agora!- 

Ben fica ao meu lado -abra esse maldito portal agora, Slender!- 

O telefone toca, Slender atende rapidamente e parece assustado, ele desliga o telefone e se prontifica. -Ele quer todos os creepys em sua casa, agora.-

-Vamos resgatar Saphira!- entramos no portal, logo em seguida os outros creepys adentram.

Pov’s Saphira On –

Abro os olhos, me deparo com um par de olhos negros me olhando fixamente. Me levanto rapidamente com o susto, ele sorri. 
-Vejo que acordou- olho ao redor -Onde estou?- ele sorri -No mesmo lugar de antes, sua fuga foi um fracasso e você quase morreu pulando de uma janela do vigésimo quinto andar. Sua maluca!- meus olhos se enchem de lágrimas -Eu entendo, é difícil contar quantos andares tem uma mansão quando se está amarrada- 

Me levanto tentando fugir novamente, ele segura meu pulso -espere! Eu...bom, quero me redimir. Por antes- o olho incrédula -Você queria me estuprar!- o mesmo coça a nuca -Eu sei, é que às vezes as tentações nos tornam incontroláveis!- ele ri brevemente, continuo a olha-lo com medo
-Escute, tem um lugar que quero que veja, vamos? Prometo não ataca-la!- de repente, um sorriso é estampado em seu rosto, era um sorriso muito brilhante e bonito

Sigo-o pela mansão, Zalgo me mostra cada lugar da mesma. Por fim, chegamos ao jardim. Era um lugar mágico.

Haviam flores por toda a parte, de todas as cores e de todos os tamanhos. A grama era de um verde vivo e úmido que exalava um cheirinho muito bom de grama molhada. O céu estava limpo e azul vibrante, e a brisa estava extremamente gostosa

Ele se vira para mim estendendo sua mão, seguro-a e Zalgo caminha comigo pelo jardim, até chegarmos em uma pequena árvore que fazia uma grande sombra, e ao lado uma lagoa pequena cujo sua água era tão transparente que eu me via capaz de enxergar os peixes que ali nadavam.

-uau...é tudo, tão lindo!- olho ao redor encantada, aquilo era realmente um sonho! Viver aqui deveria ser incrível!
-Você gostou mesmo?- ele parecia nervoso, aceno que sim com a cabeça

Zalgo estala os dedos e assim uma toalha se estende pela grama, com comidas de todos os sabores, tenho as roupas trocadas por um vestido simples mas muito bonito de cor azul

-É feito com um dos tecidos mais caros do mundo- olho para o vestido, era realmente bonito -Obrigada Zalgo, eu não sei o que seria de mim sem você!- 

Ele ri, parecendo sem graça. Mas era verdade, eu realmente não sabia o que seria de mim sem ele. Na verdade eu não conseguia me lembrar do meu passado antes de conhece-lo...

-Zalgo...eu era alguma coisa antes de você?- ele me abraça -Não meu amor, você sempre foi minha. Sempre- 

O abraço fortemente -e com isso você será minha noiva...- sorrio -se assim desejar mestre...-

Pov’s Jack On –

Chegamos todos na enorme mansão de Zalgo, seus empregados nos guiam por um enorme salão. Muito decorado com flores rosas e vermelhas, e um enorme tapete vermelho. Nos sentamos nos bancos. Tudo aquilo estava muito estranho...

Zalgo aparece, seguido por um padre infernal. -Amigos queridos! É com grande honra que quero convida-los a partilhar comigo o momento mais feliz da minha vida...O meu casamento!- 

Todos aplaudem, olho para Ben e Slender. Que pareciam confusos. 

-Mas que merda está acontecendo aqui?- sussurro para Bem, que nega com a cabeça sem saber o que dizer

-Que entre a noiva!- Zalgo anuncia e sons de casamento começam a tocar

As portar se abrem, todos se viram para trás e então uma noiva misteriosa surge. Ela caminha lentamente, seu véu cobria completamente seu rosto, todos estavam curiosos para saber quem havia conquistado o coração do ser mais cruel existente. 

Ele sorri para ela, estendendo sua mão e a ajudando a subir os degraus do altar

É quando então ele me chama -Jack! Meu amigo, eu o escolho para ser o padrinho do meu casamento, venha!- 

Me levanto rapidamente indo até o mesmo, ficando ao lado do padre -a pedido do noivo, o padrinho deve levantar o véu da noiva!- 

Eu não estava entendendo nada, toda essa enrolação enquanto eu poderia estar lá  fora procurando por Saphira! 

Me aproximo da noiva, pego o seu véu e lentamente o levanto revelando seu rosto aos poucos. 

-Não acredito- 

Quando finalmente vejo o seu rosto, meu coração para de bater 

 


Notas Finais


Kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...