1. Spirit Fanfics >
  2. LOVE IS JUST AN ILLUSION >
  3. O Início de tudo

História LOVE IS JUST AN ILLUSION - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eu vou postar essa fic no wattpad também e vou deixar sempre os dois atualizados porém esse aqui será atualizado primeiro kkk.... Bem vamos pro cap

Capítulo 1 - O Início de tudo


Fanfic / Fanfiction LOVE IS JUST AN ILLUSION - Capítulo 1 - O Início de tudo

Lá estou eu, mais uma vez me mudando de novo pra uma nova cidade da qual eu nunca ouvi falar .Wolfsrudel que fica na Luisiana com mais ou menos 18 mil habitantes e bem perto de Nova Orleans, basicamente todos se conhecem e já tem intimidade e é claro que quando tem gente nova na vizinhança eles correm pra ver. De longe pude ver a casa pequena que minha mãe arrumou, não que eu odiasse ela por ser pequena mas era o fato da multidão aglomerada em nossa porta. Minha mãe estacionou na frente da garagem e Assim que nos descemos do carro as 8 mulheres se aproximaram da gente.

-Bom dia Cara vizinhas, a comunidade diz olá a vocês duas.
*diz uma ruiva alta com vestido tubo preto e com biscoitos na mão, já entregando para minha mãe*

-Obrigada, minha filha se chama Lyla e eu sou a Carla e estamos muito felizes de vir pra cá.
*diz minha mãe sorrindo e logo em seguida pega os biscoitos*

-Sou a Melody e essas são minhas amigas, somos um grupo de mulheres pro ativas na comunidade para tornar nosso bairro mais seguro e aberto aos habitantes.
*Ela finaliza com um sorriso tão branco que parecia que eu ia ficar cega só de olhar*

-Que legal e criativo, bem eu e minha filha temos que entrar pra arrumar nossas coisas antes de anoitecer. Foi bom conhecer vocês
*Diz minha mãe totalmente desconfortável*

-Tudo bem, é melhor irmos então.

Dava pra ver o desgosto e decepção na cara de Melody, acho que ela nunca tinha sido dispensada antes. Todas as nossas coisas já estavam na casa então eu e minha mãe só pegamos nossas malas e entramos em casa.

Por dentro dava pra ver o conceito bem aberto que tentaram fazer, tinha apenas Três cômodos fechados, Dois quartos e um banheiro, coloquei minha mala em cima da bancada que ficava perto da porta e fui explorar a casa.

A cozinha era do lado da porta de entrada, logo atrás tinha a sala com um espaço para mesa de jantar, do outro lado da casa havia os quartos e o banheiro entre eles era bem simples porém bastante bonita. Podia ver minha mãe totalmente alegre olhando ao redor e então quando viro vejo um espelho e me vejo.

Apenas uma garota morena com 1,60 de altura e cabelo loiro escuro, eu havia pintado antes de vir pra cá. Minha mãe chega por trás me abraçando e me beija na bochecha.

-Finalmente em casa querida. Vamos nos dar bem aqui, você vai ver!
*Minha mãe diz sorrindo*

Tento forçar um sorriso mas não consigo, Ela fica meio triste  mostrando sua decepção e então ela me solta e  vai arrumar algumas coisas na cozinha, logo em seguida eu pego minha mala e vou pro meu quarto. Fecho a porta, me jogo na cama respiro fundo e fecho meus olhos, a vontade de chorar era muito forte porém aguentei pois eu precisava apesar de não gostar da situação, eu já tinha perdido a conta do quanto a gente se mudava e eu já tava meio cansada disso e era sempre a mesma promessa de ficar pra sempre mas seis meses depois a gente se mudava porém na última cidade era diferente eu fiz tantos amigos e as pessoas eram tão legais e tudo que eu queria era estabilidade, me viro de lado esperando cochilar.

Depois de dormir um pouco eu ajudei minha mãe com as coisas da casa e tava quase tudo arrumado só faltava arrumar algumas roupas e comprar comida então depois de arrumar tudo compramos pizza e um sorvete para acompanhar nosso cansaço.
Quando acabamos de comer fomos tomar banho e ir pra cama, já na cama fiquei pensando no amanhã e em como eu tava nervosa e ansiosa para ir pra faculdade e começar tudo de novo, tentei me manter otimista quanto a isso mas só o amanhã dirá.



(......)



Já era de manhã e como sempre eu estava atrasada, não me preocupava muito se chegava na hora afinal antes do final do ano a gente se mudava de novo. Fui direto para o banheiro fazer minha higiene e tomar um banho, depois do banho olhei pela casa e não vi minha mãe provavelmente ela já tinha ido trabalhar. Respirei fundo e fui fazer o café da manhã e parti pra trocar de roupa. Peguei a minha famosa blusa tomara que cai roxa ,uma calça jeans e minha bota preta. Parti para fora da casa a procura do ponto, já tinha visto algumas vezes pelo mapa onde eu deveria pegar mas como uma bela idiota que sou acabei esquecendo pra que direção era, fiquei meio perdida por um tempo até que um homem alto de mais ou menos 1,80 de cabelos negros e terno que parece que surgiu do nada veio em minha direção.

-Minha jovem, está perdida?
*Pergunta o homem alto*

-Bem...Na real não,quero dizer mas ou menos.

Não podia dizer que estava perdida, principalmente como é de manhã e não tem ninguém por perto. eu dou uma recuada pra ficar mais longe dele, ele apenas da uma risada do meu comportamento e se aproxima mas antes que eu recusasse ele falou.

-Se está querendo ir para o ponto é só seguir naquela direção e em pouco minutos vai ver.
*Ele apontou pra esquerda*

Assim que eu virei pra olhar de volta para o cara ele havia sumido, fiquei meio confusa e assustada porém não tinha tempo pra enlouquecer. Dentro do ônibus me lembrei do cara e como o seu surgimento e seu desaparecimento foi completamente peculiar, era quase como se fosse um fantasma.

A universidade ficava em nova Orleans o incrível lar das criaturas sobrenaturais, bem é o que dizem. Depois de passar na secretaria, da qual a secretária me olhou com ódio e decepção por ter me atrasado, eu fui para segunda aula do dia a qual já tinha começado. A porta ficava no fundo então basicamente o professor iria me ver assim que eu entrasse, Eu apenas entrei e me sentei rapidamente na primeira cadeira que apareceu, pude ver o professor me dar uma olhada raivosa me fazendo abaixar a cabeça de vergonha.

Passou vários tempos até chegar na última aula, a minha favorita eu diria, A aula de ocultismo que por alguma razão me atraiu. Por algum motivo eu sempre fui atraída pelo sobrenatural desde a infância, era a única coisa que me mantinha sã com todas as mudanças, Mas recentemente o sobrenatural se tornou tão cativante que me levou a se inscrever nessa aula.
Enquanto a professora falava sobre teorias que mostrava que vampiros poderia ou não existe eu ficava olhando meu pequeno anel com pedra preta que eu usava, eu o tinha desde que aprendi a falar pois assim que nasci meu pai havia me dado, minha mãe dizia que foi a única coisa que ele deixou antes de sumir do mapa e mesmo odiar ele ainda o uso pois era a única coisa que ele havia deixado para mim.

Depois da aula acabar decidi dá uma volta por nova Orleans e comprar algumas coisas pra comer afinal não tínhamos comida em casa, dei uma olhada em volta e achei um mercado onde comprei ingredientes e algumas comidas prontas. Assim que sai do mercado vi o mesmo homem que eu havia visto de manhã porém ele estava com um outro homem ao seu lado, um homem de 1,80 cabelos loiros e que parecia estar irritado com algo, O moreno olhou pra mim e acenou logo em seguida o loiro olhou para mim e fiz a única coisa sabia que podia fazer, fugi para longe indo em direção ao ponto de ônibus. Chegando em casa minha confusão e vergonha caiu sobre mim, eu não sou uma garota muito tímida mas aqueles dois me olhando me deixou estranha e não queria sentir esse desconforto de novo, por isso fui tomar banho e preparar algo pra comer, comi o ensopado e deixei um pouco para minha mãe comer assim que chegar e então fui dormir.






Notas Finais


Primeiro cap é sempre emocionante, aí já tava com saudades de fazer fanfic. Enfim como sabem essa é uma fic baseada em the originals, não é focada totalmente em nova Orleans onde a série se passa mas em uma cidade fictícia que eu criei (Enfim esse novo foi o melhor que eu consegui kkkk) eu ainda não sei quem será o par romântico ou se vai ter um par romântico mesmo por que por enquanto são só potenciais pares e mesmo que não tiver só Abraça a fic kkk. Enfim tô enrolando, obrigada a todos que leram, dêem like e comente para mim saber se gostaram ou não, bem vejo vocês no próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...