1. Spirit Fanfics >
  2. Love is killer ( imagine bts ) >
  3. Capítulo 4

História Love is killer ( imagine bts ) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Ignore os erros

Capítulo 5 - Capítulo 4



P.V. TALES ON

Ajudei a mãe da ____ a se levantar e não sei se era impressão minha ou ela estava muito despreocupada para alguém que acabou de ter a própria filha sequestrada.

– Temos que avisar a polícia, rápido - disse nervoso.

– Fique calmo, Tales - disse ajustando suas roupas.

- Como posso ficar calmo? Minha melhor amiga acabou de ser sequestrada por um cara perigoso.

- Tem um rastreador no colar da ____, dessa vez ele não saíra impune, vem, vamos ligar para a polícia.

P.V. ____ ON

Ele estacionou o carro e destravou a porta para que eu pudesse sair, assim que meus pés tocaram o solo meu braço foi novamente agarrado de forma brutal, ele começou a me arrastar em direção a casa que por acaso era no meio de uma mata fechada.

Entramos e Jeon ainda segurava em meu braço que certamente ficaria vermelho, ou até mesmo roxo, subimos as escadas e logo chegamos em frente a porta do quarto, ele a abriu e me jogou dentro do quarto e por sorte eu caí, enquanto ele trancava a porta eu aproveitei pra olhar em volta, tenho muitas lembranças ruins desse quarto, dessa cama e até mesmo desse chão, assim que ele trancou a porta veio até minha frente e me encarou com fogo nos olhos.

– V-você está com raiva, Jungkook ? – perguntei com a voz trêmula.

— O que você acha ? – perguntou sarcástico.

— Você... Vai me bater ? perguntei, mesmo temendo a sua resposta.

— Você quer que eu te bata ? – neguei – Pois bem, eu também não queria que você fugisse e mesmo assim você fugiu. – minha respiração travou – Mas fique tranquila, eu não vou bater em você – suspirei aliviada — Temos causas melhores pra fazer. Não acha ? – ele levou a mão até seu cinto, eu desci acelerou e pude notar uma pequena ereção se formando alí, meu sangue gelou e meu coração acelerou

—Jungkook, por favor não – supliquei, ele me ignorando completamente terminou de retirar seu cinto, o jogou no chão e começou a se aproximar devagar, eu comecei a recuar pra trás arrancando um sorriso do moreno, que continuava a se aproximar, sem perceber acabei tropeçando e caindo deitada na cama, ele se aproveitou da situação pra subir em cima de mim e começou a dar celares em meu pescoço e passar suas mãos palor todo meu corpo. Sem qualquer coisa pra fazer apenas comecei a chorar como uma criança quando quebra seu brinquedo favorito, ele parou o que fazia e me olhou nos olhos — Por favor, Jungkook, isso não – pedi com a voz chorosa, ele suspirou.

— Eu não vou fazer nada – disse afundando a cabeça na curvatura do meupescoço – Apenas se acalme e tente dormir.

P.V. Jungkook ON

A ____ já havia dormido e eu apenas observava sua face serrana, um pouco úmida por conta do choro, não sei o que deu em mim mas isso me afetou de certa forma e eu não consegui continuar com aquilo.

Senti meu celular vibrar no bolso e o peguei, era um dos meushomens, revirei os olhos e atendi a ligação.

— O que foi dessa vez ? – perguntei sem paciência.

— Chefe, a casa está cercada pela polícia.








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...