1. Spirit Fanfics >
  2. Love Is My Greatest Frankness (Jikook) (Hibrido) >
  3. Cap 17

História Love Is My Greatest Frankness (Jikook) (Hibrido) - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Olha quem voltou

Capítulo 18 - Cap 17




- Jimin - Antes que pudesse fazer algo ele me abraça. 

- oh! - Exclama se afastando de repente. Por quê? - d-desculpa - Pede constrangido e posso ver suas bochechas ficarem vermelhas. 

- já disse para não pedir desculpas - Entro ao dar espaço para mim passar. 

É realmente bonito o apartamento dele, quem diria. 

- tudo bem com você? - Pergunto o vendo sentar no sofá. 

Me parece bem avontade aqui. 

- acho que sim...e o Jungkook? - Pergunta sorrindo. Talvez ele esteja tão animado quanto a mim sobre nós reencontramos? Já que seu sorriso está tão grande quanto o meu com certeza está, acho que não consigo controlar isso perto dele. 

- bem. 

- aconteceu alguma coisa? Pergunta curioso. 

- não. Só vim ver você - Sento ao seu lado. - como vai seus machucados? Ele a baixa o olhar. - Yoongi me falou que não deixou ele ajudar, porque não? 

- o Jimin ele...eu só fiquei com medo - confessou envergonhado. - não queria que tocassem em mim. 

- ainda sente medo dele? 

- não - Afirmou ainda sem me olhar. 

- ele também me disse sobre você parecer sensível nesses dias, aconteceu algo? 

- os sonhos. Respondeu de imediato. - eles voltaram e agora o Jimin tem outros...também ruins. 

- Jimin...

- e você Jungkook? Desvia do assunto e enfim volta seu olhar a mim e pude ver suas bochechas vermelhas de novo. 

- nada muito importante- Jimin não precisa saber de meus sonhos. - Você contou a Yoongi?- Pergunto me referindo ao seus sonhos.

- n-não. 

- por que não? Essa pergunta me parece tão repetitiva e incomoda a ele. - posso ver suas costas? A parte a qual Jimin foi mais machucado foi em suas costas. No primeiro dia a qual ficou comigo não precisei cuidar de seus machucados por já ter feito isso na delegacia e no segundo foi tanta coisa acontecendo que não lembro de ter cuidado disso. 

- uhum. Afirma virando suas costas para mim. As roupas que usava o servia perfeitamente, julgo que Yoongi deve ter o levado para comprar. 

Com cuidado levando a parte de trás de sua blusa, por precaução. Por mas que tenha quase certeza que não deve ter mais nada além de cicatrizes e ao olhar pude ver que estava certo, há alguns hematomas ainda. 

- algum lugar ainda dói? 

- n-não. 

- nem aqui? Toco uma delas e seu corpo reage. - desculpa. 

- n-não, é a mão do Jungkook, está fria. Explica. 

- ah. Abaixo sua roupa ao ver que não há nada de errado. - e sua mão? Pergunto ao sentar direito no sofá. Dá para ver que não está mais com a faixa. 

- não dói mais. Responde olhando para sua mão. 

- que bom. De repente ficamos em silêncio. Acho que não sei o que falar ao certo a ele. - é- sinto meu celular tocar. - alô? 

- Jungkook me diz que já está saindo? Não vou ficar o dia inteiro aqui! Tenho o que fazer!

- eu sei. Já estou descendo. Desligo antes que reclame mais. - é, Jimin. Olha para mim. - eu trouxe isso. Pego a sacola que havia colocado na mesa da sala ao entrar. - acho que isso é seu. Ele pega a sacola em dúvida. - ficou em casa. 

- oh!- ele abre a boca surpreso e logo sorri pegando o urso e o abraçando. - obrigado, Jungkookie! Agradece animado. 

- Jungkookie? 

- d-desculpa. 

- tudo bem. Caricio involuntariamente seus cabelos. - gosta bastante dele não é? Cruzo meus braços o vendo sorrir ainda agora urso no colo. 

- muito. 

- porque? - Talvez eu não fosse perguntar, mas sai de repente essa dúvida que sempre tive desde que o vi. A primeira vez que vi já havia o objeto no colo e parecia gostar bastante dele, seria da antiga casa dele? Essa sempre foi a hipótese mais aceitável para mim. Para gostar tanto daquele urso. 

- é que Suga disse ao Jimin que ele ajudaria o Jimin a dormir. Diz alegre. É quase impossível não achar Jimin fofo falando em 3° pessoa, por mas que ele se corrija muitas das vezes. Confesso ser adorável o ver falar assim, ainda mais com tanta animação na voz, acho que gosto de ver ele sorrir dessa forma. 

Mas, quem é suga? 

- Suga? - Não me lembro de ninguém com esse nome...

- ah, é. Solta uma risada baixa. - Suga é o Yoongi-hyung. 

Suga? Yoongi-hyung? 

- ah, é o Yoongi. Porque isso me incomodou tanto? E porque ele tem tanta carinho por algo que Yoongi o deu? Suga? Que apelido ridículo. Tanto faz, já está na hora de eu ir embora de qualquer forma. 

- Jungko-

- preciso ir. 

- v-você vai ir ver o Jimin de novo? Sua voz sai tão baixa que quase não a ouso. 

- isso não faz diferença. Digo já abrindo a porta. 

Não devia ter vindo. 

- t-tchau Jungkook. Escuto dizer ao sair do apartamento. 

- Tchau. Me despeço sem me virar. 

.

.

.

.

- demorou. Jungkook entrou no carro sem dizer nada. - que cara é essa? 

- que cara? 

- essa cara feia aí. Deu partida. 

- não é nada. 

- nada? Tá, sei. 

- Taehyung - encarou Tae mesmo sabendo que o outro não faria por estar de olho na rua. - você comprou o que ia comprar? Resolveu mudar de assunto.

- se não quer falar tudo bem. Sorriu divertido com a carranca do amigo. - comprei o que me agradou e você vai me ajudar, não é? 

- eu disse que vou, então vou - Suspirou cansado. - não esqueça que temos que voltar na delegacia. 

- ah, não - Resmungou. Havia ficado tão animado na loja e em seu encontro que por um momento esqueceu que ainda estava em horário de serviço. - que saco. 

- é o trabalho. 

- Jungkook, que mal humor. Aconteceu alguma coisa no seu reencontro? 

- não. Disse sem hesitar o que fez Taehyung ter certeza que havia sim acontecido algo. 

- okay. 

.

.

.

.

- Jungkook.

- que? Perguntou ainda jogado na cadeira e de olhos fechados com a típica cara de alguém emburrado. 

- está péssimo. 

- eu sei, Wendy. Abriu os olhos encarando a garota a sua frente. 

- qual é bonitão? O que houve, hum? 

- nada. 

- nada? E essa bico, lindo? rio chegando perto da cadeira de Jeon. - tão bonitinho assim. Aproximou segurando cada lado da cadeira dele. 

- para de graça. Wendy não era do tipo que dava em cima de ninguém, ela só gostava de provocar, ainda mais se fosse Jungkook. Os dois nunca tiveram nada além de provocações um com o outro. 

- um sorrisinho só. Aproximou-se do rosto de Jeon ficando centímetros de distância. - jeonsinho...

- Wendy! -Gritou só sentir as mãos em sua barriga. - p-para! Não pode evitar rir. - para com isso! você é uma praga! 

- e você um rabugento! Continuou as cócegas enquanto o Jeon tentava tirar sua mão dali. 

- acho que cheguei no momento certo. Diz Tae sorrindo ao ver a cena. 

Wendy poderia ser a garota irritante do trabalho para Jungkook, porém ela era tão amiga dele quanto Taehyung. Não era segredo para ninguém que ela tinha um carinho por ele, assim como Taehyung. 

- meu trabalho está feito. Sorriu satisfeita, se afastando para ver um sorriso no rosto de Jungkook. - tchau jeonsinho e bom encontro lindo. Deixou um tapa na bunda de Taehyung antes de sair que apenas riu. 

- irritante - Disse se recuperando das risadas que teve ao ser "forçado" a rir. - ela sabe do seu encontro? 

- o que essa fofoqueira não sabe? Disse indo até sua mesa. - vejo que ela conseguiu tirar um sorriso seu. 

- ela só veio me encher o saco. 

.

.

.

.


Notas Finais


Capítulo talvez meia boca? Talvez.
Era o que realmente estava querendo? Não, mas...

Desculpa essa sumida, eu estava meia desanimada com a história. Eu sempre acho que não está bom, que não estão gostando ou que não sai exatamente como queria. Desculpa mesmo por sumir assim tão de repente.
Estou colocando minhas ideias no lugar com essa história e espero conseguir seguir com ela pq realmente amo essa história.
Esses dias estou até que animada e com bastante ideia (até por isso tem atualização hoje) por algum milagre até meu canal no YouTube resolvi começar e bom, tá aí, desculpa por esse textão e muito obrigada por acompanhar essa fanfic 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...