1. Spirit Fanfics >
  2. Love Me >
  3. Capítulo 40

História Love Me - Capítulo 40


Escrita por:


Notas do Autor


Hey hey volteei!!
Sei que era para ter postado antes de ontem e tals, mas minha mãe fez o favor de pegar o computador e depois eu num pude mais pegar ele. Enfim, aqui está mais um.. Espero que gostem!!
Boa leituraa

Capítulo 40 - Capítulo 40


Pov Percy

Hoje é meu aniversário, e tudo o que eu mais quero de presente eu não vou poder ter; a única coisa que eu realmente quero é um beijo da Annabeth, ou um simples abraço carinhoso, um cafuné em minha cabeça enquanto eu estou deitado em seu colo, ou até mesmo uma simples conversa sobre qualquer coisa, sem nada nos atrapalhando, sem Rachel, sem ameaças, somente eu e ela, como deve ser. Mas sei que isso é impossível devido a situação em que eu fui praticamente obrigado a me enfiar, e agora a loira que eu amo, certamente me odeia; e isso parte meu coração de tantas formas diferentes, saber que eu a magoei, que a fiz chorar, que ela não acredita mais em mim, e tudo o que ela sente por mim é desprezo ou pior ainda, indiferença; isso me deixa profundamente triste, pois eu magoei uma das pessoas mais especiais em minha vida.

Quando eu estava jogando bola, senti um familiar arrepio pelo meu corpo e na mesma hora soube que era ela; meu cérebro parou quando a vi entrando toda linda, confiante, e com um sorriso deslumbrante no rosto, com seus cabelos loiros reluzindo ao sol, e com todos esses fatores meu coração entrou em modo Annabeth, que consiste em ele bater acelerado igual um louco por ela. A minha saudade dela já estava maior do que toda a arrogância de Zeus, a todo momento do dia meus pensamentos estavam nela, no que nós vivemos, no nosso último beino, sempre tentando de alguma forma matar um pouco da saudade, mas isso apenas aumentava ainda mais, já que eu sabia que não podia ter isso; o ruim da saudade é que você sente falta de algo que você sabe que não pode ter naquele momento, e o fato dela estar perto de mim e eu não poder ao menos conversar com ela nem mesmo como amigos, estava me matando por dentro.

E talvez o pior disso tudo era a sua indiferença comigo, era como se ela já estivesse me apagado totalmente de sua vida, e isso fazia meu peito arder de tristeza. Como quando ela entrou no campo e falou com todos, mas nem se dignou a me olhar, eu sinto que estou a perdendo cada vez mais; e talvez isso possa soar estranho para outras pessoas, mas eu preferia que ela me olhasse com ódio ou rancor do que nem ao menos me reparar ali, pois assim eu saberia que ela ao menos pensa em mim, que ainda se importa com algo, mas a sua indiferença era como uma faca enfiada em meu peito.

- Você pode parar de olhar para ela! - Rachel disse pegando a minha mão e forçando um sorriso parecido com o do coringa. Meu ódio por ela cresceu ainda mais, como vem ocorrendo muito nesses últimos meses.

 - Você me obrigou a namorar com você, e isto está acontecendo como você queria! - falei tentando controlar minha voz e tirando abruptamente minha mão da dela - Mas eu amo a Annabeth com todo o meu coração, não queira mudar isso! E eu não sei o que você ganha com isso, já que eu não sou e nunca serei nada seu!

- Ver ela sofrendo já é uma vitória! - Rachel disse dando um sorriso maléfico, e nesses momentos se Thanos estivesse do meu lado e falasse que só eliminaria pessoas como ela do mundo, eu seria seu maior apoiador. Eu olhei para trás e vi a loira sorrindo e conversando com a galera, nem se quer se dando ao trabalho de virar o rosto em minha direção.

- Ela não parece triste! - disse com um tom baixo e sentindo um gosto amargo em minha boca.

- Então vamos ser bem claros Percy, ver vocês dois separados, é perfeito e gratificante! Agora chega desse assunto! - Rachel disse com o tom de voz ácido, e na hora que a Annie se virou a ruiva me puxou e me deu um beijo, eu tive que resistir a vontade de limpar minha boca no mesmo momento.

- Bom vamos jogar pessoal?! - disse me virando para a galera, fugindo da Dare. Quando Frank ia dizer alguma coisa, um garçom chegou com um copo de bebida todo enfeitado e parou na frente da Annabeth.

- Senhorita, aquele rapaz logo ali.. - disse o garçom apontando para um homem que estava na piscina encarando a loira com um sorriso malicioso no rosto - Me pediu para trazer esse drink para você. - então o garçom entregou o copo à loira e saiu.

Na mesma hora ela ficou vermelha, olhou para a piscina em direção ao cara, levantou o copo e bebeu tudo com um sorriso no rosto. A meninas começaram a dar vários gritinhos, dizendo que o cara era lindo e tudo de bom, o que as fez receber um olhar zangado de seus respectivos namorados. Certamente nessa hora eu já estava vermelho de raiva, eu não tinha o menor equilíbrio emocional para conseguir lidar com os caras dando mole para ela nesse nível, com toda a certeza a qualquer momento eu teria um infarte.

- Se acalme! - Thalia disse baixo ao meu lado, se não fosse pela raiva que eu estou sentindo certamente teria levado um susto, já que eu nem ao menos vi a morena chegar do meu lado.

- Eu não consigo Thalia! - disse exasperado passando as mãos nos meus cabelos - Eu tenho vontade de chegar lá e mostrar para todos esses babacas que ela é minha!

- Ela está solteira Perseu! - Thalia disse se virando de frente para mim - Já faz quatro meses que você terminou com ela, e tu pensa mesmo que ela vai ficar dando bobeira?! Ela é linda seu bagre, e os caras caem matando mesmo, e se ela quiser, certamente que ela vai pegar mesmo!!

- Eu sei disso, e é exatamente o que está me matando por dentro! Você não tem ideia Thals, eu não como, eu não consigo dormir direito tentando achar algum modo de resolver toda essa confusão! Só para poder então finalmente ficar com ela para sempre! - falei olhando nos olhos da punk e demonstrando toda a minha angústia pelo olhar e pela voz - Então cuida dela por favor! Eu estou ficando puto com isso, e se ela está fazendo para me provocar, está dando muito certo! E se alguém chegar perto dela eu não respondo pelos meus atos!! - falei deixando bem explícito a minha irá por tudo o que estava acontecendo.

- Você tem que ter muita calma Percy, porque pelo o que eu estou vendo, hoje ela não sai daqui sem pegar alguém! - a morena disse com um olhar sincero.

- Veremos! - resmunguei tentando me agarrar às últimas gotas de esperança para que eu não explodisse de vez.

- Aí Percy, você não percebe que a cada dia que passa é mais fácil para ela montar uma vida sem você? - a morena disse pondo a mão no meu ombro; aquela simples frase me destruiu completamente, me fez sentir um grande nada, como se eu fosse apenas uma lembrança ruim de que acontecera no passado da loira e a cada dia essa lembrança sumia cada vez mais, até que simplesmente não tivesse mais nenhuma significância na vida dela, eu me sentia indo exatamente por esse caminho.

- Não fala isso!! - disse em tom baixo e com a voz triste, a punk apenas me deu um leve aperto no braço e saiu de perto.

- Então como vai ser divido os times? - perguntou a morena indo mais para o meio do grupo.

- Com camisa e sem camisa.. - Leo respondeu simplesmente.

- De boa! Eu sou sem camisa! - pinheiro disse já tirando a camisa e ficando com um top preto e short, os meninos só de zoação mesmo soltaram um "uuuhhhhhh"; Nico também tirou a dele para ficar no time da namorada.

- Sou com camisa! - falei rindo e pondo a camisa e Frank me seguiu também pondo a dele. Acabou que todos os outros meninos ficaram no time sem camisa e as outras meninas no time com camisa. Mas no final os sem camisa estavam com uma pessoa a menos.

- Falta a Annie gente! - Thalia disse depois de nós perguntarmos como que iam ficar os times.

- E onde ela foi? - perguntei fingindo indiferença, mas por dentro estava me corroendo de curiosidade.

- No banheiro, mas já está voltando! - respondeu dando de ombros e apontando para o lado, onde a loira vinha andando de um jeito que eu achei muito sexy enquanto conversava com um cara aleatório que estava sem camisa, quando ela estava chegando perto de entrar no campo novamente ele deu um beijo na bochecha dela e saiu para o outro lado. 

- Voltei povo! - falou a loira com uma voz animada, e isso apenas me deu mais ódio ainda, principalmente por ela estar conversando com aquele cara e pelo jeito ela havia gostado da conversa.

- E mas o time com camisa já está completo, é uma pena! - falei sem conseguir segurar o sarcasmo na voz, ela estreitou os olhos e depois abriu um sorriso safado.

- Não seja por isso! - disse simplesmente e tirou a blusa ficando apenas com a parte de cima do biquíni, eu senti meus olhos ardendo de desejo, meus lábios ficaram secos ao mesmo tempo em que minha boca salivou, eu quase esqueci de tudo e avancei nela.

- Podia ter dormido sem essa Jackson! - Thalia disse me alfinetando ao passar por mim.

- A visão melhorou e muito! - respondi baixo para que somente ela escutasse enquanto dava de ombros, a punk apenas sacudiu a cabeça e soltou uma leve risada.

- Futebol então? - Nico disse pondo a bola no centro, todos nos arrumamos em nossas posições e acenamos.

- Vamos começar esse jogo! 


Notas Finais


Ah e só queria deixar avisado que como eu estava até agora escrevendo em cima da fanfic original, era mais fácil para se escrever. Mas como a partir daqui um ou dois capítulos não exatamente pois ainda não escrevi tudo, eu vou começar a usar minha linda cabeça, então pode ser que as vezes demore mais para ter um capítulo novo, pois as vezes a minha cuca não colabora comigo! Então vou pedir paciência para vocês, mas eu prometo que não vou abandonar a fic!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...