História Love Me Harder - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Suga Min Yoongi
Visualizações 79
Palavras 3.066
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAAAAAAAAAAAAAA VOLTEI E AGORA PRA FICAR.

Então, eu tinha me afastado um pouco do spirit pra esclarecer um pouco as ideias, prometo tentar atualizar o mais rápido que eu puder, espero que gostem desse capítulo pq eu me esforcei mt para escrevê-lo.

Não desistam de mim ❤❤

Capítulo 22 - Marry You


Fanfic / Fanfiction Love Me Harder - Capítulo 22 - Marry You


Meses depois

Depois que Yoongi e eu assumimos para nossos amigos e terminamos nossos noivados muita coisa boa e ruim aconteceu, uma delas foi o surto de Soo Young, a garota foi pega no flagra armando com o tio uma forma de acabar comigo e Yoongi, isso acabou gerando a prisão de Bang Si-Hyuk e a internação de Soo Young em uma clínica psiquiátrica.

Esse tempo todo a garota era uma psicopata, juro que não desconfiava de nada.

E claro, Kim Jongin, como ele mesmo me disse, ele me via somente como amiga e me desejou felicidades, hoje está saindo com uma garota muito fofa.

Estávamos todos felizes, a mídia ficou totalmente chocada ao saber de toda a história, o novo diretor da empresa teve que fazer uma coletiva de imprensa para que esclarecessemos toda essa confusão, algumas das fãs se sensibilizaram e nos desejou toda a felicidade do mundo.

E hoje eu tenho a plena certeza de que valeu a pena esperar esse tempo todo por ele, em exatamente uma semana eu estaria vestida de noiva e caminhado até ele, o único amor da minha vida:

"É uma bela noite

Estamos à procura de algo bobo para fazer

Ei, querida

Eu acho que quero me casar com você

É esse seu olhar

Ou é essa bebida?

Quem se importa, querida?

Eu acho que quero me casar com você"

Min Yoongi.

- Você está tão linda- disse minha mãe completamente emocionada ao me ver vestida. Estava fazendo a última prova do vestido, e ele era absurdamente maravilhoso.

- A senhora acha mesmo? Alex? O que você acha?- perguntei ao meu irmão.

- Como eu te disse quando compramos o vestido, ele foi feito para você, está linda e Yoongi é um puta de um sortudo- venho até mim e envolveu- me em uma abraço de irmão.

O vestido estava esplêndido em meu corpo, ou seja, eu só precisaria buscá-lo dois dias antes do casamento, saímos da loja e levei meus pais até meu apartamento, ainda tinha que ir para o trabalho.

Todos da SM nos deram o devido apoio, e como EXO estava no Japão eu tinha bastante tempo para organizar meu dia perfeito, claro que eles voltariam para meu casamento, meu chefe me garantiu isso. Quando cheguei na agência fui recebida por sorrisos e olhares emocionados, e eu realmente não estava entendendo nada, subi os andares até minha sala de ensaio, tenho dois dias para terminar a coreografia nova dos meninos. Ao entrar na sala sou surpreendida por  Yoongi, ele carregava consigo um buquê de tulipas azuis e uma caixa de  chocolate, sorriu ao me ver, corri em sua direção e envolvi seu pescoço em um abraço eufórico.

- Feliz cinco anos- ele diz com um sorriso, beijei-o e ele entregou-me os presentes.

Ele se lembrou, nosso aniversário de cinco anos, hoje 8 de abril, o dia em que começamos a namorar há exatos cinco anos atrás.

- Você se lembrou- digo cheirando as flores, tulipas azuis, minha flor preferida- são minhas preferidas.

- Eu sei, te conheço como ninguém, meu amor- ele diz- vim para te levar em um lugar, vamos...

- Tenho que trabalhar...

- Seu chefe liberou- O QUE?! um milagre aconteceu hoje.

Ele puxou-me para fora da empresa e me guiou até seu carro, abriu a porta para mim e entrou logo em seguida, se tinha uma coisa que eu amava era ver Min Yoongi dirigindo, seu olhar concentrado, o jeito como ele pega no volante, tudo nele me atraía.

- O que você tanto olha mocinha?- perguntou ainda olhando para as ruas.

- Estou admirando você dirigindo- respondi sorrindo, pude perceber meu noivo sorrir.

Lindo.

"Bom, eu conheço esta capelinha

Na avenida

Nós podemos ir

Ninguém vai saber

Oh, vamos lá, garota

Quem liga se nós estamos bêbados?

Eu tenho um bolso cheio de grana

Podemos gastar

Doses de Patron

E tá valendo, garota"

- Ah, eu já ia esquecendo, para onde estamos indo?- perguntei

- Daegu, tem alguém querendo te ver- disse 

- De carro? Vai demorar muito Yoonie...

- Aish, mas você é lerdinha... estamos indo pra estação de trem- respondeu aos suspiros- o importante é que eu te amo, amor

- Eu também te amo- beijei sua bochecha, mas então liguei os pontos e senti seu deboche e bati em seu ombro- ei!


Uns minutos depois chegamos na estação, colocamos nossas máscaras e bonés, demos as mãos e fomos comprar nossos tickets, umas fãs nos reconheceram e nos cumprimentaram e nós fizemos o mesmo. O trem não demorou nem cinco minutos para chegar, decidimos nos sentar em um vagão mais afastado.

Minha cabeça estava apoiada no ombro de Yoongi enquanto ele cantarolava so far away -a música que escrevemos juntos- em meu ouvido, o mesmo disse que um dia ia lançar sua própria mixtape e So Far Away estaria incluída nas faixas.

Depois de muito esperar acabamos de saltar na estação de Daegu, onde Min Yoongi pegou um táxi e nos levou para um lugar tão conhecido por mim.

Nosso antigo bairro.

Estava nervosa, fazia anos que eu não ia para Daegu, anos que não via meus antigos amigos, e anos que não via a família de Yoongi.

O táxi parou em minha antiga casa, a mesma não mudou em nada, me perguntava se minha mãe já tinha vendido ou doado para alguém, creio eu que nenhumas das opções estejam corretas.

- Pronta?- meu noivo pergunta estendendo a mão, seu semblante estava suave e nos lábios carregava um sorriso sem dentes.

- Não sei o que quer me mostrar, mas estou ansiosa- dei-lhe minha mão e o segui para dentro da casa.

Yoongi pegou a chave debaixo do tapete e abriu a porta com a mesma, me surpreendi ao ver que a casa não mudou absolutamente nada, os móveis, as cores, tudo estava exatamente como deixamos antes de nos mudarmos, me emocionei ao subir as escadas e entrar no meu antigo quarto, tudo estava absolutamente igual, a penteadeira que eu amava, a cama, tudo estava  igual.

- Obrigada por isso- o abracei forte, ele sabia bem da minha conexão com essa casa, com esse lugar...

- Ainda tem mais- ele pegou algo em seu bolso da jaqueta, retirou de lá um papel- é sua

- O que?- perguntei extasiada, olhando para a escritura.

- É toda sua, pedi que deixassem do jeito que ela era antes de você ir embora, gostou?- perguntou com um sorriso

- Se eu gostei? Amor, eu amei!- me joguei em seus braços novamente

- Vamos, minha mãe quer te ver- puxa meu braço e nos leva até a rua, onde pegamos outro táxi

~°•♡•°~

- Ele te ama tanto s/n- a senhora Min dizia ao observarmos Min Yoongi ajudando seu irmão no restaurante da família Min.

-  E eu o amo, com toda a minha vida- digo olhando para ele, sorriu quando nossos olhares se encontraram.

- Você sabe que te tenho como uma filha, desde que você e Yoonie se conheceram, cuide bem do meu filho s/n- ela dizia segurando minha mão, com um sorriso na boca respondi.

- Eu sempre vou cuidar do Yoonie. Ele disse que tinha algo para falar comigo...

- Ah, vem comigo- ela me guiou até sua casa, que ficava bem perto do restaurante.

- Aqui está diferente, mas ainda sim continua sendo familiar- digo

- Reformamos toda a casa, menos o quarto do Yoongi, sinto falta dele aqui comigo... mas não é isso que eu tenho pra você.

Ela subiu até seu quarto e demorou alguns minutos, a senhora Min retorna com uma caixa média em suas mãos, pede que eu me sente no sofá e assim faço, se senta ao meu lado e fala:

- Quero te dar uma herança de família,  eu ganhei da avó de Yoongi e quero que fique com você, todas usamos em nossos casamentos, vai ficar lindo em você- disse e abriu a caixa, minha boca se escancarou assim que ela retirou a coroa, a mesma tinha rubis lindos, o que mais me chamou atenção foi a pedra de rubi que pendia no alto da coroa- fico feliz que você a use, fico mais feliz em saber que uma filha sua irá usar, estou ansiosa para que você seja uma Min. Obrigada por cuidar tão bem do meu filho, não confiaria a herança da família se não fosse você.

"Não diga não, não, não, não, não

Basta dizer sim, sim, sim, sim, sim

E nós iremos, iremos, iremos, iremos, iremos

Se você estiver pronta como eu estou pronto"

- Muito obrigada por me fazer parte da família, senhora Min- digo emocionada.

- Você já era, antes mesmo de se tornar namorada do Yoongi, vem, vamos descer, tenho que fazer o papel de mãe e te mostrar umas fotos antigas do Yoonie- Ela ri em satisfação e faz o que havia falado.

Nunca vi uma serzinho tão fofo quanto Min Yoongi, ele quando bebê era sinônimo de fofura, a senhora Min me deu umas duas fotos, e as duas era de quando Yoongi estava no primário.

- Ah não mãe, não faça isso- diz Yoongi entrando na sala com seu pai e Irmão.

- Ah amor, você era tão fofinho, iti malia que nenê mais lindo- levantei-me de onde estava e apertei suas bochechas, o mesmo mantia uma carranca e sua família ria.

- Manhê! A senhora falou que nunca mostraria essas fotos- ele disse envergonhado.

- Desculpe filho, mas todas as mães fazem isso e eu não seria diferente.

Depois de muitas risadas e de matar as saudades nos despedimos, teríamos que voltar para Seul ainda hoje, estávamos entrando no carro quando o celular de Yoonie toca.

- Alô- ele atende- estamos em Daegu, voltaremos agora- parece estar pensativo, e então um sorriso brota de seus lábios- claro, tudo bem- com um sorriso lindo no rosto ele desliga o telefone.

- O que houve?- pergunto

- Vamos passar a noite em Daegu, Jimin me ligou e disse que seu chefe está com um incrível bom humor e então deixou que você ficasse essa noite aqui- se aproximou e colou nossos corpos- comigo- selou nossos lábios e iniciou um ósculo com muitos sentimentos envolvidos.

- Esses jovens de hoje em dia andam muito  fogosos, vão para casa!- uma senhora passa reclamando, não pudemos evitar de rir baixinho

- Vem, tenho uma forma maravilhosa de terminar nosso aniversário.

~°•♡•°~

- Yoongi isso é muito bom!- grito

- Amor, cuidado, se você cair daí eu acho que morro- ele diz vindo até a mim, estávamos em um prédio desativado e totalmente abandonado.

- Vem, você precisa ver essa vista- se sentou na pontinha, onde eu me encontrava- Daegu é tão linda, as vezes sinto saudades daqui.

- Eu também, mas meu lar agora é em Seul, amo minhas origens, mas tenho lembranças ruins daqui- sei bem ao que ele se referia, estive com ele durante esse tempo ruim.

- Ei, eu amo você, e seus pais também, todos te amamos, não se lembre disso, é passado- digo o abracando de lado- eu amo você- sussurro.

- Também amo você- ele sussurra olhando em meus olhos, então sem perder tempo, ele me beijou

Hoje foi um dos nossos melhores aniversários, o melhores cinco anos da minha vida, sem dúvida, apesar de tudo o que nos aconteceu, esse ainda foi um dos melhores anos da minha vida, voltamos para a minha antiga casa e eu poderia dizer os detalhes de toda aquela noite, mas sinceramente, prefiro não dizer, dormimos juntos e felizes.

No dia seguinte voltamos bem cedo para Seul, assim dava tempo de ir para o trabalho, não podíamos estar mais ansiosos, a cada dia nosso casamento se aproximava mais.

Ele me deixou em meu apartamento e encontrei meus pais dormindo, se despediu e disse que tentaria me buscar para almoçarmos juntos. O dia na empresa foi relativamente tranquilo, afinal eu só tive que terminar a nova coreografia pro comeback dos meninos.

- Como foi seu dia?- meu irmão pergunta.

- Foi bom, onde está Alice?

- Foi com a coroa conhecer Seul, disseram que voltariam cedo- respondeu- e o Yoongi? Como estão?- não pude evitar o sorriso.

- Ontem fomos para Daegu, ele comprou nossa antiga casa e me deu, disse que era completamente minha e que podia fazer o que eu quissesse com ela, eu amo meu noivo Alex, acho que nunca vou amar ninguém como eu o amo...

- Você ficou mais melosa do que era antes, eca- disse fazendo careta

- Ei!- bati em seu ombro

- O importante é que eu te amo, vem cá- me envolveu em uma abraço contra a minha vontade- se você não me abraçar não vou te soltar nunca.

- Eu te odeio- falo emburrada

- E eu também te amo maninha

~°•♡•°~

Hoje, 15 de abril de 2015, o meu dia, o dia em que eu vou ser levada até o homem da minha vida, estava ansiosa, com medo de me atrasar demais, porém, apesar de tudo, feliz.

"Porque é uma bela noite

Estamos à procura de uma besteira para fazer

Ei, querida

Eu acho que quero me casar com você

É esse seu olhar

Ou é essa bebida?

Quem se importa, querida?

Eu acho que quero me casar com você"

Minha mãe me olhava enquanto a costureira terminava de dar os últimos ajustes do vestido, quando ela terminou pediu que eu tirasse o vestido para que eu pudesse fazer o cabelo e a maquiagem.

- Não acredito que esse dia chegou- Taeyeon comentava enquanto fazíamos os cabelos.

- Nem eu Unnie, eu sempre sonhei em casar com o Yoonie, esse é o meu sonho se realizando, espero que nada atrapalhe.

"Eu vou te arranjar um anel

Deixe os sinos do coro cantarem "oooh"

Então, o que você vai fazer?

Vamos só fugir, garota

E se nós acordarmos

E você quiser terminar, tudo bem

Não, eu não vou te culpar

Foi divertido, garota"

- E não vai saeng, sabe, é uma honra ser sua madrinha- Ela disse sorrindo.

- Minha mãe está mais nervosa que eu- ri- não sei como a cabeleireira dela não enlouqueceu ainda.

- Eu também estaria, afinal a filhinha dela está casando, tem todo direito de estar assim.

Conversamos muito até que meu cabelo finalmente ficou pronto, Taeyeon já estava pronta e foi direto para a quadra do meu antigo colégio, onde aconteceria a cerimônia, decidimos nos casar onde nos conhecemos, onde tudo começou.

"Não diga não, não, não, não, não

Basta dizer sim, sim, sim, sim, sim

E nós iremos, iremos, iremos, iremos, iremos

Se você estiver pronta como eu estou pronto

Porque é uma bela noite

Estamos à procura de algo bobo para fazer

Ei, querida

Eu acho que quero me casar com você"

A maquiagem foi bem mais rápida do que eu pensei, minha mãe agora me ajudava a vestir o vestido, também me ajudou a colocar os saltos e olhou-me de longe com uma certa emoção.

- Você está linda...

Conforme o horário chegava eu ficava mais nervosa, queria poder falar com Yoongi. Estava devidamente vestida e maquiada, porém, só saio dessa sala quando Yoongi me disser que tudo vai ficar bem.

- Mãe, eu preciso que você chame o Yoongi aqui- digo nervosa

- Mas filha, ele não pode te ver...

- Por favor mãe- imploro

Ela se deu por vencida e foi atrás de Yoongi, a cada segundo que ele demorava a chegar meu coração acelerava, meu ar começava a fazer falta.

- S/N?- só de escutar sua voz meu coração se acalmou- o que está acontecendo?- perguntou atrás da porta

"É esse seu olhar?

Ou é essa bebida?

Quem se importa, querida?

Eu acho que quero me casar com você"

- Estou nervosa Yoonie, medo, não sei o que está acontecendo.

- Você sabe que eu vou etsar lá com você, eu te amo meu amor, então o que tem a temer?

- Yoonie, obrigada, pode descer, estou indo- escutei passos se afastando- Yoongi!

- Oi, estou aqui- falou, voltando imediatamente.

- Me dê sua mão- abri uma brecha na porta e coloquei minha mão para fora, senti sua mão entrar em contato com a minha- eu amo você.

"Basta dizer "eu aceito"

Me diga agora, querida

Me diga agora, querida, querida

Basta dizer "eu aceito"

Me diga agora, querida

Me diga agora querida, querida

Oh"

- E eu amo você, agora vamos mostrar pro mundo que você me pertence e eu pertenço a você- diz ele.

- Vamos, desce- peço soltando sua mão, vou até a bancada onde se encontrava a coroa que a mãe de Yoongi me deu, a coloco no cabelo que estaca solto e com ondas nas pontas, os fios que agora estavam na cor natural, csatanho claro, foram destacados, e eu podia dizer com todas as letras que me sentia extremamente bonita.

Vamos s/n, desça e arrase.

Subi a barra do vestido e saí da sala, encontrei meu pai e Alex no fim corredor, os dois se emocionaram ao me ver.

- Você está...

- Linda, minha irmãzinha cresceu- disse completando a fala de meu pai, e então demos um abraço em grupo.

- Vamos?- perguntei e os dois me deram seus braços.

A porta do ginásio se aproximava e pude notar que a decoração estava matavilhosa, as tulipas estavam ali, margaridas também, meu buquê combinava com toda aquela decoração, foi quando eu escutei a marcha nupcial, eu, meu pai e meu irmão entramos juntos. Yoongi estava tão lindo, não parava de sorrir por nada, muito menos eu, pude perceber o quão sortuda eu sou por me casar com esse homão da porra, desculpe o vocabulário, mas é a realidade. 

Quando chegamos até o palanque meu irmão e pai me entregaram para Yoongi, que deixou um selar em minha testa. A cerimônia começou e já estávamos para dizer nossos votos.

- S/n, não sei exatamente o momento em que eu me apaixonei por você, mas sei onde foi e como foi, lembro de cada momento nosso, de cada beijo e de cada eu te amo que trocamos, você é a mulher da minha vida e nenhuma é capaz de ocupar o seu lugar, eu amo você, até o último segundo da minha vida- disse e com um sorriso sincero colocou a aliança em meu dedo.

- Yoonie, meu Yoongi, sei que apesar de todos os nossos momentos ruins nos amamos mais que qualquer coisa, a prova disso tudo é o nosso casamento, eu vou te amar a cada primavera, a cada dia, a cada segundo da minha vida, eu nunca vou te deixar, eu amo você Yoonie- disse e coloquei a aliança em seu dedo.

- Bom, agora o noivo pode beijar a noiva, vocês estão oficialmente casados- dito isso, Yoongi puxou-me pela cintura e me beijou, um beijo quente e apaixonado, nos afastamos com um selar que ele deixou em minha testa.

Saímos do palanque e passamos pelos convidados com sorrisos sinceros, e óbvio, não podia faltar a típica chuva de arroz.

Eu sinto que agora sim a minha vida começou, e o melhor, começou ao lado do homem que eu amo.

- Eu amo você- sussurrou em meu ouvido.

- E eu amo você- respondi

"Porque é uma bela noite

Estamos à procura de uma besteira para fazer

Ei, querida

Eu acho que quero me casar com você

É esse seu olhar

Ou é essa bebida?

Quem se importa, querida?

Eu acho que quero me casar com você"




Notas Finais


O que acharam?

🚨Pessoal não se esqueçam do votar no MAMA!!!!!🚨

Até o próximo❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...