1. Spirit Fanfics >
  2. Love me, hate me >
  3. Capítulo 21

História Love me, hate me - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


O povo q lê pura sintonia, preferiu cap pequenos mais frequentes, vou fazer isso aqui tbm ok

Não tava mt bem entt é por isso q não postei
Mas vou recompensa-los
E eu tava com mó preguiça d passar os cap pro Spirit
Pq eu escrevo durante a aula no meu caderno e em casa eu só passo pro Spirit, eu tava com preguiça

Capítulo 22 - Capítulo 21


FINN

Ainda era de tarde e mesmo q boa parte do nosso tempo tenha sido entre beijos e selinhos o tempo não passa

F: Mills

M: oq?

F: não era dessa forma q eu queria te pedir mais... Deixa eu te dar a festa de 16

M: quê? Não mesmo finn!

F: por favor... Eu vou pagar tudo! Cada pedacinho, mais vai ser da maneira q vc quiser! 

M: eu não posso aceitar finn

F: por favor só aceita. Eu vou fazer a sua festa...

M: finn... Festas são extremamente caras e dão muito trabalho

F: quando se ganha um presente não fica falando de preço, pq se não a pessoa se lembra de quanto pagou e se arrepende

M: pois entt, vou continuar pq não precisa disso!

F: morar com vc deve ser um porre garota!

M: vc é idiota sabia! 

F: é eu sei... Só aceita tá

M: tá!- revirou os olhos

F: q bebezinho q vc é, vai fazer 16.- lhe roubei um selinho

M: vc já é muito grandão... Vai fazer 18, q fofo.- apertou minhas bochechas

F: Mills!- ela apertou minhas bochechas com uma mão só fazendo um "biquinho de peixe"

M: vc tem bigodinho q fofo!

F: claro eu tenho 17 anos

M: Jack não tem

F: não é pq somos gêmeos q temos as mesmas características

M: é... Percebi

F: quem beija mlhr?

M: q tipo de pergunta é essa?!

F: curiosidade... Mais vai, sou eu né

M: prefiro não responder

F: vai me deixar curioso mesmo?

M: vou.- sorriu maliciosa

F: realmente, a santinha não tem nada de Santa

M: vc não viu nada.- sentou no meu colo de frente pra mim

F: vc tem olhos lindos

M: é eu sei lombriguinha.- reviro os olhos

F: vc fica mais linda me beijando

M: babaca.- a beijo intensamente

Ela começa a dar leves reboladas, provavelmente involuntárias, sobre meu membro

F: olha... é, se a gente continuar eu não me responsabilizo pelas minhas ações e te como aqui mesmo

M: sonha.- levantou do meu colo e sentou ao meu lado

F: vai me deixar assim?- apontei o volume em minhas calças

M: vou, sou má

F: percebi

- almoço

F: não vou comer isso não!

M: q nojo! Q isso?!

- gelatina de arroz, feijão e ovo

M: sou alérgica a gelatina

- separa a gelatina

Ele colocou os pratos em uma abertura da sela e saiu

F: como eles fazem isso?

M: gelatina sem sabor, jogam tido dentro misturam e pronto (N/A não sei se dá certo, se alguém quiser testar em casa e me avisar se dá certo)

F: como sabe?

M: passei por mt coisa pra suportar a burguesia

F: sinto muito

M: não sinta

F: devo sentir. Nasci e cresci em um berço de ouro enquanto vc não teve metade dessas regalias

M: não ligo pra isso.- me deu um selinho

Não contente puxo sua cintura pra mais perto do meu corpo dando um beijo intenso e profundo em seus lábios

Xx: preciso falar com vcs!





Notas Finais


Tá uma merda desculpa
Tenho um cap e meio escrito talvez eu poste mais um daqui a pouco


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...