1. Spirit Fanfics >
  2. Love Me Like Tou Do >
  3. Capitulo IX

História Love Me Like Tou Do - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


ME PERDOOOOOOEM! KKKK
EU vou voltar com as postagens normais agora que acabou a semana de prova

Capítulo 9 - Capitulo IX


P. O. V. Draco

Hoje era o último dia da semana de descanso que Dumbledore deu para gente. Eu conseguia ver que Hermione estava bem melhor. E eu estava mais feliz como nunca.

No sábado, eu havia recebido permissão para ir até Hogsmeade, onde comprei um presente para Hermione. Eu só esperava que ela aceitasse meu pedido.

Ainda estava bem cedo neste domingo chuvoso, e eu havia pedido que servisse o café da manhã de Hermione no quarto. Ela vinha dormido no meu quarto desde o terceiro dia, quando acordou de madrugada aos berros por culpa de um pesadelo.

~~ Flashback ON ~~

“NÃO POR FAVOR RONALD NÃO! SAI SAI SAAAAAAAAAI” Acordei mais uma vez por conta de seus gritos. “DRAAAAAAAAACO” Levantei num rompante, dessa vez era diferente, ela havia chamado por mim. Saí correndo em direção ao quarto dela, a encontrado se contorcendo na cama. Certeza que imaginava 1001 mãos a tocando.

“Morena, morena, estou aqui por favor se acalme.” Eu estava desesperado, não sabia como reagir e nem como conforta-la, apenas a segurei, ficando por cima dela para que parasse de se contorcer.

Aos poucos ela foi se acalmando, abrindo os lindos olhos âmbar e me fitando. No fim, deu um soluço e me abraçou, rolando na cama até que ficou por cima de mim. Imaginei-a muitas vezes nessa posição, mas era em outras situações.

Quando parou de chorar, eu a virei para que deitasse confortavelmente na cama, mas ela me impediu. Olhei curioso para a mesma, e nem todos os anos aprendendo a esconder emoções me preparam para o que sairia de sua boca.

“Posso dormir com você? Me sinto mais segura” Foi quando eu realmente percebi o quanto ela estava frágil

Sem falar mais uma palavra, apenas a peguei no colo e fui caminhando para o meu, deixando que ela se acomodasse na cama de casal para enfim poder deitar.

E nunca imaginei que seriam as melhores noites da minha vida, dormindo ao lado dela.

~~ Flashback OFF ~~

O pequeno elfo que nos servia me entregou a grande bandeja de café da manhã. No centro dela, estava uma travessa coberta por um protetor de platina, e por baixo eu havia colocado o presente dela. Ainda achava que o presente era mais meu do que dela. Coloquei a grande bandeja aos pés da cama, na mesinha, e fui acordar a dorminhoca

“Morena, moreninha linda. Hora de acordar princesa. Você ainda não falou com Gina e ela com certeza esta surtando de curiosidade.” Comentei dando uma risada baixo, já que a ruiva exigiu saber de Hermione e do que ela queria conversar quando fui até Hogsmeade.

A morena, ainda meio dormindo, apenas assentiu bocejando. Foi a deixa para que eu pegasse a bandeja e colocasse me seus pés. A carinha que ela fez quando abriu os olhos e viu a bandeja me encheu de orgulho.

“É pra mim?” Assenti rindo “Obrigada Draco, nem meus pais já fizeram isso por mim.” Esse pequeno comentário me deixa muito orgulhoso de mim mesmo. Mas meu coração pareceu parar por uns segundos quando ela levantou o protetor e ficou fitando as alianças de prata finas, com uma serpente e um leão gravadas. Foi a minha deixa para enfim fazer o pedido.

“Hermione” Peguei em sua mão o que fez com que ela olhasse pra mim “Eu sei que prometi ir com calma. Mas me sinto na obrigação de admitir algo.

Você despertou em mim a minha melhor parte. Aquela que eu reservava somente para a minha mãe. Eu prometo que vou fazer você a pessoa mais feliz do mundo, quero te fazer sentir-se segura assim como fiz essa semana. Vou entender se não aceitar, mas Hermione: quer namorar comigo?”

P. O. V. Hermione

Se um anos atrás me dissessem que eu me sentiria segura com Draco Malfoy ao invés de Ronald Weasley, eu com toda certeza recomendaria para a pessoa que visitasse a ala psiquiatra do Sain´t Mungus.  

Draco me fez ter uma semana maravilhosa, mas ele não conseguia me fazer esquecer os pesadelos. E nem tirar de mim a sensação de mãos me tocando a todo momento. As duas primeiras noites eu consegui não gritar durante o sono segundo ele, mas a terceira foi a pior, depois dela eu pedi a Draco que me deixasse dormir com ele em seu quarto. Agradeci muito que ele não forçou nada, a fama de Draco não era a melhor quando o assunto era cama.

O café da manhã na cama sem dúvidas foi a melhor surpresa que eu recebi em anos e tenho certeza que inflou o ego dele um pouco saber que somente ele havia feito isso. Passei o olho rapidamente pela bandeja, e tinha de tudo o que eu gostava pela manhã, realmente Draco me observava muito durante o café.

A minha curiosidade foi nas alturas quando vi a travessa no centro. Me permiti dar um leve arquejar de surpresa quando vi parada ali duas lindas alianças, finas e delicadas. Do jeito que eu sonhei.

“Hermione” Draco pegou em minha mão fazendo com que eu olhasse pra ele, vendo todo o nervosismo em seus olhos. Além de carinho “Eu sei que prometi ir com calma. Mas me sinto na obrigação de admitir algo.

Você despertou em mim a minha melhor parte. Aquela que eu reservava somente para a minha mãe. Eu prometo que vou fazer você a pessoa mais feliz do mundo, quero te fazer sentir-se segura assim como fiz essa semana. Vou entender se não aceitar, mas Hermione: quer namorar comigo?”

Fiquei mais uns segundos o fitando, para ter certeza de que não era brincadeira de mal gosto de sua parte, o que se comprovou não ser assim que o desespero tomou conta das íris cinzas. Minha parte infantil estava em êxtase com aquele pedido, e coincidiu com a adulta.

“Sim” Draco agora me olhava como se eu fosse a coisa mais preciosa do mundo “Mas com uma condição"

Eu vi novamente o desespero em seus olhos, mesmo que brevemente. Quis rir, mas não o fiz.

“Vamos manter em segredo por enquanto. Para que os meninos e nem seu pai descubram.” Draco relaxou visivelmente, acho que ele pensou que eu fosse recusar.

“Você como sempre pensou em tudo em milhões de segundo não é mesmo sabe-tudo” Não vi aquilo como um xingamento como era antigamente, tinha um ‘Q’ de carinho em sua voz que fez meu coração ficar aquecido. Eu apenas ri, e então ele me beijou.

Beijar Draco Malfoy com certeza era uma das coisas que eu nunca enjoaria.

Teríamos continuado nesse clima romântico, se uma Gina gritando histericamente no sala do dormitório não nos tivesse interrompido.

P. O. V. Draco

Merlin, como eu queria matar Gina. Poderíamos ter avançado mais um passo se ela não fosse inconveniente. Hermione desceu na frente, eu precisar de um tempo para me acalmar se não com certeza passaria vergonha.

Quando desci, conformado, Gina, Potter e Blas estavam sentados no sofá grande, enquanto Hermione no pequeno de frente para eles, rindo enquanto Blas fazia palhaçadas. Ela ficava tão lindo rindo.

Sentei ao seu lado, alheio a tudo o que falavam. Pensava em como esconderia nosso namoro dos meninos a frente, e de todo o resto da escola. Um grito mais histérico ainda me fez dar um pulo e sair de meus pensamentos.

“HERMIONE GRANGER O QUE É ISSO NO SEU DEDO DIREITO?” Gina gritou, com uma cara sapeca no rosto, cara de quem havia descoberto um segredo terrível. O que não deixa de ser verdade.

Hermione eu nos entreolhamos, e chegamos num consenso silencioso de que mentir era inútil quando se tratava daqueles três. Mais gente de confiança sabendo significava mais fácil de esconder.

“Eu pedi Hermione em namoro.” Aquelas simples desenvolveram um alvoroço na pequena sala, já que Gina e Hermione começaram a gritar um para outra enquanto nos três riamos. Eu realmente me sentia mais feliz com eles do que com todo mundo de minha família.

“Mas Malfoy, você sabe que Ronald fara de sua vida um inferno quando descobrir não sabe? Só Merlin sabe como ele é possessivo com Hermione” A raiva borbulhou em meu sangue com o comentário de Potter, eu sabia que era verdade.

“Pode ficar tranquilo Potter, ele não vai tocar em um fio de cabelo de Hermione.”

“Esperamos que não, já que eu mesmo já percebi o quanto Weasley mudou depois das férias” Blas disse, observando as meninas “Tenho medo do que ele possa fazer com a Hermione”

“Para ser sincero, eu também. Ronald estava fantasiando com ela durante várias noites, e eu me arrepio só de lembrar.” Potter deu uma estremecida lembrando, e a raiva ficou ainda maior.

“Fica tranquilo, ele conhecera minha pior versão se tocar nela sem seu consentimento”

Continuei olhando ela falar animadamente com Gina algum assunto irrelevante, quando ela virou pra mim sorrindo abertamente meu peito se aqueceu gostosamente.

Merlin, como eu amo essa mulher.


Notas Finais


https://www.joiasprime.com.br/aliancas-de-namoro-em-prata-480g-3mm-polida-tradicional-738-p985560
Aqui estão o modelo de alianças que escolhi para eles, espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...