História Love Me Like You Do 〰 Min Yoongi - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Personagens Originais, Suga, Yoongi
Visualizações 10
Palavras 1.860
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - ;;4;;


×××××××××××


Segui meu caminho até a parada de ônibus mais "próxima" da minha casa, Digo isso por que andava quase três quarteirões para poder chegar.


O dia estava nublado porém com alguns raios de sol que insistiam em sair da cobertura das nuvens.


Olhava de um lado para o outro, geralmente meu ônibus não costumava atrasar, ele chegava pontualmente as sete, e já eram sete e cinco.


Sim, pontualidade pra mim era algo essencial. Até eu mesma era pontual, raramente me atrasava, e odiava quando acontecia.


Já estava imaginando as terríveis broncas que iria levar da Coordenadora, Ela quem cuidava dessas coisas, e odiava atrasos tanto quanto eu. Olhava de um lado para o outro, as ruas ja estavam movimentadas porém somente de carros.


Umideci meus lábios e olhei meu pequeno relógio dourado


— Aish, sete e dez - exclamei respirando fundo.


Assim que olhei para a rua aonde os carros vinham em mão dupla, avistei meu ônibus, o 735.


Revirei meus olhos e acenei para o mesmo parar, Aguardei um pouco e ele se aproximou. Subi a pequena escadinha e pus meu cartão na maquininha esperando a mesma confirmar meu pagamento.


— Ande...vamos logo! - bufei batendo levemente o pé no chão


— Parece que está tendo um péssimo dia Bae Daehyun - ouvi uma voz masculina atrás de mim e me virei um pouco assustada


— Não enche - ri revirando os olhos


Assim que o pagamento da passagem foi concluído, me sentei ao lado do dono da voz que me pertubara a pouco.


— Não sabia que também pegava ônibus senhor Namjoon - Debochei


— Sou uma pessoa normal assim como você, As vezes os carros não funcionam, e a única solução são os ônibus - Ele sorriu fechado e eu retribui


— A diferença é que eu não tenho carro - Ri e ele assentiu


— Nem eu, meus pais e meus motoristas que me levam


— Eu não tenho nenhum dos dois - ri mas logo fiquei séria ao perceber a besteira que havia dito. Eu tinha pais, mas não presentes.


O silêncio se fez presente até Namjoon o quebrar


— Me..Desculpe, não sabia - ele me fitou e eu arregalei os olhos


— Não, não precisa se desculpar, o erro foi meu. Eu tenho pais, mas eles não são presentes - Sorri fraco explicando e ele assentiu com a boca aberta em um "ah"


Nossa conversa fluiu durante o caminho até a escola, ele era uma pessoa legal e culta, gostava de ler livros e amava séries.


Havia momentos em que a falta de assunto era presente, então eu olhava pra janela e fitava a rua e os carros, pequenos raios de sol cobriam a cidade, o clima estava ótimo.

Assim que o ônibus parou uma esquina antes da escola, eu e Namjoon descemos, Era perceptível que ele queria conversar comigo, mas assunto era o que faltava

Caminhei um pouco mais rápido e fiquei ao seu lado, ele me fitou com um sorriso fechado e ao perceber a diferença de tamanho soltou uma risada abafada.

Confesso que ri também, Ter 1,53 não era uma vantagem, mas também não era algo de ser chatear.

— Hoje terá aula de Matemática né? - Perguntei puxando assunto, já estavamos na rua da escola

— Sim, porque? - Ele perguntou e eu revirei os olhos sorrindo

— Pior matéria Namjoon, e também o pior professor - bufei

— Não diga isso, tens tanta dificuldade assim? - ele me fitou e eu assenti - Eu e os meninos somos bons em matemática, podemos te ajudar - Ele sorriu fechado e eu corei

— Ah...tudo bem, ficaria muito grata - Sorri e ele retribuiu

— Na hora do intervalo conversamos melhor sobre isso - ele disse se aproximando da escola — Boa aula Dae, nos vemos na sala - ele disse e eu sorri, ele balançou meu cabelo e saiu em direção ao Grupinho de seis, agora com sete.

Segui meu caminho e adentrei a escola, olhei de um lado para o outro tentando achar Jenny ou Dara mas foi sem sucesso. Passei pelo patio a céu aberto e subi o lance de escadas que ficara no canto do pátio.

Eram muitos alunos naquela escola, uns piores que outros.
Subi o último lance e cheguei no segundo andar, aonde ficava minha sala.

No primeiro andar ficava o Ensino Fundamental Dois, ou seja, do sexto ao nono ano, no segundo andar o Ensino Médio, E no terceiro, as salas de atividades extra-curriculares, que eram obrigadas a serem feitas.

Eu faria fotografia naquele ano, Já que era Uma profissão que queria seguir. As Aulas seriam as duas ultimas do dia, e seriam nas Quartas, ou seja, começariam no dia seguinte.

Adentrei a sala de aula e o cheiro de cola e de giz de cera se misturava com o cheiro de perfumes caros. Sentei no lugar de sempre, na penúltima cadeira da primeira fileira.

Olhei para os lados e vi Kim Taehyung sentado na sua cadeira no fundo, Lendo um anime que não reconheci. Queria falar com ele já que não havia quase ninguém na sala, mas a timidez me impediu.

Olhava para o chão nervosa, ansiosa, queria minhas amigas comigo, queria conversar.

Decidi ir nele, estava ansiosa para conversar. Assim que me viro para olhar pra ele, o mesmo me chama:

— Ei... Menina - Ele me chama e eu o olho assutada.

— Ahn...Olá? - Respondo

— Vem aqui...por favor? - Ele me chamou e eu assenti, um pouco nervosa caminhei até a cadeira a frente da dele e sentei virada para o mesmo.

Por estar perto da janela, os pequenos raios de sol iluminavam seu rosto, Seu cabelo castanho com luzes caiam sobre seu rosto e seus óculos redondos, ele sorria fechado me olhando

— O que foi? - pergunto sem entender

Ele abriu a boca pensando no que dizer, estava mais nervoso que eu.

— Ahn...Obrigada por ontem... você ter ajudado...ahn.. - Ele falou e eu o interrompi

— A ter encontrado seu amigo? ah, de nada, não precisava agradecer - sorri fraco e ele assentiu

— Você parece ser uma menina bem legal...- ele olha de um lado pro outro e se aproxima com a mão tampando um lado da boca — Mais legal que a Hana - Ele sussura e eu rio

— Eu mal a conheço, mas pelo o que sei, ela não é nada gente boa - Digo rindo e ele retribuiu

— Fico surpresa pelo fato de você ser tão gentil, Yoongi te tratou tão mal e você ainda assim o procurou e encontrou - Ele disse e eu engoli

— Fiz isso por que vocês pediram, não por ele - disse firme

— Você não gosta dele? - Taehyung perguntou

— Eu trato bem quem me trata bem, caso ele passe a me tratar bem talvez tentamos uma amizade, não tenhi nada contra - Sorri fechado e ele assentiu.

Nossa conversa foi interrompida pelo barulho da porta que fora aberta, revelando Yoongi, com o semblante um pouco assustado.

— Hey Suga - Taehyung o chamou e eu não entendi o apelido

Yoongi se aproxima de nós e se senta na mesa ao lado de Taehyung, Ele puxa a cadeira para mais perto e apoia o rosto em suas mãos

— Fala com a menina Yoongi - Taehyung o repreendeu e Yoongi revirou os olhos

— Olá - ele disse seco me olhando, e logo depois abaixou a cabeça

— ...Oi - Disse com um pequeno sorriso fechado na face

— Isso já é um ótimo começo - Tae disse enquanto sorria, não pude evitar de soltar uma risada abafada e revirar os olhos, o mesmo fez Yoongi.

Ficamos ali, Taehyung contando para nós dois sobre seus animes preferidos e nos recomendando. Eu e Yoongi falávamos com ele, mas nós não nos falamos. Nem ao menos nos olhamos

A conversa já estava no seu décimo anime, os alunos já haviam chegado. Quando a porta se abre brutalmente batendo na parede Revelando uma silhueta feminina.

Fitei Taehyung com os olhos arregalados e ele suspirou em desaprovação.

— Olá Gente - Hana diz em alto som para todos na classe com um sorriso falso.

— Olá...a-amor - Yoongi disse gaguejou receioso, com medo da reação de Hana.

Hana virou para trás ao ouvir a voz e soltou um suspiro de desprezo, mas em poucos segundos mudou sua feição para um sorriso cínico

— Olá Yoongi - Ela disse sorrindo e dando as costas

Ele olhou de um lado para o outro umidecendo os lábios e logo abaixou a cabeça com a face incomodada.

— Eu te avisei Yoongi...- Taehyung disse fitando o amigo que logo levantou a cabeça

— Ela só deve estar em um dia mal Taehyung - ele resmungou

Dia Mal? Sério isso? Ela sempre foi assim com ele e o idiota ainda tem coragem de dizer que ela está em um dia mal???

— Ela é assim sempre Yoongi - Tae revirou os olhos. Tirou as palavras da minha boca.

Abaixei a cabeça tentando pensar naquilo, Sinceramente estava me incomodando, Ou era muito amor, ou muita "trouxisse"

— Sem querer me intrometer...- Falei levantando a cabeça e os dois se assutaram — Por que você não...tenta conversar com ela? - falei e logo depois me arrependi de ter demorado dois segundo para continuar a frase, não queria demonstrar nervosismo e também estava com medo da resposta.

— Ela diz sempre o que eu digo, que não está em um dia bom - Ele fitou envergonhado.

— Oh Céus - Taehyung exclamou e Yoongi e eu olhamos assustados sem entender.

— Vocês se falaram - Tae disse com um enorme sorriso quadrado no rosto e logo depois soltando uma gargalhada extremamente fofa e contagiante, não me conti e ri junto porém discretamente.

Yoongi soltou uma breve risada abafada mas logo voltou a seriedade.

Não sou especialista em sentimentos, mas sabia que bem ele não estava, eu tinha certeza daquilo e nada faria minha opinião mudar.

O Sinal tocou e cada aluno foi pra sua cadeira, Jenny havia faltado a aula, e Dara me mandou uma mensagem alegando que estava doente.

— Vai ser só eu e Deus hoje - resmunguei baixinho para mim mesma.
Ou era pra ser pra mim mesma..

— Parece que não - Ouço uma voz masculina ao meu lado e me viro rapidamente fitando Yoongi, agora com um pequeno sorriso fechado.

— O que está fazen...- Disse e logo olhei para a professora, que era a de Ciências.
— Todas as aulas dela serão em dupla? - perguntei para o loiro que fitava a janela.

— Infelizmente sim - ele suspirou e eu me virei para minha mesa, fitando meu caderno.

Ele era bipolar ou o que? Uma hora falava de um jeito tímido comigo, e na outra hora era rude, O que esse menino tem?

A aula começou com a continuação da tarefa da aula anterior. Suspirei e comecei a fazer minha atividade. Mas eu estava incomodada, queria saber o por que Yoongi era assim?

— Está mal por causa de sua namorada? - Perguntei o fitando

— Não - ele disse sem me olhar.

— Então por que é assim ou está assim? - perguntei calma, diferente da primeira vez que nos falamos em dupla.

— É algo pessoal Daehyun - ele disse e eu congelei — Mas não se preocupe, você não saberá - ele disse e soltou uma risada abafada no final, enquanto eu simplesmente revirei os olhos voltando a minha posição.



Notas Finais


Helloooo ❤

Sorry pela demora para att :((

Capítulo meio curto, prometo melhorar ♥

Por Favor, Votem, Comentem e compartilhem a história com os amiguinhos, me incentiva muito cada leitura, cada voto, Tudo!♥

Amo Vocês que lêem minha fic mas não votam nem comentam kkkkkjj

Fighting~~ ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...