1. Spirit Fanfics >
  2. Love Me Now >
  3. Love Me Now

História Love Me Now - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Abaixo a música que me inspirou a escrever essa oneshot.

https://www.youtube.com/watch?v=tpj_UOd98iI

Capítulo 1 - Love Me Now


Fanfic / Fanfiction Love Me Now - Capítulo 1 - Love Me Now

❝Foi andando por aquela rua escura que eu pude perceber o imenso vazio que eu sentia em meu peito, cada vez mais a saudade preenchia meu corpo na escuridão onde você me deixou sozinho. Se antes de tudo isso eu soubesse que te amar doeria tanto assim, teria eu continuado a te querer? Ou teria desistido de você antes que esse sentimento que vive hoje dentro de mim se tornasse em algo maior?

Me lembro claramente do dia em que nos conhecemos, ou eu te conheci. Era um dia especial na academia de dança, cada turma iria fazer uma apresentação para recepcionar os intercambistas e novatos. Eu acho que meu erro naquele dia foi não ter percebido que você não era uma novata como eu tinha pensado, ou me forçado a pensar.

Minha turma foi a última a se apresentar e logo em seguida a diretora da academia convidou alguns novatos para fazerem uma apresentação, eu me lembro de todos estarem com um pé atrás sobre aceitar o convite, mas entre todos eles você levantou a mão e corajosamente foi até o palco fazer uma apresentação improvisada.

Eu não sou perito em dança clássica, e de nenhuma forma sinto interesse no estilo, mas de alguma forma você conseguiu me cativar no meu meio de todas aquelas pessoas. A sua paixão era notável a cada passo dado, você dançava com os olhos fechados e era como se estivesse em mundo só seu naquele momento. Ah querida Bong-Cha, o que você fez comigo?

O restante daquela semana poderia ter se passado normalmente se eu não te encontrasse todas as noites ensaiando sozinha na sala que costumava ser o meu lugar de ensaios noturnos. Eu poderia ter ido para outra sala e continuar ensaiando mas eu permaneci ali, parado do lado de fora lhe assistindo. Isso se seguiu durante o resto da semana, se tornado uma rotina, algo que fez meus amigos começarem a fazer piadas a meu respeito. Poderia eu, Lee Tae-Yong estar apaixonado por você em tão pouco tempo? Não, ainda não, era muito cedo.

Na semana seguinte eu fui te ver novamente, e dessa vez você não estava lá. Eu achei que poderia ter chegado muito cedo e que você chegaria logo, mas não foi bem assim. Você apareceu atrás de mim me deixando surpreso e levemente assustado, mas você riu da minha cara e isso me derreteu por completo. Eu nunca imaginei que tivesse sido descoberto, mas desde o começo você sabia. Eu me sentia um tolo por saber daquilo, e ainda mais por fazer você pensar que eu era algum tipo de stalker maluco. Mas diferente de todas as reações que eu imaginei que você teria, nunca pensei que me convidaria para ensaiar com você.

Sabe, nós temos gostos diferentes em relação a dança - e futuramente descobri que para milhares de outras coisas - mas ainda sim eu aceite ensaiar com você, mesmo que meu conhecimento sobre dança clássica fosse nulo. Logo em seguida você me fez uma proposta, eu ensinaria você a dançar o que eu sei, e você faria o mesmo por mim. Eu aceitei, e isso desencadeou o caminho para o abismo que é você.

Após isso nós passamos a nos encontrar mais, eu já não andava tanto com meus amigos para passar um tempo a mais com você. Eu não me arrependo disso, pois cada momento com você era especial de maneiras diferentes.

Se lembra de quando eu lhe chamei para tomar um sorvete? Minha verdadeira intenção era tornar aquilo um encontro de verdade, mas agradeço que não tive coragem pois derramar sorvete na sua camisa não foi nada legal.

Contudo, eu tive várias outras oportunidades para lhe chamar em um encontro, mas transformei todas em um passeio de amigos. Fomos a um parque de diversão, fomos vê o mar - se lembra que foi lá que encontramos um cachorro abandonado? Você me obrigou a levar ele para minha casa e adotá-lo.

Quando se trata de chamar uma garota em um encontro eu sou uma verdadeira decepção.

Uma certa noite marquei de encontrar meus amigos em uma barzinho, no meio do caminho acabamos nos encontrando e Mark, um dos meus amigos, convidou você para ir conosco. Eu não achei que você iria aceitar, pensei que ficaria desconfortável em ser a única mulher no meio de um monte de idiotas, mas você me surpreendeu, principalmente com a quantidade absurda de álcool que você ingeriu aquela noite.

No fim daquela noite sobrou a mim a grande missão de levá-la para casa. Mas diferente dos meus amigos, você é uma bêbada educada e que não me deu muito trabalho, só fala demais. E uma das coisas que você falou aquela noite foi em como eu era medroso, já fazia muito tempo que você esperava que eu lhe chamasse oficialmente para um encontro, mas como eu nada fazia você apenas considerava nossas saídas como um encontro secreto.

Sinceramente, eu não sabia em qual parte daquela conversa me deixou mais surpreso. O fato de você querer ir a um encontro comigo, ou você está interessada em mim assim como eu estava em você. Mas foi a partir dali que tudo veio a mudar, a nossa relação mudou.

Eu nunca entendi o tamanho do meu sentimento por você até agora, quando eu andei por aquele mesmo caminho que andamos juntos, de mãos dadas. Mas agora eu não estava com você, estava sozinho, e ainda podia sentir o seu aroma passar por mim.

Sendo molhado pela chuva que caia, fui levado para aquele momento onde eu te beijei nessa mesma rua. Foi o nosso primeiro beijo, e foi ali que senti meu coração bater mais rápido, que senti minha respiração falhar de uma forma que nunca imaginei ser possível. Todo o meu corpo reagiu com aquele simples toque, com o doce toque dos seus lábios contra os meus. Eu não percebi antes mas agora eu percebo que foi ali que eu passei a pertencer a você de corpo e alma, foi aquele beijo que mostrou que eu estava destinado a te amar por toda a eternidade.

Se isso for uma maldição, eu estou disposto a sofrer por você.

Eu sei que agora estou muito longe de você, mas eu sinto sua respiração ao meu redor, e ecos de sua voz trazida pelas estrelas brilhantes desta noite.

Eu espero que um dia meu coração possa alcançar você novamente, esse que parece que vai explodir a qualquer momento. Espero que você possa olhar para mim novamente e transmitir a paz que só você trazia. Espero que possamos nos reencontrar novamente para que eu possa te dizer pela primeira vez que te amo.

Então Bong-Cha, me ame agora, me ame novamente em outro lugar, me ame onde você está nesse exato momento. Eu sei que não podemos voltar a ser o que éramos, mas mesmo que seja difícil de estreitar o espaço entre nós, eu continuarei girando em um sonho que é você. Por favor, escute os meus gritos de suplico e me ame agora, me ame na mesma intensidade em que eu te amo e seremos eternamente dois amantes, não importa a distância e o oceano que nos separa.

E com essa carta eu lhe prometo que meu coração será seu para sempre, não importa o tempo e o lugar. Podemos estar separados agora, mas não existe nada nesse mundo que será capaz de separar a ligação que existe em nossas almas. Pois duas pessoas que se amam verdadeiramente não ficam separadas por muito tempo. Um dia voltaremos a nos encontrar novamente, um dia vamos olhar um para o outro sem uma tela de celular nos separando. Um dia eu lhe beijarei novamente, pois o último não será para sempre o último, mas o primeiro de vários.

Então me ame agora, e saberei que o seu coração bate no mesmo ritmo que o meu.

~De Lee Tae-Yong para minha alma gêmea, Jeon Bong-Cha.❞


Notas Finais


Bom, se você chegou até aqui então eu só tenho o que agradecer pela oportunidade que você deu ao meu livro. Esse é a primeira obra que terminei em toda a minha vida - claro que o fato de ser uma oneshot ajudou – mas ainda é muito especial para mim.

Gostaria de me desculpar as nctzens que possam ter se ofendido com algo dessa história, eu não faço parte do fandom mas me arrisquei a escrever sobre o Taeyong pois achei que a história deveria ser sobre algum integrante do grupo já que me inspirei na música deles.

Agora sobre a história: eu me segurei um pouco por causa do limite de palavras mas acho que consegui passar toda a emoção que gostaria de trazer em cada estrofe. A princípio essa história não era para ser uma oneshot, mas quando vi o desafio do K-PopLP não consegui me segurar.

K-PopLP? Como assim?
Bom, essa história foi publicada em primeira mão no wattpad (rede que eu mais utilizo) para participar de um concurso do perfil K-PopLP, que é dedicado a cultura coreana em geral. Recentemente decide publicar essa e futuras obras no Spirit para pessoas que não utilizam o wattpad poderem ler e dar uma chance.

Para finalizar eu até poderia pedir para vocês me seguirem e acompanharem minhas futuras histórias, mas não tenho previsão de quando eu vou postar elas então nem vou me atrever. Apenas espero de todo o coração que vocês tenham gostado e que tenham tido uma boa leitura.

~Marsh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...