1. Spirit Fanfics >
  2. Love Me Now Or Let Me Go >
  3. Capítulo 35

História Love Me Now Or Let Me Go - Capítulo 3


Escrita por: ritaar13

Capítulo 3 - Capítulo 35


Justin POV

Eu tinha a cabeça à roda. À imenso tempo que não bebia e fumava daquela maneira, era a minha vida antiga. E por muita merda que a Jasmine faça ela não pode saber do meu passado muito menos que estou a voltar a repeti-lo. Mas que posso eu fazer? É o que eu adoro fazer, é a minha vida, a adrenalina faz parte de mim. Ninguém me pode tirar isso.

Acabei de tomar banho, vesti uma roupa confortável e fui de encontro com a Jasmine. Abracei-a por trás, na cintura, mas ela afastou-se e saiu dos meus braços.

- O que se passa? - Perguntei confuso

- O que se passa? Vou nem responder.

- Porra, diz logo

- Justin, ainda a noite passa discutimos e digo que fiquei mesmo passada e isto não passa tão cedo. Tens que começar a aprender a partir dos teus erros, ontem bateste-me outra vez e agora vens ter comigo como se nada fosse - começou a ficar nervosa - nunca mais apareceste nas terapias, nao quiseste ir a consultas por causa da tua bipolaridade. Mas deixa para lá. Já não quero nem saber. Faz o que quiseres da tua vida.

- Jasmine, desculpa...

- Não Justin. Terás que desculpar-te a ti próprio, porque és tu que fazes as figuras tristes, aposto que ficaste com os meninos a comer vadias a fumar e a beber. Pensas que não sei? Eu não burra de todo - Fiquei surpreendido com aquelas suas palavras

- Como é que é? Eu até posso ter bebido e sim fumei. Mas não te trai?

- Boa. Agora me deixa.

Ela saiu de casa e nem sei para onde ela foi. Mas eu nao podia ir atras dela porque sabia que se fosse eu ia fazer coisas que nao devia, ia acabar por magoá-la e eu nao queria isso. Fui ter com os meninos ao nosso armazém para saber novidades.

- Aê Drew

- Oi. Onde está o Chaz?

- Ainda não chegou. Então a Jasmine lidou bem com o teu retorno?

- Cala a boca Ryan. Sabes bem que ela nao sabe e nem pode saber o que eu era. Mas sim ela sabe que eu andei a beber e a fumar e ainda disse que comi algumas vadias.

- Secalhar devia tê-lo feito, Drew

- Estás a querer morrer? - Disse irritado

- Aê Drew, estava a brincar

- Isso não é brincadeira

Jasmine POV

Já chega. Não vou correr para os braços do Justin sempre que ele fizer carinha de cachorro abandonado só para eu o perdoar. Desvalorizo-me demasiado e isso acaba comigo, não quero deixá-lo, isso está fora de questão mas às vezes questiono-me se não será o melhor para os dois, especialmente para mim.

Eu estava a andar nem sei para onde pela rua e fui surpreendida pelos homens que estavam na casa ao lado. Eu tentei fugir mas eles puxaram-me para dentro do carro deles. Eu entrei em pânico. Porque é que estas coisas acontecem sempre quando não estou com o Justin?

- Aqui estamos nós novamente... - Disse o líder dos tais capangas

- O que quer de mim? Estou farta disto

- Treina-la - Sorriu maliciosamente. Eu não conseguia ver a cara dele, ele tinha sempre a cara tapada e nem sei bem porquê.

- Treinar-me? Não estou a entender nada

- Tão inocente e tão bonita, quase uma pena meter-te neste mundo

- Não estou a perceber nada porra, não vai explicar-me nada? Vai ficar aí a mandar bocas que nem entendo? - Irritei-me e o homem agarrou a minha cara

- Baixa a bolinha senhorita, aqui respeitas se queres ser respeitada. Sim vou treinar-te porra compreensão lenta. Queres saber de mais não é? Então vou explicar-te tudo. Eu quero que faças parte da minha comitiva de capangas, vamos dominar o mundo lindinha

- O quê? Mas que porra de brincadeira é esta? Isto é para os apanhados ou assim? Porquê eu?

- Tanta pergunta tanta pergunta, tu ouves o que digo e não questionas porra. Não tens hipótese de escolha e não entendeste donzela? Terás mesmo que participar nisto. É pegar ou largar, posso destruir a tua vida num estalar de dedos. A tua vida e a dos que amas. É só me desafiar - Nesse momento ele abriu a porta do carro e atirou-me lá para fora e desapareceu.

Eu não entendi nada. Como assim vou ter que fazer parte de uma comitiva de capangas? Eu não quero, eu não posso. E o Justin? Ele não pode saber, de forma nenhuma ele pode saber.

Justin POV

Tínhamos um assalto agendado para daqui a dois dias e nada poderia correr mal. Iríamos assaltar o esconderijo dos nossos inimigos e o Ryan disse que eu sou o que tem que ter mais cuidado porque eles querem saber a todo o custo quem é o líder deles, mas ele não me contou bem essa história. Não estou entendendo nada.

Cheguei a casa com esperança de encontrar a minha princesa lá mas nada dela. Comecei a ficar preocupado com ela, saiu de casa depois de termos discutido e ainda não voltou. Estava com esperança de que se fosse ao armazém ela chegasse a casa entretanto mas nada. Mas não lhe ia ligar, ainda estou a fazer drama e ela foi ter com a Briana e já vem. Fui até à cozinha e ouvi a porta de casa a ser fechada, senti um alívio interior.

- Onde foste? - Perguntei, seco

- Dar uma volta, nada de mais

- Demoraste muito tempo

- Pois, vou tomar banho

- Queres companhia? - Sorri malicioso

- Me deixa, Justin

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado amores.
O que será da Jasmine daqui para a frente? Irá tornar-se uma vilã?
ASK DA JASMINE: http://ask.fm/jasminemarievluv
ASK DO JUSTIN: http://ask.fm/thejustindbiebs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...