História Love me please! - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Love Me Please
Visualizações 7
Palavras 893
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura💋

Capítulo 21 - Surpresa


Fanfic / Fanfiction Love me please! - Capítulo 21 - Surpresa


Alguns podem nem saber, mais hoje é meu aniversário. Que dia pra se comemorar um aniversário justo quando tinha começado as provas. Nem jin voltou a falar sobre os encontros sendo que faltava só mais 3 e acabou essa chantagem idiota. Na verdade queria que isso acabar se logo pra me concentrar mais nas aulas. Por incrível que pareça meus pais não lembraram de meu aniversário. Eles realmente esqueceram de mim.

Estava na biblioteca tentando estudar os conteúdos das provas de hoje. Provalvente são 4 horas da tarde, passei a tarde infurnada nela. Além de ser o primeiro bimestre pretendo me esforça mais que o normal. Quero mostrar que realmente mereço está aqui e não estou para brincar. Apesar de ser atrasada nos estudos por ser 5 anos mais velha do que outros estudantes. O único problema é que o indivíduo está bem na minha frente me fazendo concentrar nele.

- Precisa de alguma coisa? - Pergunta jin percebendo que eu estava o observando por um bom tempo.

- N-não!

- Ok... te vejo mais tarde, bye! - ele saio logo depois de recolher suas coisas.

Sentir a sensação de voltar alívi assim que meus olhos não o avistaram mais.

Pra onde ele vai?

Pensamentos entram na minha cabeça sem sair. Desisto de estudar e vou caminhar um pouco por aí. Antes de sair do lado de fora avisto mi-cha e soraya andando mais ao me verem começaram a correr. O que deu nelas?

- Mi-cha você...

- D-desculpa h-handy e-estou ocupada - e assim ela saiu junto com soraya antes mesmo de eu falar. Por que todo mundo está ocupado hoje?!

...


Estava um bom tempo o ar batia no seu rosto com necessidade e até é bom para aliviar o estresse, por que tá difícil. Meu celular tocou e logo o atende.

- Oi omma? - Peguntei esperando ouvir um " feliz aniversário " vindo dela mais nada.

- Handy! Seu appa não está bem ,ele quer ver você agora em casa. - Falou.

- O quê?! Omma o que está acontecendo?! - ela desligou antes de me responder.

Xinguei alto fazendo os que estavam a minha volta se assustarem. Corri feito louca até pegar um ônibus que dava direto a minha casa. Passando um bom tempo sentada angustiada tentando manter a calma e dizendo pra mim mesmo " está tudo bem ". E como alívio descir do ônibus e voltei a correr até abrir a porta e repara uma casa completamente vazia e na escuridão. Tento procurar a luz mais antes de tentar, ela se acendeu e logo apareceu: mi-cha, soraya , jin, minha omma e appa todos cantando parabéns. A decoração até parecia que eu tinha feito, era tudo preto mesmo. Omma segurava o bolo com mais de duas camadas se direcionando a mim e ao topo uma vela onde saia faísca.

- Faça um pedido - pediu appa.

Fiz o que ele mandou , pensei e desejei ter uma vida com um emprego agradável. Soprei e todos bateram palmas.

- Vocês estavam fugindo de mim por causa disso - Falei com as garotas.

- A mi-cha não sabe mentir. Ainda bem que não suspeitou - Falou soraya entediada como sempre.

- Não mesmo! - ri. - Omma você foi cruel inventou uma desculpa dessas sabendo que eu vinha aqui angustiada e com medo.

- Desculpa mais foi necessário. Agradeça a quem inventou tudo isso.

- Não foram vocês?

- Não, foi o jin ele é o melhor colega de quarto que possa existir. - Falou appa, espera! Mais ele falou isso para um garoto! Meu deus! Ele abduziu meu appa.

- É mesmo? - debochei olhando para jin.

- Eu sei eu sou o melhor - se exibiu.

- Não me lembro de te ter falado meu aniversário.

- Vir seu diário - Falou se sentando no sofá. Logo meu appa fez o mesmo.

- O QUÊ?! - Surtei.

Alguém vai morrer hoje.

- Handy vamos cortar o bolo - Falou omma.

Posso cortar ele também?

Enquanto ajudava minha omma, observava os dois conversarem como se fossem melhores amigos do mundo.

- Omma tem alguma bebida por aqui?

- Sim, tem uma garrafa de champanhe no freezer.

Fui até lá e peguei, mais antes de tentar beber, meu appa queria também e logo todo mundo queria. Péssima idéia ter pegado agora.

Comemos e bebemos até todo mundo se embriagar. Até eu também, não conseguia mais raciocinar direito. Soraya estava bem até por que dizendo ela que não bebe e também por que levaria mi-cha pra casa.

Minutos depois soraya se despediu e saiu levando mi-cha nas costas. Meu appa disse que jin poderia dormir aqui e logo depois subiram pra dormirem me deixando sozinha bêbada e ele também.

Estava um pouco sonâmbula e não conseguia controlar o que falava. Minha cabeça girava muito.

- Por que você... faz isso?

- O que eu faço?! - Falou chegando mais perto.

- Isso! - apontei para o mesmo ainda com os olhos fechados. Logo caímos na gargalhada sem saber o por quê disso.

Sinto sua respiração pesada se aproximar de mim , antes de abrir os olhos pra entender o mesmo tinha me beijado. Ele estava sorridente e quando ia fazer isso de novo, caiu no chão e dormiu. Eu sem ligar me joguei no sofá e adormeci feito pedra .


Notas Finais


💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...