1. Spirit Fanfics >
  2. Love My Tiger >
  3. Calissa

História Love My Tiger - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um hoje, pois estou inspirada *-*
Continuando!

Capítulo 4 - Calissa


Calissa

Ok, quando eu aceitei acompanhar Kishan, eu não achei que ele tivesse uma personalidade tão… Amigável? Ele parecia um bebê gato gigante, e eu, aparentemente, era seu novo novelo de lã.

Estava agachada cuidando da alimentação de Kishan quando sinto um peso nas minhas costas, fazendo-me cair de cara no chão. Após me recuperar, sento-me e o encaro irritada.

-Kishan, eu sei que você gosta de brincar, mas não pode chegar assim. Você é pesado! - o repreendi como repreenderia uma criança - Você pesa o que? 400 kilos? - perguntei e ele rosnou e abaixou as orelhas, como se estivesse ofendido - Eu não quis te chamar de gordo, só não faço a menor ideia de quanto um tigre pesa. Mas você não deve estar longe disso não, meus ombros estão doendo - reclamei e ele rosnou de novo - Para de rosnar pra mim! Você é pior que a Kiara, e olha que ela é chata pra caramba! - reclamei e ele inclinou a cabeça, como se não entendesse o que eu estava falando - Ah, eu não contei pra você, eu tenho duas irmãs gêmeas - comentei, voltando a arrumar a comida dele e ele me encarou como se tivesse interessado - Elas estão indo buscar Dhiren e Kovu, para levá-los junto com você para a reserva - ele abanou a cauda e se aproximou de mim - Por mais que não te interesse, essas são elas - mostrei uma foto de nós três para ele, que encarou a tela do celular atentamente - A ruiva é a Aurora, a irmã talentosa e descolada. Faz faculdade de biologia; toca piano, teclado, violão, guitarra, ukulele, violino e gaita de foles, por mais que eu não entenda muito sobre a função desse último; Fala 15 idiomas; profissional de balé e lutadora profissional de Muay Tay, Sambo e Krav Maga. Aí vem a pergunta, como ela conseguiu aprender tudo isso e ter apenas 19 anos, mas eu não faço a menor ideia. Acho que quando eu e Kiara ficávamos vendo filmes e séries largadas no sofá de casa, ela decidiu fazer alguma coisa produtiva - ponderei - Ah, e essa é a Kiara, trabalha com o Sr.Kadam e foi quem me arrastou para levar você para a Índia. Faz faculdade de Nutrição e provavelmente está no México agora cuidando do Kovu - o encarei e ele parecia realmente concentrado no que eu falava - Gostou de saber mais sobre as minhas irmãs? - perguntei e ele encostou o focinho no meu rosto. Sorri e acariciei a cabeça dela - Coma - apontei para a tigela - Antes que decida comer outra coisa - murmurei comigo mesma e sai da jaula.

[...]

-Aurora, quanto pesa exatamente um tigre? - perguntei para ela enquanto dava algumas vitaminas para Kishan e ele me encarou com seus olhos dourados confusos - Eu tenho a impressão de que chamei Kishan de gordo.

-Os machos vão de 90 a 310 quilos, podendo medir de 2,50 m a 3, 9 m de comprimento - Aurora respondeu - Espera um pouco, Ren! - ela exclamou, provavelmente para o seu tigre - A ponto de curiosidade, as fêmeas variam entre 65 e 170 quilos e podem medir de 2 m a 2,8 m.

-Ah, então eu não errei tanto - encarei Kishan - Eu disse que ele tinha 400 kilos.

-Se ele for do tamanho de Ren, eu chutaria entre 250 e 300 quilos - ponderou - Não rosna pra mim, olha o teu tamanho, acha que pesa 100 quilos?

-Para de brigar com ele - eu comentei, segurando o riso e ela bufou.

-O Kishan também responde tudo que você fala com rosnados, grunhidos ou ronronados?

-Responde, e às vezes me dá focinhadas - emendei.

-O máximo que o Ren me deu foi uma cabeçada, mas eu acho e espero que foi sem querer - ela ponderou - Enfim, acredita que meu professor de genética me enviou um estudo sobre coloração na pelagem de tigres depois que descobriu que eu tranquei minha matrícula para levar um exemplar branco pra Índia? Agora eu sou quase uma enciclopédia ambulante de tigres.

-Eu espero mesmo que você tenha aprendido a falar híndi - disse, agora preparando o almoço de Kishan.

-Eu falo bengali e alguns dialetos indo-iranianos - Aurora respondeu - Talvez ajude em alguma coisa pra não ficarmos completamente perdidas.

-Eu nunca fiquei tão feliz por você aprender um idioma que dá habilitação pra vários outros - brinquei - Inclusive língua cigana.

-Romani, pra ser exata - ela corrigiu - Vou desligar, Ren está tentando me atingir com a pata, provavelmente querendo atenção. Até semana que vem.

-Até - respondi e ela desligou.

 


Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...