1. Spirit Fanfics >
  2. Love Note >
  3. A verdade

História Love Note - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Meu Deus kkkk me desculpem a demora.

————————— Boa Leitura ————————-


~ Moon 🌙

Capítulo 12 - A verdade


Fanfic / Fanfiction Love Note - Capítulo 12 - A verdade

                                  Love Note

                         Cap.12 - A verdade 

 

Jaemin acordou no meio da noite, em um pulo, assustando e acordando Jeno também.

 

— Nana, o que foi? — o Lee perguntou, com a voz meio enrolada, esfregando os olhos.

 

— N-Nada eu só tive um pesadelo.

 

O loiro acariciou o braço do mais novo, tentando o tranquilizar.

 

— Calma, está tudo bem. Eu estou aqui.

 

Jaemin observou cada detalhe do rosto de Jeno antes de suspirar.

 

— N-Nono, que horas são?

 

O Lee pegou o celular que havia deixado no criado mudo e foi quase cegado pelo brilho. Teve de semicerrar os olhos para ver direito.

 

— Uma da manhã, por quê?

 

 

O Na se sentou de uma vez na cama, com os olhos esbugalhados.

 

— Sua mãe vai brigar? — o loiro perguntou, estava apreensivo, não queria que Jaemin levasse uma bronca.

 

— N-Não, não vai. E só que... — se autointerrompeu quando viu Donghyuck passar pela parede, com o caderno em mãos. O cupido parou na frente da cama e sorriu.

 

— Talvez eu tenha sido uma praga com você, mas depois de uns dias eu percebi uma coisa — ao perceber que Jaemin prestava atenção em si, continuou — O caderno só serviu como um empurrão para as emoções reprimidas de Jeno. Ele já gostava de você antes, Jae. Por isso o "efeito" — fez as aspas com os dedos — Não passou depois da meia-noite. Ele te ama sem precisar de um caderno.

 

 

 

Jaemin quis dizer algo, mas Donghyuck sabia que o Na ia o agradecer e o bater por não ter dito nada.

 

— Eu tenho que ir agora, meus supervisores disseram que me querem de volta no céu — o cupido  bagunçou os fios de Jaemin —  Irei visitar vocês na forma humana da próxima vez. Agora é melhor você falar com seu namorado, ele tá te encarando faz um tempo.

 

 

 

O Na riu de desespero.

 

— Te vejo por aí, Jae — Hyuck sorriu e sumiu diante de seus olhos.

 

—  Jaemin, você está bem? — Jeno se sentou e quando sua mão já estava próxima da bochecha do menor, o Na deitou-se sobre o seu corpo, o assustando — Jaemin?

 

— Eu te amo, Nono — o rosado  disse com um sorriso enorme. Jeno, com a canhota, acariciou a cintura do mais baixo e com a destra, aproximou o corpo do menor do seu, o deitando melhor sobre seu corpo.

 

 

— Eu também te amo, Nana.


Notas Finais


Com este capítulo aproveito para dizer que a fanfic está chegando no final :’)

Espero que tenham gostado ♥️

~ Moon 🌙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...