1. Spirit Fanfics >
  2. Love Notes >
  3. Love Notes

História Love Notes - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá! Faz muito tempo que não apareço por aqui, mas o nctzen lançou mais um projeto e fiquei animada para participar. Estou postando aos 45 do segundo tempo, mas a ideia inicial era de apenas uma one, mas então as ideias foram brotando e cá estou eu, com uma nova fanfic. Não serão muitos capítulos e eles tampouco serão tão longos, mas espero que vocês gostem!

A capa maravilhosa feita pela marida perfeita que eu amo mais que tudo nesse mundo! Obrigada @Little_j por sempre me salvar e aturar meus surtos!

Apreciem sem moderação e nos vemos nas notas finais! ♥️

Capítulo 1 - Love Notes


Fanfic / Fanfiction Love Notes - Capítulo 1 - Love Notes

Kim Doyoung para Jung Jaehyun é: como uma manhã de sol, com raios quentinhos e gostosos sobre a pele morena, o ar fresco de outubro soprando os cabelos pretos ao vento, enquanto o sorriso branquinho e de dentinhos avantajados se alarga ao contemplar o voo de uma borboleta sobre um girassol.

Claro que, Jaehyun nunca deixou Kim Doyoung saber disso. Era demasiado constrangedor ter essa paixão pelo mais velho, quem dirá o que seria da sua reputação já não muito conhecida se o garoto soubesse de seus amores e sonhos fofos e felizes. Era melhor deixar tudo em segredo. E assim ele o fez.

O último ano do ensino médio estava quase no fim. Novamente as folhas caiam amareladas das árvores, enquanto o vento suave as levavam para longe, em um destino que nem mesmo o tempo poderia prever. De olhos fechados, sorrindo suavemente e com os braços apertados sobre os livros das matérias que teria no dia, Jaehyun deixava que os cabelos voassem por sobre sua cabeça e sentindo o cheirinho gostoso de rosquinhas e café preto, ele contemplou e relembrou mais um dos inúmeros sonhos que tivera com o Doyoung.

Ah, se por um momento apenas ele pudesse ter o prazer de tocar aqueles lábios com os seus, de sentir a temperatura da pele, poder constatar se as mãos eram tão suaves e macias como seus sonhos lhe descrevem. Mas para tal, lhe era exigido coragem, e Jaehyun era um completo medroso.

- Acorde e brilhe, meu amigo. – A voz de Taeyoung soou aos seus ouvidos, despertando o mais novo de seus costumeiros devaneios.

- Sim, sim, eu só estava –

- Sonhando acordado, mais uma vez. Esse sorriso bobo em seu rosto já até me diz com quem, e eu adoraria ter essa conversa contigo mais uma vez, mas professor Burns nós espera para o tal projeto!

Jaehyun fez uma pequena careta e concordou, e juntos os amigos correram para dentro do colégio, esbarrando em retardatários e grupos histéricos, tentando não serem pisoteados pela desordem comum do ensino médio as 7 da manhã.

Os alunos do terceiro ano foram todos movidos para o anfiteatro, uma sala grande e quadrada, com mais de 300 acentos, onde geralmente aconteciam palestras e eventos importantes aos alunos. Jaehyun e Taeyoung se acomodaram mais ao fundo, entre a última fileira, querendo ficar longe das vistas de todos. Era de conhecimento geral que os dois amigos eram fadados a conversas altas e risadinhas escandalosas, e quanto mais longe das vistas ficassem, menores seriam as chances de serem pegos entre gargalhadas de piadas sem graças e comentários sobre outras pessoas.

Conforme o local ia se enchendo de alunos, os olhos castanhos de Jaehyun vagavam velozmente de rosto em rosto, a procura da face daquele que tivera em seus sonhos noite após noite.

Foi com surpresa que ele notou que, como o salão estava praticamente cheio, os lugares disponíveis eram os do fundo, mais precisamente, na fileira em que ele estava, assim, não sobrou opções a Doyoung a não ser se sentar duas cadeiras de distância de Jaehyun e Taeyoung, este que logo cutucou o amigo, acenando e mexendo as sobrancelhas, escondendo o sorriso travesso logo em seguida.

- Cale a boca. – Disse Jaehyun, sentindo as bochechas quentes e coradas por puro constrangimento.

- - Ah como eu amo as pequenas coincidências.

Antes que Jaehyun pudesse retrucar, o professor Burns, com seus oclinhos redondos e a barriga avantajada subiu ao palco, se postou em frente ao microfone e começou a falar.

- Bom dia, meninos e meninas! Não vou me enrolar muito aqui, pois temos muito trabalho e quero logo ver todos vocês com as mãos na massa! – Ele sorriu para todos, que olhavam para ele ansiosos, antecipando pelo projeto do professor, que era conhecido por suas grandes e divertidas ideias. – Como todos sabem, e se não sabem, não estavam prestando atenção nas aulas, estamos estudando as diversidades culturais e o nosso próximo foco de estudo será o país Brasil! Situado na América do Sul, conhecido por seu clima tropical, esse país não é conhecido apenas pelo seu excelente futebol, mas também por ser dotado de diversas culturas típicas e atípicas, sendo bastante diversificado em suas crenças e costumes. Alguém aqui poderia me dizer algo bastante característico do Brasil?

- Carnaval!

- Rio de Janeiro!

- Futebol!

- Samba! – os alunos falavam entusiasmados, um por cima do outro, todos enumerando e ressaltando coisas que viam falar nas televisões a respeito do país de calor intenso e fama mundial!

- Sim, todas essas coisas são bastante marcantes quando falamos desse lugar. Mas há uma comemoração muito popular, que muitos se esquecem e que coincidentemente ocorre no mês de Julho por lá! Alguém sabe me dizer? – O silêncio absoluto correu pelo lugar, os alunos silenciosos esperando pela resposta do professor. – Bem, o Brasil também é conhecido por suas festas Juninas! Essas comemorações são feitas em homenagens aos três santos de maior adoração dos brasileiros. – E então uma sequências de slides foi passada, exibindo as comemorações com decorações coloridas e diversas brincadeiras e comidas típicas da região.

Os olhos de Jaehyun brilhavam conforme ele olhava as cores e enfeites na tela, sua cabecinha criativa pensando em situações em que ele estaria ali, de mãos dadas com Kim Doyoung, com brincadeiras e sorrisos sinceros e calorosos.

- E esse é o nosso projeto, garotos. Todos os alunos do terceiro ano serão responsáveis por organizar uma festa junina a ser realizada no dia 31 de julho. Espero colaboração e parceria entre todos os alunos, os grupos podem ser escolhidos independente de salas e ideias novas para projetos devem ser reportados a mim. O diretor nos disponibilizou um orçamento generoso, visto que a festa será aberta ao público! Lembrando que, a participação neste projeto equivale a 30% da nota final de vocês! Vamos começar?

E assim, a bagunça estava armada! Todos saíram entusiasmos, com conversas animadas, logo juntando-se aos amigos e formando grupos númerosos e falantes. Conforme o salão esvaziava, Jaehyun manteve seus olhos sonhadores na tela, enquanto Taeyoung, que havia se levantado, parava ao fim da fileira, se dando conta de que o amigo nem mesmo se movera.

- O que foi? – Questionou o mais velho ao acastanhado.

-  Você acha que Doyoung gostaria de se juntar a nós? – Soltou sem ao menos perceber. Taeyoung sorriu com malícia e apenas respondeu:

- Por que você não pergunta? Ele está bem ao seu lado.



Notas Finais


Se você gostou, deixe seu comentário e aproveite e me diga: Kim Doyoung vai acertar a oferta ou não?

Ah! Ignorem os erros de português, eu estou na loucura velha da vida e bom, meu celular e o word não colaboram muito, sem falar na minha típica falta de atenção!

♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...