História Love of blood ( imagine Chanyeol- exo) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, TWICE
Personagens Baekhyun, Chaeyoung, Chanyeol, Chen, D.O, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Sana, Sehun, Suho, Tao, Tzuyu, Xiumin
Tags Chanyeol, Exo, Kpop, Vampiro
Visualizações 237
Palavras 705
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei

Capítulo 11 - Vou te contar!


         *CONTINUANDO*

 Chanyeol: Vocês se conhecem?           

    Minhye: Já estudamos juntas,  éramos grandes amigas. 

        Chanyeol: Quem bom, vou chamar a omma e já volto.- Ele saí e a Minhye fica me olhando  

          Minhye: Enfim  achei seu esconderijo.             

   S/N: Se você falar pro Yeol alguma coisa sobre aquilo, você vai se arrepender.          

    Minhye: Não vou falar nada, bom, não agora. Mas pode ficar calma vampirinha.      

   Como eu odeio essa garota, se ela abrir a boca, já era, o Chanyeol saberá de tudo.  

   Chanyeol: S/N essa é minha omma.- Mostra uma mulher também alta e muito bonita

 S/N: É um prazer senhora Park.

      Sra: Igualmente querida. Yeol por que não mostra a casa pra S/N? O Jantar está quase pronto, estou esperando sua irmã chegar.        

    Chanyeol: Tudo bem, vem cá.- Segura minha mão e me leva pra conhecer a casa- Esse é meu quarto.

   S/N: É muito lindo Yeol.- Era azul com coisas de basquete na parede        

 Chanyeol: Eu prefiro futebol, mas basquete também vale.    

      S/N: É muito bonito.

          Chanyeol: Então vamos aproveitar o momento aqui.- Ele deita na cama e eu deito sob seu peito- Eu fico tão feliz que você esteja aqui comigo.     

    S/N: Eu também.

     Chanyeol: Ainda bem que a MinHye está aqui, vocês são amigas né?     

     S/N: Não mesmo, ela já foi minha melhor amiga um dia, mas ela... eu não quero contar.- Meus olhos enchem de lágrimas  

       Chanyeol: Não chora, foi algo tão ruim que fizeram vocês se separar?        

   S/N: Sim. Amanhã vamos sair, eu quero te contar uma coisa.          

 Chanyeol: Não preciso falar agora, eu não queria te pressionar.        

  S/N: Não, eu quero falar. Só me promete que não vai me odiar.        

 Chanyeol: Você é uma assassina de aluguel por acaso?       

   S/N: Não.- Eu rio- De qualquer forma, eu quero agradecer por gostar de mim.

       Chanyeol: Eu gosto de você pelo que você é, não precisa agradecer, eu te amo.       

     Ele veio me beijar, mas a porta se abre e a Jihyo aparece.

  Jihyo: Cheguei crianças, parem de pouca vergonha e venham jantar.   

   (...)     

   Sr Park: Então S/N, você deseja fazer faculdade? 

         S/N: Sim, quero fazer de artes.      

  Sr Park: Sabe que é um mercado arriscado?     

     S/N: Sim, mais trabalharei arduamente.

  Sra Park: Sim, e irá conseguir, parece uma garota forte.

             S/N: Obrigado.

             MinHye: A S/N sempre foi uma garota forte, tinha uma fama na antiga escola.

       Sra Park: Por que mudou de escola nesse ano S/N, já estão perto de ser formar?     

     S/N: Foi porque...- O Chanyeol segura minha mão 

   Chanyeol: Vou levar a S/N pra casa, está ficando tarde.

       S/N: Sim, está ficando tarde. Obrigado pelo jantar e pela companhia.- Faço reverencia e saímos      

     (...)    

      S/N: Quer entrar?  

  Chanyeol: Uau, tem certeza?       

   S/N: Sim.    

        Chanyeol: Se você insisti tanto eu aceito.

       Entramos e fomos dormir juntos, queria ficar perto dele nem que fosse a última vez.              

 *POVS CHANYEOL* 

         Escuto um barulho vindo da cozinha, a S/N está dormindo.  Vou silenciosamente até a cozinha.         

HaeJoon: Veio dormir aqui rapazinho? Sabe que eu considero a S/N como uma filha, e não quero que à magoe.       

   Chanyeol: Como o senhor  entrou aqui?         

  HaeJoon: Tenho meus truques, só não são piores do que o da S/N.

 Chanyeol: Do que você está falando?      

  HaeJoon: Que tudo que você sabe sobre sua namorada, é uma mentira. Na verdade já falei demais, agora sua vez de descobrir.- Ele anda em minha direção, estava com o rosto desfigurado, como se fosse um monstro                

        *DIA SEGUINTE*    

           *POVS S/N*

         Acordo e não vejo o Chanyeol do meu lado.

            S/N: Yeol!- Grito indo até a cozinha   

          Suho: Já tá pensando nele á esta hora da manhã?    

        S/N: Ele veio dormir aqui, mas agora sumiu.

Suho: Eu não vi ele.

Vou para o quarto e ligo pra ele, o celular estava chamando até que alguém atende mais não era o Yeol

~O tempo está passando. Se não correr seu namorado será apenas um pedaço de carne. S/N corra e venha me encontrar na minha antiga casa, se não vier em menos de 20 minutos, adeus Chanyeol ~        

Ele desliga, sinto um sentimento estranho, isso seria o medo? Medo de perder o Yeol? Visto qualquer roupa que pego no armário e vou atrás dele. Se ele machucar o Yeol, eu juro que o faço pagar bem caro.                                                                                                                                   


Notas Finais


Espero que tenha ficado bom. O próximo capítulo será bastante decisivo para a fanfic


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...