1. Spirit Fanfics >
  2. Love of my Life - Imagine Taehyung (BTS) >
  3. Dois.

História Love of my Life - Imagine Taehyung (BTS) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Dois.


Fanfic / Fanfiction Love of my Life - Imagine Taehyung (BTS) - Capítulo 2 - Dois.

LOVE OF MY LIFE — CAPÍTULO 02

Seul, Coréia do Sul

Quarta-feira, 04 de Março de 2020

Às 13h20min PM

Lee (s/n) on. 

Rosé: beleza, tem tudo o que precisamos...

Lisa: menos comida. — Lisa diz bufando enquanto olhava os armários, realmente não tinha nada para comer aqui. 

(S/n): é melhor alguém ir no mercado. — digo tirando a minha atenção do livro que estava lendo. 

Rosé: é, alguém tem que ir... — diz Rosé é senta no balcão da cozinha colocando a mão no rosto, eu apenas encaro ela, Rosé parece entender o que eu quis dizer. — o que? Eu não vou ir no mercado não! 

(S/n): qual é, Rosé. Lisa e eu não conhecemos nada aqui. — digo fechando o livro que eu estáva lendo e indo lentamente na sua direção. 

Rosé: eu morava em Busan, não em Seul. — pego minha bolsa e ando até a porta principal da casa. 

(S/n): ok, ok... Eu me viro. — le

Lisa: ei, eu vou com você. — a Loira vem na minha direção. 

Rosé: eu não quero ficar sozinha aqui, vou junto.

[...]

Nunca vi um mercado tão cheio como esse !! É muita gente, mal consigo andar nos corredores com esse carrinho. Eu e as meninas nos dividimos para ir mais rápido, agora eu estava procurando alguns doces, isso com certeza não poderia faltar. O único problema é que eu não faço ideia de onde ficam os doces. 

(S/n): com licença, moço. Poderia me dizer onde fica o corredor dos doces? — cutuco o homem que estava na minha frente, tentei ser o mais educada possível. Ele virou-se para mim e eu fui no céu e voltei. Esse garoto era lindo, seu cabelo comprido com algumas mechas caindo nos olhos o deixava mais charmoso... Tenho que focar no doces !!

— ah sim, é o quinto corredor á direita. — ele sorri ao terminar de responder a minha pergunta, o seu sorriso quadrado era tão perfeito.

(S/n): muito obrigada, moço. — sorrio para o garoto e sigo o meu caminho, ao chegar no quinto corredor viro a direita e começo a pegar alguns doces e colocar no carrinho. — acho que é isso. — falo comigo mesma e vou á procura das meninas, eu não achava elas em lugar nenhum. De vez em quando eu passava em alguns corredores e o meu olhar ia diretamente para o garoto que falei á minutos atrás. Acho que ele também percebia a minha presença, pois quando eu olhava para ele, ele já estava olhando para mim. 

Rosé: BUH !! — Rosé aparece do nada me assustando. 

(S/n): que susto sua galinha despenada !! — destino um tapa na sua cabeça a fazendo passar a mão no local atingido. 

Rosé: aii. — resmunga. — desculpa aí. 

(S/n): tudo bem, onde está a Lisa? — pergunto olhando em volta para tentar achar a garota loira. 

Rosé: deve tá por ai, em algum lugar... 

(S/n): já pegou tudo o que estava na lista? — pergunto conferindo a minha lista para ver se eu já tinha pegado tudo. 

Rosé: tudinho.

(S/n): beleza, vamos procurar a Lisa. — andamos por alguns corredores á procura da Lisa, e achamos ela conversando com um garoto, mal chegamos e ela já está arrumando um namoradinho. — Lisa! Te procuramos por todo o mercado garota. — digo dando um leve tapa no seu braço, ela massagea o local e eu lembro do garoto. — ah, oi. — digo

— olá. — ele diz simpático e eu apenas sorrio em resposta. 

(S/n): Lisa, diga tchau ao seu novo amigo e vamos. — as vezes eu pareço ser mãe dessas meninas. 

Lisa: ah ok, tchau Hoseok. Até outro dia. — ela se despede do Hoseok e nós três fomos até o caixa para pagar as compras e depois pegamos um táxi e voltamos para casa. 

Rosé: Hoseok... — diz provocando Lisa enquanto batia de leve em seu ombro. 

Lisa: não começa! — diz Lisa empurrando Rosé. 

(S/n): quem vai fazer a janta? — pergunto terminando de guardar as compras. 

Lisa: eu. — diz Lisa e vai na direção da cozinha e pegando algumas coisas para começar a fazer a comida. 

(S/n): vou tomar banho, daqui a pouco eu desço. Subo as escadas indo na direção do meu quarto, preciso fazer minha matrícula em alguma faculdade, mas eu não faço ideia em qual faculdade estudar, já que não conheço nada aqui eu não sei qual é a melhor faculdade. — é tão difícil ser eu! — me jogo na cama é fico pensando na vida, 

Separo um pijama e deixo em cima da minha cama, vou até o banheiro e tiro minha roupa logo entrando na banheira e tomando um banho relaxante. Visto uma lingerie branca e o pijama que havia deixado em cima da minha cama. Olho para o quadro que tinha uma foto minha com a mamãe e o papai, então decido ligar para eles. 

Omma: (s/n)? — diz ela do outro lado da linha. 

(S/n): sim, mãe. 

Omma: ah (s/n), estou com tantas saudades filha. — estava com uma voz chorosa, o que acabou me fazendo chorar também. 

(S/n): eu também estou, mãe. 

Omma: como está indo ai?

(S/n): está tudo ótimo. 

Omma: e as meninas? 

(S/n): Lisa está fazendo o jantar e Rosé... Bom, eu não sei o que aquela maluca está fazendo. — escuto a sua risada do outro lado da linha e acabo rindo também. 

Omma: que bom que estão todas bem, tenho que ir trabalhar agora, beijinhos. — ela encerra a ligação. 

Lisa: O JANTAR ESTÁ PRONTO !! — Lisa grita do andar de baixo, desço até a cozinha e ajudo as meninas á por a mesa, e depois disso começamos a comer. 

Rosé: quando vamos nos matricular em alguma faculdade?

(S/n): amanhã ou sexta-feira. — digo com a boca cheia e a Lisa bate com a colher na minha cabeça. — AI !! O que foi? 

Lisa: não fale com a boca cheia !! — ela diz e eu e Rosé rimos, após terminarmos de comer cada uma foi para o seu quarto. Ao chegar no meu, me jogo na cama e logo adormeço, amanhã eu iria dar uma volta pela cidade. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...