1. Spirit Fanfics >
  2. Love Or Friendship >
  3. Namorando...

História Love Or Friendship - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


gente trouxe um capitulo recheado pra vocês, já que estamos presos em casa por causa da quarentena, nada melhor que ler uma fanfic deitado(a), então ai esta um novo capitulo pra vocês aproveitarem este momento triste, espero que este momento logo passe, que achem a cura pra este vírus mas enquanto isso gente se previnam contra ele, mas não vou falar desse vírus, fiquem com o capitulo, beijos.

Capítulo 28 - Namorando...


pera esse beijo...

~~Ana~~

Esse beijo foi diferente, pelo menos no começo eu pude sentir, esse beijo não teve intensidade mas não foi ruim, pareceu me lembrar toda nossa historia não sei explicar, sabe aqueles beijos de romance? foi parecido, esse beijo me lembro de tudo que nós enfrentamos pra estarmos juntos, Mas esse sentimento foi algo bem rápido uns 5 segundos praticamente, logo depois os beijo fica ardente e selvagem me fazendo perder o controle de minhas ações, Mat acaricia meu rosto e deixa uma de suas mãos que estava adormecida em minha cintura fazer um pequeno passeio, minhas mãos ficam em sua nuca que automaticamente me faz bagunçar seu cabelo por completo, isso o faz perder total controle de seus atos que o faz me jogar contra a parede, prensar meu pulso e me beijar com mas ardor, o mesmo começa a beijar meu pescoço e dar leves mordidas, suas mão ficam mais ousadas que começam a passear pelo meu corpo.
_Mat.... por favor, ele para e me olha.
_você esta me deixando louco! o mesmo fala me contraindo mais.
_mas isto è ruim? Mat sorri para mim.
_não kkk, eu o olho sem entender
_então isso è... Antes que eu diga Mat me surpreende com mas um de seus beijos ardentes, o mesmo pega meu pulso o contrai contra a parede para ter mas acesso ao meu corpo, me beija com mas fervo, sua língua faz uma dança com a minha, seus lábios passeiam sobre os meus, Mat entre os beijos da mordidas nós meus lábios inferiores me deixando com fervor. Finalizamos o beijo por conta da falta de ar.       
_se você continuar fazendo isso vou ficar louco! Diz Mat apoiando a cabeça sobre meu ombro.                   
_eu, mas eu não fiz nada, digo me fazendo de sonsa,
_exatamente, vamos? Mat me olha com cara de safado e ja entendo na hora.
_Hoje não, fizemos ontem ja esta bom! Digo seria pra ele e ele me olha desapontado.
_mas... o interrompo.
_Matheus, já esta tarde já vou embora, digo isso o empurrando e saindo de perto dele.
_não, não! se aproxima de mim morde os lábios e fica na minha frente.
_vou embora Ma.... antes de eu terminar ele me pega no colo deixando minhas pernas ao redor da sua cintura me fazendo o agarrar forte.
_Matheus me põe no chão!!! grito o abraçando.
_pra quem não queria me agarrar, ta encostando muito em mim agora não acha? ele ergue a sobrancelha.
_é obvio ne seu idiota, se eu não segurar eu vou cair!
_nossa chamar seu namorado de idiota? que vocabulário em! me levanta mas pra cima.
_Para velho eu vou cair! grito brava e ele rir. 
_somos namorados podemos brincar um pouco.
_o que?? mas que tipo de BRINCADEIRAAAAA!!!!! Ele começa a me girar me fazendo o abraçar mas forte.
_kkkk pra que tanto medo??? não confia em mim? ele pergunta? 
_confio, agora me põe no chão se não te mato! digo e ele rir mais.
_serio??? ele pergunta isso me tombando me puxando mas colada contra ele.
_me solta!!! digo batendo em seu peito.
_assim você cai!!! diz ele.
_ai não, me bota no chão por favor!!!! diz que nem uma criança.
_se você me der um beijo eu penso no seu caso, ele diz pensativo.
_pensa??? digo erguendo a sobrancelha brava.
_tabom, um beijo te coloco no chão, ele diz isso e coloco minhas mãos em seu rosto e o beijo com tesão, isso deixa Mat fraco, o mesmo me coloca no chão e começa a me empurrar pra cama, caio na cama,  Mat sobre em cima de mim e começa a beijar meu pescoço.
_Mat... não... agora não! digo sussurrando, o mesmo me ignora e já começa a trilhar o caminhos com suas mãos em minhas pequenas curvas, seus toques entram em contato com a minha pele, seus lábios acariciam os meus, passo minhas mãos em seus cabelos, a cada momento meu coração bate acelerado, estou ofegante, e a espera de seu toque que faz minha pele se arrepiar, Paramos novamente o beijo e Mat me olha.
_Mat... por favor não! digo ofegante.
_Ana eu estou louco pra ficar com você! 
_não, hoje não! se nós dormimos aqui não vai ter como eu fazer meus compromissos, outro dia por favor! digo e ele assentiu.
_amor... digo e ele sai de cima de mim e se deita ao meu lado.
_sim, é tão bom te ouvir me chamar de amor.
_vou te chamar muitas vezes, digo sorrindo.
_é pra chamar mesmo, ele diz sorrindo
_ok, então, queria te apresentar pra minha mãe.
_Naiara??? ela me conhece não?? ele pergunta sem entender.
_ela conhece você como meu amigo, não namorado. digo e ele entende.
_ok, mas que dia?? ele diz meio animado.
_amanhã pode ser??? digo sorrindo.
_amanhã??? você quer que eu morra cedo?? ele diz triste.
_o que?? digo sem entender.
_sua mãe é brava quando quer!!! ele diz e eu começo a rir.
_brava? minha mãe?? kkkk, você vai lá amanha, e vai arrumadinho cheirosinho, digo dando beijos em sua bochecha.
_Mas Ana,..
_mas Ana nada, você vai e pronto.
_Ana... o interrompo.
_por favor... digo fazendo carinha de bebe.
_a não, para com isso! diz ele virando o rosto e me sento no colo dele.
_Amorzinho??? você vai fazer isso né? porque você disse que me ama e quem ama cuida e você vai cuidar de mim não vai?? falo fazendo cara de choro e ele se da por vencido.
_tabom, amanhã vou esta lá tabom!! diz ele e eu sorrio e o beijo na verdade o encho de beijos. 
_te amo, te amo, te amo, te amo, te amo, te amo, te amo, te amo... digo entre os beijos.
_tabom, eu sei, agora esta na hora de você ir embora, ou vai dormir aqui novamente?? ele me olha empolgado.
_não sei, só se for só pra dormir talvez, digo.
_ai não sei né amor, ele diz todo empolgado.
_vish amor, não da tenho que preparar minha mãe pra surpresa, já que amanha não tem aula você pode ir e ficar o dia todo lá em casa! digo sorrindo.
_isso se sua mãe gostar de mim né?? diz ele com medo.
_á para ela vai te amar!! 
_disso não sei!
_ai amor, ela vai te amar e já esta na hora de eu ir, passamos o dia inteiro juntos, incluindo a noite de ontem, digo me levanto de seu colo e ajeitando minha roupa.
_eu te levo, diz ele sorrindo.
_tabom, de carro ou moto? o pergunto.
_moto o carro esta sem gasolina, ele diz rindo.
_ai Matheus, não sei viu! digo com medo.
_a para você não confia no seu namorado?
 

 


Notas Finais


continua....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...