História Love or Friendship yyxy - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Loona
Personagens Chuu, GoWon, Olivia Hye, Yves
Tags Chuuves, Hyewon
Visualizações 93
Palavras 1.523
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu aqui postando capítulo de madrugada, a loucura.

Capítulo 27 - Cap 27


Japão

— Aí os meus pais se separaram, meu pai ficou com a minha guarda e agora ele me arrastou pra cá. — Yeojin contou em como foi parar no Japão, havia falado que basicamente foi arrancada da casa de Haseul. — Muitas coisas aconteceram quando vocês foram embora. — disse se referindo a Hye e a Yves.

— Que coisas? — a mais velha perguntou curiosa.

— Antes de sair de lá e ir pra outra cidade, a lanchonete da Jungeun tava passando por mudanças que tava ajudando bastante por sinal. — essa parte a Son já sabia, mas esperava por mais, algo que Hyunjin não havia contado. — A Haseul e a Vivi tinham começado a trabalhar pra ela e a pra Jinsoul ou algo do tipo e o casal das Jin's como sempre, sendo um casal peculiar. — a Im contou tudo o que Hyejoo já sabia.

— Só isso? — questionou, Yeojin sabia que ela queria perguntar por Chaewon e Jiwoo.

— Confessa que você quer saber das suas amigas principais, eu sei que é isso.— a mais nova deu um sorrisinho convencido.

— Yeojin! — o pai da garota apareceu com as mãos na cintura. — Minha filha, eu achei que você tava no quarto...oh olá! — o homem acenou para Hyejoo que apenas devolveu com o sorriso fechado.

— Eu preciso ir, vou arrumar minhas coisas. — a garota se levantou da calçada. — Foi bom falar com você, nova vizinha. — a Im disse em ironia e saiu correndo para dentro de casa.

— Desculpa, minha filha as vezes tem um parafuso a menos. — o homem disse sem olhar para a garota. — É bom a Yeojin conhecer gente nova por aqui, você não é daqui é? — Hyejoo queria dizer que já conhecia a Im muito bem apesar de as vezes ficarem em guerrinhas bestas por causa da Choerry, mas optou por não contar.

— Sou da Coréia do Sul mesmo mas tô morando aqui faz um bom tempo. — respondeu calmamente. — Vou adorar conversar mais vezes com a sua filha, agora preciso ir que tá ficando tarde.

— Se quiser pode aparecer mais vezes, vai ser bom pra Yeojin. — a Son apenas deu um sorriso de canto e foi embora.

Dia seguinte

— O que você queria conversar comigo? Espero que seja mesmo importante, você sabe que odeio acordar cedo num sábado. — Olivia disse enquanto tomava seu café.

Yves e Hye estavam sentadas no banco de uma praça olhando a pouca movimentação, a mais velha havia comprado dois cafés para poder contar o que queria falar.

— A Sakura me beijou dentro do provador...— Soo contou fazendo a mais nova ficar totalmente surpresa e fazendo a mesma cuspir o café.

— Eeeeeeh? — foi só o que conseguiu falar.

— Vou te contar tudo. — e a assim a Ha fez, contou tudo detalhamente mesmo a Olivia não querendo detalhes demais. — E foi isso.

— Gente, eu tô...— a Son ficou formulando algo pra dizer. — Pelo menos você não transou com ela né, agradeça a moça da loja. — a mais nova disse tentando ver o lado positivo dessa situação.

— Como vai as coisas com a Erii? — a mais velha mudou o foco da conversa e a Son suspirou pesadamente.

— Ela insiste em que eu namore com ela, mas como sempre né...

— Fugindo. — a Ha complementou soltando uma risada. — Sabe Son, já tá na hora da gente seguir em frente com as pessoas que gostamos.

— Então tá dizendo que gosta da Sakura? — a mais nova arqueeou a sobrancelha olhando para amiga.

— O que eu quero dizer é que não adianta ficar esperando algo de alguém que já ficou no passado e que passado né. — Sooyoung deu um gole no seu café.

— É, você tem razão. — a Hye disse olhando pro nada.

— Vou namorar a Erii.

— Vou ficar com a Sakura.

As duas falaram ao mesmo tempo e se encararam surpresas.

— Que?! — falaram juntas. — Para com isso!

— Como assim namorar a Erii? Mas já? — a mais velha questionou ainda surpresa.

— Ué, você disse pra seguir em frente com quem gostamos e eu gosto da Erii. — a Son rebateu jogando as palavras que Yves havia falado antes.

— É muito precipitado.

— Olha quem fala né, você vai ficar com a Sakura assim do nada e mal conhece a garota. — rebateu de novo. — E dias atrás tava reclamando horrores dela.

— Para de rebater assim, fico num beco sem saída. — Soo estava ficando chateada por Olivia está certa.

– Yeojin tá aqui no Japão. — a mais nova soltou do nada e voltou a tomar seu café. — Longa história, isso ela pode te contar depois.

— Eu nem sou tão próxima dela, mas okay. — as duas suspiraram ao mesmo tempo. — Ela mencionou algo sobre as meninas?

— Não, mas ela percebeu que eu tava com vontade de perguntar só que o pai dela surgiu do nada.

— Menos mal, precisamos esquecer elas. — Yves falou mesmo não estando segura.

— Não quero esquecer elas, só quero esquecer o que sinto pela Chaewon e manter amizade com a Jiwoo. — Olivia se levantou do banco e começou a andar do nada mas parou. — Vou pedir a Erii em namoro! — a garota saiu correndo.

— Ainda acho precipitado.

Coréia

— Arrumou tudo? — Jiwoo perguntou para a Park. — Eu já tô pronta.

— Só falta eu terminar de me arrumar. — Gowon na verdade já estava bem pronta e arrumada, mas mesmo assim achava pouco.

— Por isso que a Hyejoo se irritava, agora entendo ela. — a mais velha revirou os olhos.

— Mas a Hye era outro nível, apesar de toda irritação dela, ela sabia ser paciente até certo ponto. — Chae respondeu tranquilamente.

— Espero muito que a Yves não esteja com outro alguém, eu sinto que ela ainda me ama. — a Kim pegou uma foto que havia fixado na parede, nessa foto ela estava beijando na bochecha da mais velha, ficou encarando e sorriu minimamente.

— E eu fui tão burra por deduzir algo que nem existia, também espero que a Hyejoo estava solteira, mas acho que está sim que ela não é louca de namorar outra se ainda me ama. — Chaewon disse toda cheia de si e Jiwoo ficou abismada com que ouviu. Apesar delas pensarem as mesmas coisas ambas tinham jeitos diferentes de ver aquilo mas mantendo a mesma opinião com palavras ou mais suaves ou mais duras.

Em outro cantinho

— VAMOS LOGO! A GENTE TEM HORA! — Kim Lip gritou totalmente irritada e viu sua namorada puxando Yerim pelo braços. — O que significa isso? — perguntou colocando as mãos na cintura fazendo sua pose de mãe.

— Ela não quer ir de jeito nenhum! — Jinsoul respondeu enquanto continuava puxando a mais nova que estava literalmente no chão e sendo arrastada.

— Essa garota precisa de uma motivação. — Vivi comentou. — Olha só, parece uma barata morta.

— A minha irmã tá no Japão. — Haseul falou. Não era esse objetivo, ela realmente não queria contar que sua irmã estava lá, as irmãs ainda mantinham contato claro por isso a Jo sabia o paradeiro da mais nova.

— Opa! Levantei! Vamos para o Japão garotas! — Choerry deu um grande pulo que até assustou Jinsoul. — Para de parecer um peixe morte, Jinsoul! — dessa vez quem saiu arrastada foi a Jung.

— Pronto, agora Choi Yerim está bem motivada, obrigada querida. — Kahei deu um selinho na namorada.

— Acho que vou fazer isso mais vezes. — a Jo deu um sorriso.

No aeroporto

— Você não disse para as outras! — Chuu disse bem alto mas Hyunjin estava tranquila usando seus óculos escuros.

— Miau. 

— Não disse, mas elas vão entender. — Heejin respondeu pela namorada. — Hyun sabe o que faz.

— Tem certeza? Ela acabou de miar do nada. — Chaewon usou seu tom de dúvida.

— A Kim Hyunjin é brincalhona assim mesmo. — a Jeon respondeu nervosa.

Estava tudo indo bem, as garotas conversavam em como iriam encontrar Hyejoo e Sooyoung. Hyunjin já sabia onde a Son morava mas preferiu se fazer de desinformada.

— O que elas fazem aqui? — Jinsoul estava com a cara fechada, as quatro levantaram.

— A gente pode explicar! — Jiwoo falou desesperada. — Queremos reconquistar a Yves e a Hye.

— Eu sou contra esse absurdo. — Jinsoul disse com os braços cruzados.

— Não seja tão estúpida, você ajudou a Chuu antes. — Jungeun entrou na conversa. — O que custar apoiae agora?

— É que naquele tempo achei que ela era uma garota mais cute cute. — a Jung respondeu.

— Eu continuo sendo e nós vamos para o Japão sim! Vocês querendo ou não! — Chuu disse determinada.

— Em nossa defesa, a Hyunjim sabia de tudo. — Gowon disse e todas olharam para a Kim.

— Miau.


Notas Finais


Era só isso mesmo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...