História Love or Friendship yyxy - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Loona
Personagens Chuu, GoWon, Olivia Hye, Yves
Tags Chuuves, Hyewon
Visualizações 108
Palavras 1.171
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sei que demorei mas tudo tem uma explicação e como eu andei tão ocupado com as provas e trabalhos e isso acabou me causando um certo bloqueio mas sempre vou deixar claro: não vou abandonar a fic.

Capítulo 33 - Cap 33


Japão

— Eu esperei tanto por esse momento...— Gowon comentou com o rosto vermelho assim que foi colocada na cama.

— Esperou? — Hyejoo não evitou de dar um sorrisinho enquanto ficava por cima da loirinha deixando a mesma mais vermelha ainda.

— Hye, eu jamais deixaria outra pessoa me tocar além de você. — as duas se encararam por um momento. — Você é a única pessoa que amo.

— Eu fico feliz em saber disso...— a Son começou a distribuir beijos pelo pescoço da mais velha, enquanto uma mão estava apoiando a garota, a outra passeava pelo corpo da Park.

H-Hye...— gemeu bem baixinho o apelido da garota assim que sentiu o joelho da mesma no meio de suas pernas e começar a pressionar sua intimidade por cima da calça que usava.

Hyejoo continuava pressionando aquela região e isso estava causando um certo incomodo e prazer para Chaewon, precisava de mais contato, sentir as mãos de Hyejoo, sentir a Hyejoo, porém sua mente começou manipular seus sentidos.

Hye já estava experiente em fazer isso, se ela já está experiente é porque fez isso com alguém e esse alguém provavelmente seria sua namorada. Afinal foi mais de um ano longe uma da outra e Hye e a japonesa ficavam e agora namoram.

— P-para Hye...— Gowon empurrou a mais nova que caiu do seu lado.

— O que...— havia ficado confusa e mais confusa ainda ao ver que a loirinha chorava. — Chae, o que houve? — abraçou sua "amiga" que retribuiu numa intensidade maior. — Calma meu amor, eu tô aqui agora diz o que foi? 

— Machuca saber que você tem outra, que você tocou e beijou outra garota...machuca, Hye...mas eu não tenho raiva e nem te odeio. — Chaewon desabafou. — Mas essa situação é chata...— a Son estava em completo silêncio.

Hyejoo se sentia culpada nunca imaginou que um dia machucaria Chaewon dessa forma, amava aquela garota e mesmo sabendo que ninguém tinha culpa em relação a ela e a Erii, se sentia responsável pelas lágrimas da Park. Precisava resolver isso, queria Park Chaewon para si afinal ela não amava Erii e nem sabia o motivo de ter pedido ela em namoro, a sua Chae era especial e o amor de sua vida.

— Eu te amo. — essa simples frase fez o coração da Park aquecer, sentia sinceridade e sentia que a Son nunca a deixaria.

No hotel

— Eu não gosto de você e o que diabos faz aqui? — Hyunjin estava com a cara fechada, estava odiando a presença de Erii.

— Eu quero saber onde está a minha namorada! — a japonesa rebateu sem paciência.

— Yeojin, me segura que eu vou puxar os cabelos dela! — Yeojin usava todas as suas forças segurando a maior.

— O que significa isso? — Heejin aparece na calçada. — As pessoas estão olhando!

— Em nossa defesa essa namoradinha patética da Hye começou! — Yeojin defendeu ela e Hyunjin.

— O que? Comecei onde sua nanica mentirosa?! — a japonesa gritou já perdendo sua paciência de vez.

— Começou assim que começou a namorar a Hyejoo! — a Kim se intrometeu. — Yeo, me segura de novo que vou descer ela na porrada. — a garota se puxava mas era segurada pela baixinha.

— Yeojin...quero falar com você...— Yerim estava do lado de Heejin toda envergonhada.

— Acho que não temos nada conversar. — disse num tom de frieza. — Estou ocupada agora.

— Que fora. — Hyunjin e Erii falaram ao mesmo tempo e logo fizeram uma cara de desgosto e desprezo.

— Vou falar mesmo assim...— a Choi respirou fundo e olhou para Jeon que apenas deu um sorriso para demonstrar confiança. — Eu quero pedir...

— Desculpas? Me poupe, você já fez isso várias vezes e nunca adiantava. — a Im realmente não parecia interessada e isso magoou a Choi que acabou entrando no hotal, Yeojin já cansada soltou de surpresa Hyunjin que estava simulando socos porém acabou atingindo a japonesa que agora estava caída no chão e chamando a atenção de todos.

— Meu Deus, Jinnie...— a Jeon comentou mesmo não sentindo surpresa, afinal já conhecia bem a namorada que tem.

— Caralho Hyunjin! Tu matou a garota?! — Haseul apareceu do nada ao lado de Vivi.

— Vou até tirar uma foto. — Vivi retirou seu celular. — Se bem que eu deveria ter gravado desde o soco.

— Realmente querida. — a Jo concordou.

Calma gente, é só uma brincadeira entre amigas pra uma peça de final de ano! — Heejin havia falado em japonês e parecia ter convencido todos que passavam na frente do hotel.

— Eita, mal voltamos do salão e vocês já cometeram um assassinato. — Jungeun comentou assim que viu a cena.

— Por que sempre chegamos no final da diversão? — Jinsoul fez um biquinho mostrando sua chateação e recebeu um selinho da namorada.

— AI MEU DEUS VOCÊ PINTOU O CABELO! E DE PRETO AAA BLACK HAIR! — Hyunjin e Heejin gritaram ao mesmo tempo.

— Credo, isso que é casal e também é assustador...— Jungeun comentou enquanto Jinsoul se sentia aclamada.

— A namorada da Hyejoo tá realmente mor....JINSOUL, VOCÊ PINTOU CABELO?! — Yerim apareceu e começou a surtar fazendo todas surtarem juntas, menos a Im que parecia não se importar muito. — Yeojin vem comigo. — Yerim aleatoriamente puxou a Im de maneira escondida, levando ela para dentro do hotel.

— Isso é sequestro, sabia? — a Im falava friamente e esse tom magoava a mais velha. — Sério? O quarto?

— Você amadureceu rápido demais e eu achando que como sempre fui a mais velha eu deveria te tratar como...

— Bebê? Fala sério garota.

— Poderia parar de completar as minhas frases. — Choerry revirou os olhos.

— Isso só mostra que temos conexão, não acha? — Yeojin puxou a outra pela cintura colando os seus corpos. — Finalmente posso ter meu beijo de verdade.

— Que...— a mais velha foi interrompida pelo beijo da Im que foi correspondido sem pensar duas vezes.

Em outro lugar

— Que aleatório. — Jiwoo falou enquanto andava de mãos dadas com Sooyoung.

— Eu sei, naquele tempo eu não sabia muito o que fazer. — a Ha contava uma de suas histórias no Japão e como fez pra viver bem por lá. — Eu era meio burra, claro que não no nível Jinsoul do ensino médio né...— esse comentário fez a Kim rir e acabou contagiando a mais velha.

— Soo...eu senti falta disso. — a Kim admitiu. — Queria recomeçar tudo sabe? Mostrar pra você o meu verdadeiro eu...

— Hum...— Sooyoung ficou pensativa por uns segundo e logo sorriu. — Prazer, me chamo Ha Sooyoung. — esticou uma mão para a baixinha e deu um grande sorriso.

— Prazer, me chamo Kim Jiwoo. — a garota cumprimentou a mais velha junto com um sorriso.



Notas Finais


Erii desmaiada e esquecida


Vejo vocês na próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...