1. Spirit Fanfics >
  2. Love Or Pleasure? >
  3. Sétimo Capítulo

História Love Or Pleasure? - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Yoooooo desculpa pela demora. Espero que gostem.

Capítulo 7 - Sétimo Capítulo


Loves...

Sétimo Capítulo...


Me afastei e corri na direção que Naruto lutava, vi quando Naruto ia ser acertado por uma Katana e ativei o Rinnegan e troquei de lugar com ele.

Peguei uma Kunai e olhei nos olhos do cara e enfiei a Kunai na sua barriga o jogando longe. Olhei para o Naruto que jogou minha Katana e sorriu.

Dei um sorriso de lado. Um cara passou voando ao meu lado e vi Sakura parar entre a gente enquanto olhávamos para alguns ninjas a frente. Sorri com a sensação de nostalgia.

- Time 7 – Falei e eles sorriram – Mais uma vez.

Ouvi uma explosão e segui o som, vi Hinata caída um pouco longe do prédio, corri na direção do prédio, vi o Kazekage se protegendo de vários ataques com o escudo de areia.

Pulei e entrei no prédio, enfiei a Katana no peito do ninja e olhei para o ruivo, ele me olhou serio, me virei e fiquei perto dele.

Previ o ataque de bola de fogo e joguei a Katana em direção a onde Naruto estava e segurei em Gaara trocando de lugar com a Katana.

- Você está bem Kazekage? – Ouvi Sakura perguntar, ela curava Hinata.

- Sim. - Olhei para ele e me virei para frente, fiquei fazendo a guarda deles enquanto Naruto acabava de derrubar ao ninjas.

Quando tudo se acalmou, a fumaça e a poeira baixou, pude ver o estrago que haviam feito no prédio onde ficávamos. Olhei para Sakura.

- Cuide do Kazekage. Irei ver se tem algum inimigo ou alguém ferido. – Falei e dei um passo, senti Gaara segurar meu pulso.

- Sasuke... – Ele me olhava preocupado. – Sobre aquilo..

- Agora não é o momento. – Falei sério.

- Mas... não era o que você tá pensando. – Eu suspirei, ficando irritado, um aperto no peito insistia em me dizer o quanto aquilo havia me afetado.

- Kazekage, você não me d3ve satisfação alguma. – Falei já irritado. – Tenho muita coisa importante pra fazer. Então se me der licença.

Sai de lá em passos pesados, estava muito irritado, vi um ninja de mascara vir na minha direção. Ouvi a voz de Naruto dizendo para eu não matar ninguém mais foi automático, o sangue jorrando, depois da Katana ter arrancado a cabeça dele.

Meu sangue fervia, não entendia minha raiva, tentei ao máximo me acalmar, enquanto ajudava algumas pessoas que ficaram presas, quando tudo parecia resolvido voltei para lá, Hinata estava sentado e Gaara ao seu lado.

- Sasuke... eu disse para... – Eu já não ouvia mais nada, foquei na Mizukage que estava parada mais a frente, junto da sobrinha Keiko, eu acho, elas olhavam de uma forma estranha para Hinata.

Senti um desconforto, vi um ninja anbu da nevoa parar ao lado delas e falar algo, vi a mais nova virar irritada e sair andando. Olhei para o ruivo e Hinata, que tinha o pé enfaixado.

Fui até ela, que me olhou surpresa, peguei sua mão e a puxei para cima.

- Você vai para Konoha. – Falei e ela me olhou indignada. – Precisa se cuidar e reportar isso ao Hokage.

- Mais... eu...

- Nada de mais. – Falei e apertei seu pulso ela me olhou assustada. – Eu estou no comando da missão, as decisões são minhas. Você volta pra Konoha hoje.

- Droga. – Ouvi ela dizer e começou a mancar enquanto se afastava de nós.

- Mas Sasuke. – Sakura falou e eu a olhei irritado, ela baixou o olhar e se virou para a pessoa que ela estava curando. Olhei para o Kage que estava olhando para o chão.

- Naruto, faça a guarda do Kazekage, irei levar Hinata até a fronteira de Konoha. – Falei e me virei indo até o prédio, que por sorte o meu quarto e da Hyuuga não haviam sido atingidos.

Arrumei nossas coisas e fui atrás dela, joguei a bolsa dela em cima dela quando a encontrei chorando perto da entrada da floresta, ela me olhou irritada.

- Está chorando por causa do Kazekage? – Falei irritado e indignado.

- Claro que não, seu idiota. – Falou e olhou para o lado. – Eu sempre sou um peso para todos. – Falou e depois vi ela olhar para a mascara nas mãos. – Não consegui proteger ele.

- Pare de choramingar. – Falei e comecei a andar em direção a saída. – Vamos logo.

- Sem se despedir? – Eu a olhei, ela pareceu ficara surpresa, devo ter ativado o Sharingan e Rinnegan.

Nos caminhamos pelo que pareceu horas, mas foram minutos, então parei e a olhei.

- Eu acho que o alvo era você. – Falei serio e ela parou e me olhou.

- Como? – Eu suspirei lembrando da tatuagem que um dos inimigos tinha no ombro.

- Acho que a sobrinha de Mei esta tentando se livrar de você. – Falei e me sentei encostado em uma arvore. – Mas como não tenho certeza nem provas, quero que a vigie.

- Então...

- Preciso que pareça que foi embora e ira prestar atenção nos movimentos em volta e nela. – Falei e a Hyuuga pareceu pensar.

- Não está tentando me manter longe por causa do Gaara né? – Eu arqueei uma sobrancelha.

- Serio?

- Vocês dois... parecem gostar um do outro. – Falou e olhou para o lado.

- Você sabe de quem eu gosto. – Falei enquanto fechava os olhos, ficou o silencio.

- Sasuke... eu... – Abri os olhos, ela me olhava desconfortável, com... pena.

- Eu não estou pedindo pra corresponder meus sentimentos, muito menos ficar com pena de mim. – Falei irritado, ela deu alguns passos para trás.

- Me desculpa. – Olhei para minhas mãos, enquanto um silencio desconfortável cobria o lugar.

- Vou ficar aqui por pelo menos um dia. Para dizer que te acompanhei e voltei o mais rápido que pude. – Ela assentiu. – Depois que eu partir, qualquer sinal de que estiver em perigo, por favor. Me avisa.

- Ok... mas... e agora? – Eu fiquei pensativo.

- Talvez eu me torne o alvo deles.- Falei serio, ela olhou para o lado.

- Você acha que ela tentou me matar porque Gaara parece gostar de mim. – Falou e eu assenti. – Vai fazer parecer que na verdade é de você, então se eles atacarem, o casamento vai ser cancelado na hora.

- Isso...

- Então Gaara vai ficar solteiro. – Arqueei a sobrancelha, ela sorriu. Ignorei e me recostei na arvore.

Aquilo era estranhamente torturante, ficar perto dela, enquanto meu coração batia descompassado, uma dor se alastrava cada vez mais pelo meu peito, não conseguia negar o quanto ainda a amo.

- Sobre aquilo que eu falei. – Ela estava sentada perto de outra arvore. Olhando para a fogueira. Seus olhos se encontraram com os meus.

- Tudo bem...

- Me desculpa, eu acho que acabei ficando irritado por causa do ciúmes, mas você não é obrigada a corresponder meus sentimentos. – Falei me sentindo mais leve.

- Você continua o Sasuke idiota de sempre. – Ela falou e riu, sorri. – Mas quer saber... eu adoraria ir pra cama com você de novo.

- Quem não quer me ter na cama. – Falei com um sorriso malicioso. Ela riu.

Ficamos mais um tempo em silencio, os minutos passando, horas. Logo a escuridão tomou tudo. Não conseguia dormir e pelo visto ela também não.

- Sexo a três. – Ouvi ela falar e a olhei com uma sobrancelha arqueada.

- O que?

- Eu, você e Naruto.

O sorriso malicioso que ela deu me fez ficar sem graça, ela parecia estar falando serio.

- Topa?


Notas Finais


Então? Próximo capítulo tem um Hentai SasuHina.
Espero que estejam gostando. Demorei mais voltei.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...