História Love.... Pain... - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias The 100
Personagens Anya, Clarke Griffin, Costia, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Echo, Lexa, Octavia Blake, Raven Reyes
Tags Clexa
Visualizações 286
Palavras 1.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 20 - Aliada


Anteriormente em Love... Pain...

Lexa olha fixamente para Anya e diz:

_ Você acha que, ela conseguiria me vencer! Não seja tola Anya.

_ Você que está sendo tola. À quando tempo, você não tem uma adversaria de verdade, anos! Clarke e nova e mais, inteligente que você, cuidado Lexa. Sinto que você está indo para um caminhão sem volta. – diz Anya saindo do quarto.

Clarke e Raven estavam em casa fazendo dever. Quando o celular da morena toca, ao ver que era Anya sorri e diz:

_ Oi amor!

Depois de conversarem, Raven olha para Clarke diz:

_ Anya perguntou se pode vir aqui! Ela tem algo para conversar com você!

Clarke surpresa, diz:

_ Sim! Ela pode, mas, não sei porque, ela quer falar comigo!?

Raven volta a falar com namorada no celular, ela depois diz:

_ Ela precisa, conversar sobre Bellamy.

_ Ok! Raven diga para, que pode vir. Mas, traga comida. – diz Clarke rindo.

Raven sorri e diz:

_ Você esperta Griffin! Escutou amor hambúrguer!

 

Aliada!?

 

Depois que chega, Raven e Clarke vão para cozinha se alimentar, Aby não gostava que comessem no quarto, Anya estava um pouco seria, depois de comerem em silencio. Clarke diz:

_ Agradeço a comida Anya! Mas, tenho impressão que você tem algo, para me dizer!?

Anya toma um pouco de sua bebida, depois diz:

_ Por essa razão goste de você Griffin! Sempre direta a ponto! Minha irmã idiota, está tentando fazer você escolher um lado, ela não aceitou muito bem você recusar a proposta dela. Por essa razão Bellamy foi atrás de você!

Clarke respira fundo e diz:

_ Entendo! Sinto que isso e somente o começo certo! Ela estar querendo me fazer de exemplo!!!

_ Infelizmente. Minha irmã não sabe receber um não como resposta. Principalmente pela criação do meu amado pai! – responde Anya com raiva.

Raven sabia que Anya não tinha uma relação muito boa com o pai. Por essa razão segura a mão de sua namorada e diz:

_ Anya!

Ela olha para namorada, sorri e diz:

_Estou bem! O importante aqui e Clarke, entender que não pode abrir sua guarda. Ela deve ficar atenta, alguns dos grupos não tem muita ética. Bellamy até tem uma certa ética, mas, mesmo assim ela deve tomar cuidado.

Clarke ouvia tudo com atenção. Depois de pensar um pouco ela diz:

_ Eu na verdade, não estou interessada em participar desse tipo de briga Anya. Mas, vejo que você está preocupada. O que acontece se eu, não aceitar o desafio!?

_ Bem! Caso você não aceite o desafio, não vai conseguir ter sossego. Em outras palavras, a cada passo seu na escola tudo vai ser mais, difícil pois até os professores tem sua ligação com grupos de luta. Por exemplo Luna a professora de educação física, ela ligada ao grupo de Lucia. Mas, Luna e diferente ela, não vai perseguir você. Já outros não tenho tanta certeza. – dia Anya.

_ Certo! Então não tenho escolha, tenho que lutar e vencer, assim terei sempre minha liberdade na escola! – responde Clarke.

_ Sim! Mas, Clarke você precisa entender algo. Bellamy e um lutador muito melhor que Octavia. Na verdade todos aqui em Pollis são. Os grupos na verdade, foram formados a muito tempo, por famílias nobres de Pollis, depois foi o jeito de continuar mantendo como posso dizer a separação um tipo de casta. – conclui Anya.

Clarke levanta da cadeira e diz:

_ Pelo que vejo, estou sem opção. Vou enfrentar Bellamy sem problema, mas, depois disso irie fazer um desafio a todos os outros grupos. Mas, primeiro preciso estar curada. Amanhã você poderia me mostrar onde fica o grupo dele na escola. Irie marcar o desafio, começa por um ponto final nessa bobagem toda.

Raven nesse momento diz:

_ Clarke! Por favor, tome cuidado na maioria dos grupos não tem muita ética como Anya disse. Alguns podem tentar enfrentar você com algum truque sujo.

_ Eu vou Raven! Anya muito obrigada, sei que você com essa atitude está colocando-se contra seu grupo. – comenta Clarke.

Anya sorri e depois diz:

_ A muito tempo, deixei os ideais do meu pai, fora da minha vida. Quero tomar minhas próprias decisões mesmo que erradas. Sinto muito por Lexa, meu pai já decidiu o futuro dela.

Clarke percebe um tom triste, nas palavras de Anya. Ela segura sua mão e diz:

_ Eu vou tentar ajudar sua irmã também Anya. Esses desafios mostrarão a Lexa. Que nem tudo na vida será como o pai dela planeja.

Anya nesse momento, lembra-se de sua mãe. Quando ela foi embora olhou para elas, disse:

Flashback:

Três anos atrás!

Anya e Lexa, olhavam sua mãe saindo Titus, com raiva dizia alto:

_ Você vai se arrepender Sophia! Sem mim você não e ninguém!

A mulher olha para Titus e diz:

_ Eu sei! Mas, sou uma ninguém feliz, única coisa que fico muito triste, não poder levar Anya e Lexa comigo, mas, você conseguiu comprar o juiz. Mas, saiba Titus um dia elas, vão perceber o quanto você e doente e controlador. E quando isso acontecer, você irá ficar sozinho com seu dinheiro. – diz Sophia.

Ela vai embora, mas, antes olha para trás e diz para suas filhas!

_ Eu amo vocês! Juro que lutei para ficar com vocês. Mas, não consegui. Um dia quando vocês descobrirem quem e seu pai de verdade, me procurem, vou estar à espera de vocês duas. Eu amo vocês!

Anya vê sua mãe indo embora, ela olha para Lexa sua irmã estava com um olhar de ódio, mas, antes que ela pudesse falar com sua irmão, Lexa corre para o pai o abraça e diz:

_ Eu nunca vou deixar o senhor!

Titus abraça Lexa. Anya nesse momento somente respira fundo e vai para seu quarto. Ela sabia de tudo que sua mãe passava com o pai, os abuso e tudo mais, mas, Lexa ainda era muito jovem e não percebia. Mas, infelizmente sua mãe não conseguiu levar elas embora junto com ela. Mas, nesse momento Anya faria de tudo para proteger Lexa de Titus.

Fim do flashback.

Ao olhar para Clarke, Anya sabe com certeza que Clarke poderia ser a pessoa que poderia salvar Lexa de uma vida controlada por Titus.

Clarke por sua vez, estava pensativa seria esse o momento de usar tudo que seus pais tinha a ensinado, usar isso para mostrar Lexa que vida que ela, estava levando não era dela, mas, sim da vontade de seu pai.

Ela sorri e diz:

_ Sabe quando meu pai me treinava, ele sempre dizia. ‘Lembre-se Clarke, lutamos não para mostra nossa força, mas, sim para ter força para proteger as pessoas que precisam de proteção.’

 

 


Notas Finais


até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...