História Love Paradoxe... Jeon Jungkook - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, CL (Chaelin Lee), Elizabeth Olsen, IU, Kim Nam-joon / Rap Monster, Red Velvet
Personagens Elizabeth Olsen, Irene, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Chaelin "CL", Lee Ji-eun "IU", Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé
Tags Bts, Drama, Hot, Jungkook, Romance
Visualizações 436
Palavras 1.524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OBS: Alguns tiros de leve...

Capítulo 5 - O tormento do passado no meu presente...


Fanfic / Fanfiction Love Paradoxe... Jeon Jungkook - Capítulo 5 - O tormento do passado no meu presente...

Capítulo V

Acordo com a minha mãe me chamando.Eu não conseguia abrir o olho e logo percebo que a cortina da janela estava aberta e o sol batia plenamente em meu rosto.Viro meu rosto contra a luz do sol e tento ignorar minha mãe chamando meu nome,mas como eu sabia que não iria dar em nada atendo á seu pedido e me sento na cama tentando acordar de verdade.

S/m - Vamos S/n !?

S/n - Vamos pra onde mãe?

(Digo ainda meio embolada)

S/m - Pro seu banho,arrumar seu cabelo ,a sua roupa ,a sua maquiagem a sua...

S/n - Mãe são 07:35! Por acaso a janta foi trocada pelo meu sono ou o café da manhã?

S/m - Desculpa filha é que eu fico ansiosa com isso tudo!

S/n - Isso tudo o quê? Parece que é você quem vai casar!

S/m - Mas você ainda tem que fazer as compras pro jantar comigo.

S/n - Cadê o meu pai?

S/p - Tô aqui! Que foi?

( Meu pai surge com uma caneca com café e de roupão na porta do meu quarto e me aparentava estar acordado ao um bom tempo)

S/n - Você deixou ela se descontrolar de novo?!

(Digo me levantando da cama e indo em direção ao banheiro)

S/p - Você sabe como a sua mãe fica com essas coisas filha.

S/n - Por isso que o senhor tem que controlar ela!

S/m - Ei! Eu ainda estou aqui meu amores!

S/p - Vamos deixar ela sozinha.Filha ti esperamos lá embaixo para irmos as compras,ok?

S/n - Tá! Tá!

( Faço minhas higienes,arrumo meu cabelo e ponho uma roupa e desço para sala e vejo meus pais me esperando)

S/n - Vamos?

S/m | S/p - Vamos.

Fomos ao mercado e depois ao Shopping.Voltamos para a casa eram 12:00,eu estava exausta então eu tomo um banho e ponho um pijama.Coloco o despertador para 17:00 para eu ter tempo de me arrumar.

[•••]

Acordo com o som do despertador.Me levanto e começo a me arrumar.Eram 18:45 e eu já havia terminado, então fiquei mechendo no celular enquanto não dava a hora.

"Eu não sei como estou conseguindo ficar calma! ( Solto um risinho bobo) Será que ele vai gostar de mim? Será que ele é bonito? Simpático? Gentil? Pare de pensar nisso S/n!Lembra que você só está fazendo isso pelos seus pais nada mais! Mas uma coisa era certa.Eu não queria passar por isso." 

Ouço alguém batendo.Vou até a porta e a abro,logo em seguida vejo que é minha mãe.

S/m - Eles chegaram filha! Vamos!

(Ela diz animada e mais alto que o normal.Eu a olho assustada)

S/n - Xiuuu! (Puxo ela para dentro do quarto e fecho a porta)

S/m - Não tô entenden...

(Eu a interrompo fazendo o sinal de falar mais baixo)

S/m - Que foi?

S/n - Eu não sei se consigo!

S/m - Não consegue o quê?

S/n - Não consigo fingir que está tudo bem, só estou fazendo isso por você e pelo pai nada mais!

S/m - Filha não tem como voltar atrás.Você sabe disso né?

S/n - É por isso que eu não consigo também.

( Ela poe as mãos frias sobre o meu rosto afim de me acalmar)

S/m - S/n! Eu sei que você consegue.Vai ficar tudo bem! Você está linda!O quê pode acontecer de errado?

S/n - Eu ter uma crise e sair correndo da mesa de jantar?

(Ela ri)

S/m - Eu espero que você não esteja pretendendo fazer isso?!

(Nós duas rimos.Ela pega a minha mão e eu tomo coragem e saio do quarto indo em direção ao sala de jantar)

Chegando lá vejo que estavam de costas.Ele me olha e imediatamente o reconheço.

"Sua pele é branca.Podia ter quase certeza que se um um pingo de orvalho caísse sobre sua pele a desmancharia por ser tão delicada".

Jeon Jungkook cursou o mesmo ensino médio que eu.Porém só fez o primeiro ano e teve de se mudar de Busan,onde eu moro,para Daegu.Mas ele sempre foi um homem arrogante e infiel.Apartir daquele momento eu sabia que me meteria em uma furada.Como eu sei disso?

Bom...Quando se estar no ensino médio você vê muitas coisas!Ele sempre judiou de muitas meninas.E na época ele pegou ranço de mim por que eu sempre me defendia quando ele vinha fazer alguma gracinha comigo ou com alguém próximo a mim.

(Em meio aos meus pensamentos e lembranças sou interrompida pela tia Haruno me chamando)

Haruno - Vocês já se conhecem?

S/n - Ah...E-Eu... é nó...

Jungkook - Não! Nós conhecemos agora não?

( O olho confusa.Ele me olhava de um jeito que me dava arrepios )

S/p - Vocês não vão se cumprimentar?

( Eu e Jungkook olhamos para meu pai, voltamos um a olhar para o outro e respondo rapidamente)

S/n - Não!

S/p - S/n n...

S/n - Pai! Estou com fome!Vamos?

Sra.Jeon - Também estou. (Ela diz animada) E esse cheiro em filho?

Jungkook - Parece estar uma delícia só de sentir o cheiro né S/n?

Ele diz olhando para mim tentando provocar minha paciência. Típico de Jeon Jungkook.

S/n - Concerteza!

(Digo olhando para ele que logo em seguida ele havia conseguido me causar ódio e sorri de lado satisfeito)

S/m - Então vamos nos sentar.

S/p - Primeiro as damas.

(Nos sentamos.A minha mãe se sentou em frente ao meu pai,tia Haruno em frente á Sra.Jeon e eu em frente ao Jungkook).

O jantar inteiro Jungkook sempre me provocava,tentado me deixar nervosa com tudo.O que ele sempre fazia no ensino médio com todas as meninas.Percebi que ele não mudou nada e que ele faria o mesmo que fez com a ex dele a Saki.Me trairia sendo ou não casado.Não que eu goste dele mas me encomodaria viver desse jeito.

Antes deles irem embora meu pai tem uma "brilhante idéia" .

S/p - S/n, por que você não mostra o seu quarto ao Jungkook?Mostra o seu piano a ele!A Sra.Jeon disse que ele toca piano.

(Eu olhei para o meu com raiva e ele simplesmente ignorou e então chamo a atenção do Jungkook)

S/n - Vamos Jungkook?

Jungkook - Primeiro as damas.

(Ele diz com um tom de debocho , eu o olho e reviro os olhos e subo as escadas.Abro a porta para ele entrar)

S/n - Pronto já viu!Agora podemos ir embora!

Digo saindo do quarto mas ele fala:

Jungkook - Pra quê a pressa?

Ele dizia enquanto passava as mãos com leveza sobre o piano que ficava no meio do quarto e em seguida olha para mim e toca em uma tecla e diz:

Jungkook - Gostei do seu quarto. (Ele cruza os braços e olha ao redor do quarto e para o olhar sobre minha cama) - Nunca pensei que fosse patricinha.

S/n - Diferente de você não!

(Ele ri e vai em direção a minha penteadeira e pega um porta retrato que tinha a foto do meu irmão de sangue e fica o observando,em seguida me pergunta:

Jungkook - Quem é esse?

S/n - Ninguém a seu respeito.

Jungkook - Se vamos ser marido e esposa teremos que saber muitas coisas a respeito um do outro.

Ele diz enquanto se sentava em minha cama.

S/n - Sai da minha cama?

Jungkook - Por que se encomoda, se vamos nos deitar juntos para o resto de nossas vidas depois de nosso casamento?

S/n - Isso nunca vai acontecer.

Jungkook - Ah não?

Ele vem em minha direção,e eu vou andando para trás até sentir a parede e engulo seco.

S/n - Tá fazendo o quê?

Jungkook - Tem medo de mim? Ou só está nervosa com a minha presença?Acredito que seja por isso! ( Ele aponha as mãos na parede me empedindo de sair )

S/n - Você por favor pode me dar licença?

Jungkook - Você ainda não me respondeu.

(Eu o olho mas precisamente para seus lábios que é uma tentação para qualquer pessoa.Ao perceber que eu olhava fixamente seus lábios ele sorri )

Jungkook - Já respondeu a minha pergunta. (Ele se afasta).

S/n - Como sabe?

Jungkook - Também ficaria maravilhado com meus lábios.

S/n - Além de fingido é convencido?!

Jungkook - O quê você acha?

S/n - Acho que seja pior que isso.

Jungkook - Vai viver do passado mesmo meu amor?

S/n - Primeiro: Sei o bastante sobre você pra dizer que toda noite você aparecerá com qualquer uma dentro de casa, ou seja, você traíra a mim na minha frente.Segundo : Não me chama de amor por que eu não sou seu amor! Jamais entendeu?

(Ele me olha com raiva e novamente me provoca)

Jungkook - Pode ficar tranquila meu amor eu entendi.Mas não pense que eu estou feliz com isso.Estou fazendo isso porque sou obrigado a fazer.

Eu olho e me viro em direção a porta e a abro a porta estendendo a mão para fora do quarto a fim de sairmos de lá.

(Descemos e vimos a Sra.Jeon, Haruno e meus pais conversando.Me despenso de minha tia Haruno e da Sra.Jeon e quando chega na vez de me despedir de Jungkook ele me puxa e me dá um selinho.Fico sem entender e corada em seguida ele pisca para mim ainda segurando a minha cintura).

Todos saem e minha mãe dá um grito na sala.

S/m - Iiiisso!

S/n - Pra que isso mãe?

S/p - Vocês se deram bem!?

S/n - Nós?! Hum.Tá!

S/m - Ué tô comemorando atoa então?

S/n - Amores da minha vida estou com muito sono! (Bocejo e ponho a mão na boca e saio) - Beijos e boa noite.

S/m | S/p - Boa noite!

Vou para meu quarto ainda tentando processar o que aconteceu desde o jantar até o beijo do Jungkook.Tomo um banho,ponho um pijama,me jogo na cama e adormeço.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...