1. Spirit Fanfics >
  2. .love song >
  3. Easier

História .love song - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


"I love you so much that I hate you
Right now, it's so hard to blame you
'Cause you're so damn beautiful
You're so damn beautiful
Is it easier to stay? Is it easier to go?
I don't wanna know, oh
But I know that I'm never, ever gonna change"

Capítulo 17 - Easier


- Como você vive? - Jiwoo continua enchendo o saco de Doyoung por ele nunca ter visto mais de um dorama na vida inteira dele, fazendo o mais velho suspirar a cada palavra que a mesma dizia.

- Tá bom! Tá bom! Eu assisto esse dorama com você! - ele acaba desistindo de relutar e acaba cedendo a Jiwoo.

- Isso! Eu sabia que você iria querer assistir! - ela diz toda empolgada, batendo palminhas.

- Eu não quero assistir, só aceitei pra você parar de encher meu saco! - ele diz enquanto guardava seus livros na mochila. - vamos? - ele diz levantando.

- Vamos! - ela levanta toda animada e os dois saem da biblioteca.

- Quer assistir na Lan House? - ele pergunta.

- Não! Vamos assistir na minha casa, é de graça. Se formos na Lan House vamos ter que pagar, não tenho dinheiro.

- Você deixa qualquer um ir pra sua casa?

- Claro que não! Na verdade, você vai ser o primeiro homem a ir pra minha casa.

- O que? O primeiro? - ele diz nervoso.

- Sim. Qual o problema? - ela olha pra ele. - eu não deveria confiar em você?

- Não! Não! Quero dizer... Obrigado por confiar em mim... - ele diz tímido.

- Enfim, já é tarde, mas não pense que você vai dormir lá!

- Eu não disse nada... - ele diz coçando a nuca.




Os dois, depois de muito caminhar, chegam à casa de Jiwoo.

Eles entram e Doyoung se assusta com a zona em que a casa se encontrava.

- Quando foi a última vez que você arrumou a casa Jiwoo? - ele pergunta olhando pela sala.

- Você arruma sua casa?

- Diferente de você eu não moro sozinho! E eu sou ocupado, então eu arrumo apenas meu canto.

- É difícil morar sozinha, tá bom?

- Então volta pro dormitório.

- Eu já estou no último ano da faculdade e me mudei a pouco tempo, eu teria que sair de lá de qualquer jeito. E eu não tenho saco pra mudança, é muito estresse. - ela diz balançando a cabeça. - enfim, vamos assistir? - ela diz animada.

- Pode ser. - ele diz suspirando.

Os dois se sentam no sofá e Jiwoo bota seu dorama favorito, I'm Not a Robot, para passar na televisão.




Os dois estavam assistindo até, que em uma cena, o casal principal acaba se beijando, fazendo os dois ficarem desconfortáveis.

Doyoung olhou para o lado, fingindo estar olhando para os quadros na parede e Jiwoo ficou corada.

O olhar dos dois se encontraram por um segundo e eles ficaram se encarando por alguns segundos.

O coração de Doyoung estava batendo tão rápido que parecia que iria sair de seu corpo. Ele se aproximou de Jiwoo e ela se aproximou dele.

Os dois ficaram com seus rostos bem próximos um do outro, um conseguia sentir a respiração do outro. Eles só precisavam ir um pouquinho pra frente para seus lábios se encontrarem.

Doyoung tomou a iniciativa e encostou os lábios dele nos dela.

Eles ficaram uns segundos com os lábios encostados, até que Jiwoo se afastou.

Ela sentia seu coração bater muito rápido, suas bochechas ficaram vermelhas, elas estavam pegando fogo.

- Me desculpa...

- Não tem problema! - ela o interrompe. - foi... Foi só um selinho... Amigos se dão selinhos... - ela começa a rir de nervoso.

- Eu acho melhor eu ir embora... - ele diz se levantando.

- Sim! Sim! É melhor, afinal já está tarde! - ela levanta e o leva até a porta.

- Tchau! Até mais... - ele diz saindo de dentro da casa.

- Tchau! Tome cuidado! - ela fecha a porta após ele fazer um sinal de "certinho" com a mão.

- Jiwoo! Aonde você estava com a cabeça? - ela diz se jogando no sofá. - como você pode beijar ele? Ele agora vai pensar que você gosta dele! - ela bagunça todo seu cabelo.

Após ficar lamentando no sofá, ela para e se lembra da cena, o que a fez sorrir um pouco.

- Você está sorrindo? Jiwoo por que você está sorrindo? - ela dá alguns tapinhas em sua cara. - você não vale nada Jiwoo!




Doyoung andava pelas ruas sorrindo igual um idiota. Ele sabia que ela não gostava dele, mas apenas de ter tocado seus lábios ele estava feliz.

Ele entrou em seu dormitório com um sorriso de orelha a orelha.

- Se encontrou com alguma garota Hyung? - perguntou Jisung, seu colega de quarto mais novo.

- Acho que sim, olha o sorrisão dele! - diz Yuta, seu outro colega de quarto.

- Não me encontrei com ninguém! Como vocês são chatos! - ele diz guardando sua mochila e se deitando na sua cama.

- Ele se encontrou com alguém Hyung. - comentou Jisung com o Yuta.

- Mas é claro que ele se encontrou com alguém! Não é todo dia que Doyoung chega tarde no dormitório e ainda mais com um sorriso daqueles no rosto.

- Ei! Eu ainda posso ouvir vocês! - diz Doyoung em um tom brabo.

- Mas e ai, vocês se beijaram? - diz Jisung se aproximando da cama de Doyoung.

- Vai se ferrar Jisung! Você não deveria estudar? É seu primeiro ano na faculdade! - ele diz jogando seu travesseiro no mais novo.

- Eu já estudei muito hoje! - ele diz jogando o travesseiro de volta para Doyoung. - acho que vou desistir da faculdade, isso não é pra mim.

- Eu pensava o mesmo, e olha aonde estou, no último ano, quase me formando! - diz Yuta fingindo que estava chorando, arrancando risadas dos outros dois.

- Mas e o Jaehyun? Eu nunca mais vi ele! - disse o mais novo.

- Pois é, faz duas semanas que ele não vem dormir no dormitório. - diz Yuta.

- Ah, sabem o Taeyong? Ele acabou sofrendo um acidente e ficou internado, o Jaehyun está cuidando dele no hospital. - Doyoung explica o que havia acontecido.

- Hm, esses dois me parecem estranhos! - diz Yuta desconfiado.

- Não é só porque os dois são gays que eles se sintam atraídos um pelo outro! - diz Jisung.

- Nunca se sabe! - diz Yuta dando de ombros.

- Vão dormir! Minha cabeça já está doendo de ter que ouvir a voz de vocês dois! - diz Doyoung se cobrindo com sua coberta.

- Doyoung quando você vai deixar de ser tão chato?- perguntou Jisung. - ainda bem que já está no último ano da faculdade!

- Eu iria te dar um soco se eu não estivesse tão cansado! - ele diz ameaçando Jisung. - amanhã você vai ver!

- Está me ameaçando?

- Interprete do jeito que você quiser. - ele diz fechando os olhos.


Notas Finais


Música:
Easier - 5 Seconds of Summer


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...