1. Spirit Fanfics >
  2. Love Spurt - Jikook -Twoshot >
  3. Love Spurt - Jikook - Capítulo Dois - Último.

História Love Spurt - Jikook -Twoshot - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Olá My Baby's!
Eu disse que voltava essa semana não é? E aqui estou!
Espero que tenha uma ótima leitura!

Capítulo 2 - Love Spurt - Jikook - Capítulo Dois - Último.


Fanfic / Fanfiction Love Spurt - Jikook -Twoshot - Capítulo 2 - Love Spurt - Jikook - Capítulo Dois - Último.




- P A R K   J I M I N -

Sung estava cumprimentando uns amigos dele enquanto eu só os observava. 

- Sung, vou pegar uma bebida.

Ele não disse nada, só assentiu e voltou a conversar com os amigos.  Saio dos braços dele e vou para cozinha. Cheguei lá e fui até a geladeira pegando uma garrafa de soju, a abrindo. Quando ia voltar para sala, eu o vi parado encostado na porta, me olhando. Travei. Jungkook veio em minha direção,parando na minha frente. 

- Oi, Jimin.  - abriu os braços e eu o abracei. - Parabéns. - sussurrou.

- Obrigado Jungkookie. 

Nos separamos e fios nos encarando por um pequeno período de tempo. 

- Você está bem? - quebrou o silêncio, desviando o olhar para um canto qualquer.

- Eu... - sou interrompido por Sung entrando na cozinha. 

- Jiminie, seus pais chegaram.  - veio até mim. - Ah, oi Jeon! 

- Olá Sung. Tudo bem? 

- Tô ótimo,  e você? 

- Também. - me olhou. - Bom, vou voltar para a festa. - sorriu mínimo. - Tchau Jimin, Sung Hee.  - saiu 

- Vamos? - Sungie perguntou. Assenti e ele me levou para a sala.


- J E O N    J U N G K O O K -

Voltei para a sala e me sentei em um sofá, passei a observar o que acontecia a minha volta.  Vejo Jimin e Sung voltarem para o centro de sala e cumprimentar os pais do loiro.

[...]

Jimin vez ou outra me olhava, como quem diz "vem cá" 

E num surto de amor fui até eles, pequei Jimin pela cintura e a festa parou.  Jimin me olhou sorrindo mínimo e me beijou. 

A gente se beijando e o "mundo caindo". Sung nos olhava inconformado e nos como dois doidos varridos'.

Quando finalmente nos separamos Jimin me olhou sorrindo e me abraçou. Os convidados de queixo caído me vendo levar Jimin embora comigo. 

Saímos de dentro da casa e fomos para onde meu carro estava estacionado, entramos e eu logo dei partida indo para longe da casa do loiro.

Não falávamos nada, mas uma dúvida me corroia'. Já estávamos longe da casa dele, longe o suficiente para mim parar o carro e finalmente perguntar o que queria. 

- Jimin? 

- Sim?!

- Porque resolveu vir comigo? Porque não me parou, não... não me impediu? 

- Porque eu não amo ele Jeon , eu amo você, só você. 

- Ah Jimin, eu também te amo.

Ele me da um selinho que eu logo transformo em um beijo.

- Hm... - Paro o beijo. - acho melhor irmos para outro lugar. - ele assente.- Onde quer ir?

- Eu não sei, para minha casa eu não quero voltar tão cedo, então... - me olhou 

- Vamos para a minha casa. 

Jimin assente e eu volto a dirigir, agora indo para minha casa.

[...]

Estaciono o carro na garagem e desço, junto a Jimin. Fomos em direção a porta e eu a abri, entrando em seguida, Jimin fez o mesmo. 

- Senta aí. - Jimin vai até o sofá e senta. - quer algo? - sentei ao lado do loiro.

- Não, Jungkookie. 

- Jimin? 

- Hum? 

- Eu te amo, sabia? 

- sabia sim, mas eu te amo muito mais!

Ele sorriu todo fofo e eu o beijei.  Jimin subiu no meu colo e me olhou com aqueles olhinhos brilhando,  sorri safado e voltei a beija-lo, o beijo era quente cheio de amor. Desci o Beijos para o pescoço branquinho do meu loirinho enquanto ele arfava. 

- acho melhor a gente terminar isso em outro lugar.- Jimin assente e volta a me beijar. Andamos até meu quarto a passos cegos, quando chegamos no cômodo fechei a porta com o pé e fui até a cama deitando Jimin  nela subi em cima dele e parei de beija- lo. O olhei nos olhos, sorri. Jimin conseguia ser mais bonito ainda na que ar sexy, voltamos anis beijar, e o loiro meio desesperado tirou minha camisa e eu sorri safado o olhando nos olhos. 

- Estava com roupas demais, não acha? - ele sorriu safado e eu comecei a tirar as nossas roupas. 

Quando já estávamos completamente nus, fui até o criado mudo próximo a cama , e gueixa o preservativo e voltei a beijar o loiro.

- Anda logo com isso, Kookie.  - sussurrou, e eu sorri, logo me cobrindo com a camisinha.

Cheguei perto do loiro e encaixo meu membro na entrada do menor, quando já estava completamente dentro de Jimin comecei a me movimentar devagar. 

- uh, Jun.  - gemeu todo manhoso. - mais rápido.

- Tudo o que quiser meu amor. - atendi ao pedido do mais novo e acelerei os movimentos. 

Em um ritmo de vau e vem moderado, senti o corpo de Jimin tremer, seu ápice estava próximo.  Beijei meu amor com luxúria e ele passou suas pequenas unhas nas minhas costas desnuda.

- Awwh, Jungkookie! - gemeu alto quando acertei sua próstata, sorri entre os lábios de Jimin e voltei a acertar o seu ponto "G" , meu loirinho logo se desfez em nossos abdômens.

- Uh, Jimin.

Investi mais algo mas estocadas e finalmente me desfiz na camisinha.

Sai de dento de loiro, logo tirando o preservativo e jogando no lixo do banheiro, voltei para a cama onde Jimin se encontrava ofegante. Deitei ao lado do loiro e o abracei.

- Ji? - ele me olhou.- eu te amo

- eu também te amo, Jun. - me beijou e eu retribui.

Parei o beijo.

- Jimin, você...Você vai voltar para o Hee? - perguntei

- E claro que não Jun

- Então...namora comigo? 

- Namoro, caso,  faço o que você quiser  Jungkookie.

E voltamos a nos beijar.



F i m 


Notas Finais


E isso.
Espero que tenham gostado!
Unnie ama!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...