1. Spirit Fanfics >
  2. Love story >
  3. Um.

História Love story - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hello, nada melhor que aparecer com uma fic curta depois de ouvir love story 70x seguidas.

eu espero que vocês gostem, o que a ray e a anne não pedem que eubnão faço chorando?

Capítulo 1 - Um.


Era setembro daquele ano, em verona, o dia estava quente. eu poderia estar aproveitando ou somente descansando, mas como um príncipe eu deveria saber como me comportar na frente de outros reis e rainhas que viriam até o castelo naquele dia, como se eu ja nao tivesse feito isso outras cem vezes.

Eu ouvia pela 20° vez o que Talia dizia, era "Mason, você não pode desviar o olhar!" "Mason, você não pode se levantar da mesa primeiro que o rei" e várias outras coisas que eu sabia de cor.

Revirei os olhos ao ouvir meu nome novamente naquele dia, ja nem sabia qual hora exata era aquela, mas respirei fundo e agradeci Talia por ter ido ali, mesmo que eu não a queria. Talia estava ali em todos os momentos me dando instruções, eu ja tinha 19 anos e sabia perfeitamente de tudo ali, mas se eu errasse seria horrível, não para mim, mas sim para o reinado de meu pai que havia se iniciado a pouco tempo.

Segundo murmúrios que rodava entre as empregadas e as vezes guardas era que na possível festa eu iria conhecer a mulher a qual iria me casar.

De fato aquilo me assustava um pouco, afinal vai que ela tinha 40 anos?? e eu não me sentia nem um pouco atraído por garotas, aquilo era estranho, mas não podia dizer para ninguém, nem ao menos Talia que sempre estava comigo desde que eu era criança. Eu sabia o quão errado era aos olhos de meus pais, como que eles iriam reagir ao saber que o próprio filho era igual a pessoas que foram presas ou mandada para outro lugares só por gostarem de alguém do mesmo sexo.

Respirei fundo e afastei aqueles pensamentos, indo me arrumar ou melhor deixar que me arrumassem.

[...]


Prestava atenção ali na conversa que estava presente assim que Talia saiu do quarto, conversava com as duas senhoras, ja de idade, sobre o rei que iria ficar ali no Palácio pelo menos naquele final de semana para tratar de negócios.


Aquilo me interessou, por mais que meu pai tivesse aliança com outros reis, ele nunca havia chamado alguém para ficar por dias seguidos ali conosco, era sempre um dia ou uma tarde somente.


Vi elas terminarem de me arrumar e agradeci, saindo do quarto e seguindo até Talia que segundo ela eu teria que receber os convidados junto com meus pais e irmãos.


Dei em ombros e fui até lá, parando ao lado de minha mãe que sorriu doce para mim e logo voltou a prestar atenção no ambiente que começava a encher de pessoas de outros lugares.


Meus olhos fixaram assim que uma família chegou ali, fixaram no rapaz que parece ter notado o quanto me prendi em seu rosto e também me encontrei perdidamente em seus olhos claros como um mar.


Percebi seu olhar sobre mim também e sequer notei que sua mãe estava parada em minha frente, esperando o cumprimento. Fui desperto por um beliscão, totalmente disfarçado e cumprimentei a mulher, juntamente com seu marido e seus filhos, que incluiam o rapaz que havia me chamado atenção.


Todo jantar e baile ocorreu de forma tranquila, juntamente com os cumprimentos chatos e senhores de idade que diziam o quanto era bom ter a minha idade e que eu deveria aproveitar, em sigilo obviamente para não ter escândalos, enquanto não me casava. Aquilo me tirou risadas, será que realmente eu era obrigado a me casar com alguém que mal conhecia?


Já era fim daquela noite, longa, mas ao mesmo tempo parecia curta. Antes mesmo que fosse apresentado naquela noite a mulher que iria me casar, talvez iria ser no dia seguinte, mas preferi fugir do ambiente propício que haviam criado ali para tal assunto.


Sai para a varanda ali, mas de longe conseguia ver algumas pessoas, mas ainda bem que elas não conseguiam me ver. Bebiam alegremente e conversavam entre si ou e grupos, mas algo me despertou novamente, o garoto que tinha visto no início da festa, havia o perdido de vista com toda aquela gente com assuntos chatos, eram tantos nomes que só conseguia me lembrar de seu rosto.


Apoiei meus braços sobre o curto muro da varanda e observei que tinha pessoas ao lado de fora, no jardim dos fundos, eu conseguia vê-lo, ele estava ali no jardim, bebendo sozinho, mas ele também me olhava, por mais que onde estava não era tão iluminado, ele me deu um sorriso e aquilo me causou uma sensação diferente e arrepios pelo corpo, talvez foi o vento gelado que passará por ali no momento.


Sorri de volta para ele e acenei. No mesmo momento vi que ele se levantou e entrou pra dentro, sequer sabia se era um aceno para mim ou para outra pessoa, de onde tinha tirado a ideia que ele estava me olhando? Apoiei meu rosto sob minha mão e continuei a olhar todo o jardim quando notei certa proximidade ao meu lado, mas não tive o interesse de olhar ja que Talia sempre me encontrava.


— Olá! — a voz masculina se fez presente ali, de forma baixa, quase um sussurro, bem próximo e me virei para ele.


— olá! — murmurei de volta, no mesmo tom, baixo e sorri ao notar que esse sorria de volta. soltei o ar que mal sabia que prendia, ao ver que ele se acomodou ali do meu lado. — você não parece interessado na festa...


disse um tanto curioso e desviei o olhar também para a direção que ele olhava, que era a parte mais afastada e me prendi ali.


— você também não parece tão interessado na festa Mason! — ouvi o barulho do copo de bebida ser posto ali em cima de onde me apoiava e dei em ombros, suspirando baixo.


— certamente, não estou. mas acho que devia já que teria que conhecer uma futura esposa, foi os murmúrios que ouvi durante esses dias. por isso acho que vir pra fora da festa pareceu mais bom do que esta la! — disse nada satisfeito com a situação de me casar com alguém que não era do meu interesse e muito menos gostaria de estar junto dela. — sabe.... — gesticulei com a mão, esperando que ele me dissesse o nome dele e vi ele rir, ao notar.


— meu nome é Declan! — murmurei o nome dele e antes que pudesse continuar, ele começou a falar. — eu fujo de uma pretendente já tem uns meses, acho que você devia fazer isso. — vi ele dar em ombros e eu gostei da ideia. eu poderia fugir facilmente e enganar meus pais. — lhe garanto, fica mais divertido quando faz isso. Eu não tenho interesse na possível esposa, mas ninguém me ouve, eles disseram que é para que as alianças fiquem melhor e mais forte!


Ele fez uma careta ao dizer aquilo e eu sabia que era verdade, mas ele não se mostrava nem um interesse na garota? aquilo me intrigou e ao mesmo tempo me fez pensar se ele sentia a mesma coisa que eu.


— Declan, sabe, mas você não tem interesse em outra garota não? — o vi negar aquilo e arqueei uma sobrancelha. aquilo ficava óbvio demais, ele é tão lindo, como não podia se interessar por outras garotas, que com certeza se mostravam afim dele.
Parei de pensar naquilo apenas deixando um "ah" no ar ao que ele negou, desviando o olhar dele, para minhas mãos.


— eu não sei se poderia te dizer exatamente o que me interessa nesse momento Mason. Pode ser errado e também pode trazer confusão em minha família.


ao que ele disse aquilo, apenas esperei um pouco e fui juntando tudo que ele ja tinha dito e o olhei formando um o na boca.


— se for o que eu estou pensando, talvez não seja errado para nós dois! — deixei no ar aquilo, mas numa tremenda curiosidade. eu fiquei interessado nele, desde que o vi cruzar as portas do Palácio, ele me tirou um longo suspiro, eu não podia me conter, mas se ele não tivesse tal interesse, do que adiantaria, falar pra ele?


— seu olhar sobre mim já diz muita coisa! então sim, é o que você esta pensando.

Declan disse aquilo, calmo e baixo, não se sabe se alguém poderia ouvi-los. Mason por sua vez, sorriu e balançou a cabeça concordando. Aquilo poderia ser o início de uma coisa boa para os dois, como ser o caos para dois reis.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...