História Love u baby ( ver. HOT) - Capítulo 8


Escrita por:

Visualizações 48
Palavras 634
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Já estão avisados. Podem fazer pedidos.

Capítulo 8 - Wiwin (NCT)


Fanfic / Fanfiction Love u baby ( ver. HOT) - Capítulo 8 - Wiwin (NCT)

- Winwin... – me enrolei na cocha da cama onde estou tentando criar coragem para sair.

- Quando pretendi se levantar? – ele jogou sua toalha molhada em mim.

- Amor. Volta pra cá. – fiquei de joelho deixando meu corpo amostra. Aproveitei o momento que estou somente de sutiã e calcinha. – Você ficou mais de uma semana viajando.

- Tive que fazermos promoção com o grupo. – ele se aproximou e beijou meu ombro. – Não quer ir comigo?

- Quero ficar na cama. E você deveria fazer o mesmo.

Vou explicar o que ocorre aqui. Winwin é de um grupo kpop da SM. E eu sou aquela namorada que os amigos dele só conhece de nome e a empresa nem tem conhecimento do fato. Wow namorar um idol da SM escondido? É complicado. – E sobre ontem, a noite foi quente, mas não me parece o suficiente, ainda estou com tesão por esse moleque:

- Oppa... Se você sair deste quarto... – ele me encarou. – Não precisa nem voltar.

- Você está falando sério? - ele está somente com a cueca box.

- Muito. – Me arrumei na cama esperando ele voltar. – Oppa eu quero você. – me deitei para começar a provocá-lo.

- Quero saber quem vai explicar pro manager sobre meu atraso? – ele subiu sobre mim dando aquele sorriso cheio de segundas intenções.

- Eu posso ir com você. – puxei ele tendo atenção dele.

Ele não demorou muito para me fazer sentir o membro dele no meu interior. Se há algo que o Winwin sabe fazer, é sexo selvagem e cheio de malicias.

Ele penetrava muito forte e rápido talvez por termos pouco tempo, senti minhas pernas doerem um pouco e ele estocava com mais força e rapidez. Eu gemi muito e ouvia ele falar algumas coisas enquanto inclinava sua cabeça para trás:

- Aha.. Jagi... Está tão molhada. – ele se inclinou me beijando e mordeu meu lábio antes de nos separar. – Pode gemer pro seu oppa.

- Ahaa.. Winwin... Tá doendo oppa. – apertei seu braço em pedido. – Vai devagar oppa.

- Não posso... – ele foi mais forte e menos violento. – Aiiiii. “S/N”, vou gozar...

Depois de muita luta consegui tirar ele de cima de mim contando aquela ligação sexual. Me atirei sobre ele te comecei a cavalgar naquele moleque sem ele me penetrar. Colei nossos corpos esfregando um no outro, beijei aquela boca linda e me entreguei quando ele apertou meu bumbum e penetrou novamente. – Me levantei começando o movimento lento e ouvindo aquele gemido da boca dele:

- Porque tem que ser tão teimosa... Ahaaa... Jagiya. Vai mais rápido não maltrate seu oppa. – ele apertou minha cintura iniciando um movimento mais rápido.

- Ahaaa. Eu.. Eu vou gozar oppa. – falei já aumentando o movimento contra sua cintura.

- Goza minha linda. – ele gemeu um pouco e depois nós dois gozamos.

Me joguei sobre seu corpo e respirei o perfume do seu pescoço. – O famoso cheiro natural. – Ele demorou um pouco para sair dentro de mim e ir tomar seu segundo banho do dia:

- Vamos. Você vem comigo. – ele me chamou já indo até o guarda-roupa retirar sua roupa.

- Tô cansada. – me enrolei nos lençóis. – Fala pros meninos que estava comigo.

- Não mesmo. Eles vão querer detalhes. – o celular dele está chamando. – São eles.

-Amor... Vai logo. Te encontro depois no almoço. – pisquei olhando as mensagem no meu celular. – Vou me encontrar com uns amigos que estão a passeio por aqui.

- Amigos. – ele ficou sério. – Aish.... Me manda uma mensagem quando terminar. – ele já estava pronto. – Não vá de roupa curta. Você tem muita curva. Vou ficar enciumado.

- Deveria namorar uma coreana ou chinesa pra começo de conversa. – informei quando peguei minha toalha e caminhava para o banheiro.

- Não vou discutir. Até mais tarde. – só ouvi a porta da frente ser fechada.


Notas Finais


obg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...