História Love Warrior - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Abigail "Abby" Bennett Wilson, Alaric Saltzman, Ayana, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Davina Claire, Elena Gilbert, Elizabeth "Lizzie" Saltzman, Hope Mikaelson, Jamie Wilson, Jeremy Gilbert, Josette "Jo" Laughlin-Saltzman, Josette "Josie" Saltzman, Katherine Pierce, Kol Mikaelson, Lexi Branson, Lilian "Lily" Salvatore, Lucas "Luke" Parker, Malachai "Kai" Parker, Matt Donovan, Olivia "Liv" Parker, Personagens Originais, Sheila Bennett, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood, Valerie Tulle
Tags Alaric, Bonkai, Bonnie Bennett, Caroline, Damon, Elena, Hope Mikaelson, Insanidade, Kai Parker, Loucura, Medo, Vingança
Visualizações 15
Palavras 2.915
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nada especial mais acho que vocês merecem dois capítulos né.
Aproveitem bonkai.

Capítulo 14 - Verdade ou consequência


Fanfic / Fanfiction Love Warrior - Capítulo 14 - Verdade ou consequência

Pov:Kai Parker.

Elas me olhavam espantadas e ao mesmo tempo querendo respostas, já as tinha convidado para entrar,mesmo com suas queixas, perguntando por bonnie e o que eu tinha feito com ela,acalmei os ânimos delas antes que colocassem fogo na casa de Sheila.

-Muito bem tio kai.lizzie fez sinal com os dois dedos ironizando.-Quem é você?.

-Eu já falei sou o tio de vocês.

-Papai nunca contou que tinha um irmão.disse josie,rir alto e elas se mantiveram em alerta, não acredito que elas pensaram mesmo que eu e ric somos irmãos.

-Olha... Desculpa.lagrimas já saiam dos meus olhos de tanto rir.-Mais sou o irmão da mãe biológica de vocês,ela tem seu nome.disse olhando para jossete saltzman olhando bem essa garota tem a mesma beleza que Jô ,elas se olharam.

-Hãm... tio Kai pode nos dar licença.falou Lizzie saindo da poltrona e pegando a irmã indo a outro compartimento da casa.

-Claro.respondir sorridente,elas conversavam baixo,mais ainda podia ouvir com a audição de vampiro.

-Eu não sei qual é desse cara mais não confio nele.falou Lizzie.

-Talvez ele possa nos ajudar com aquilo.josie falou cochichando.

-Não por favor,sabe como papai é, ele nos mataria se soubesse que envolvemos esse tio que nem conhecemos direito.

-Não vamos saber se não tentar talvez ele possa nós ajudar com a f...  .antes de josie continuar vi bonnie descendo as escadas.

-O que você andou aprontando em?.ela perguntou meio brincalhona, fazendo que as gêmeas voltassem pra sala , quando viu as duas bonnie quase surtou.

-Tia bonnie?!?!.ambas falaram em meio a pergunta e surpresa.

-Meninas.as duas correram e a abraçaram,com força claro que bonnie retribuiu ,mais depois as puxou com força fazendo as gêmeas a olharem estranho.

-Porque não me esperam lá fora,para darmos uma volta,eu só vou falar com meu.... Meu...meu...  Ela gaguejava atrás de uma resposta.

-AHHHHHHH!!!!!  . Lizzie gritou tampando a boca em um misto de alegria matando nós dois de susto,josie nem tanto talvez já estivesse acostumada com a irmã.-Eu entendi tudo ele é nosso tio porque se casou com a tia bonnie. Bonnie engasgou com alguma coisa, enquanto recebi um abraço forte, pela minha sobrinha loira.-Bem vindo a família tio Kai.

-Lizzie não é hora pra isso.repreendeu a irmã.-Vamos esperar do lado de fora.diferente da irmã.josie não gostou muito e saiu puxando Lizzie com cara de poucos amigos.

Depois da porta ser fechada,Bonnie começou a me socar bem forte.

-Ai , porque você tá fazendo isso?. perguntei em meio aos socos.

-porque você é um idiota.ela parou me olhando bem fundo,seus olhos pareciam faíscas prestes a fazer uma explosão.

-O que há de errado delas saberem da minha existência, bonnie eu tô aqui a um tempo,e em alguma hora,elas iam saber mesmo que não fosse eu mesmo  a contar.ela já preparava a mão em punho,quando josie e Lizzie adentraram trancando a porta assustadas.

-Garotas eu mandei que ficassem lá fora.falou bonnie tentando parecer calma,mais falhando.

-Desculpa interroper a briga de casal mais temos encrenca.lizzie falou ainda segurando fortemente a porta com a irmã, bonnie saiu de perto seguindo até elas.

-Que encrenca... Perguntou Bonnie mais josie correu até ela tampando sua boca.ouvimos a campainha tocar,e a voz de Caroline surgir.

-Bonnie ,atende por favor temos coisas importantes pra conversar.em seguida a outra voz.

-Muito importantes mesmo.ric falou.ai merda.

-O que a gente ,o que a gente faz.perguntei entre lábios , bonnie já havia tirado a mão de josie de sua boca,e disse algo parecido"tem que confiar em mim".ela fez sinal com as mãos para que nos três nós aproximasssemos fazendo uma espécie de círculo em volta da mesma, enquanto as batidas insistentes continuavam.

-Cuida bem delas idiota.ouvir bonnie falar antes dela e toda a casa sumir.pelo enorme campo aberto eu acho que não estou mais em mystic falls.... E não sou o único.

-Meu Deus não acredito que ela nós mandou pra cá de novo.reclamou Lizzie levantando limpando suas... Suas... O que é que ela tá vestindo.josie também, parecem até às roupas que os hereges estavam... não acredito século dezenove.e aliás o que é que eu tô vestindo,uma camisa branca,junto com colete e um casaco estranho as calças,botas que vinham até o joelho.só aí liguei uma coisa com a outra.

Esse lugar é mystic falls, só que alguns anos antes talvez mais de cem anos antes para ser mais específico.que ótimo um feitiço de viagem no tempo,pensei sacastico.

-Ah não ela te mandou pra cá também.reclamou Josie quando finalmente deu pela minha presença,com um vestido bufante,branco,com fita lilás,como é que as mulheres conseguem andar com todo esse tecido, é nessas horas que ainda agradeço por ter nascido na década de 70.

-Josie,quer deixar ele em paz.reprovou Lizzie com mais um vestido azul,com fita amarela.e um chapéu que escondia metade do rosto.-Desculpe por ela tio Kai,mais Josie não é muito educada com pessoas novas.

-Não tudo bem,mais só me expliquem porquê bonnie mandou nós três para um raio de lugar como esse.falei abrindo os braços  para o enorme campo aberto,com algumas árvores mais a frente.

-Aqui é uns dos melhores lugares para se esconder, quando éramos pequenas nossa brincadeira favorita era se esconder em séculos diferentes do tempo, tia bonnie também curtia mais aí ela teve o Pedro e não pudermos mais nós divertir quanto antes e aqui estamos nós.lizzie estava muito alegre,bem diferente de mim e sua irmã, talvez josie só não gostasse muito da minha presença mais estar em um lugar sem internet eu não vou sobreviver.

-Temos que dar um jeito de sair.

-Não dar só a bonnie pode nós tirar daqui,mais tudo bem espero que ela esteja contendo a irá dos meus pais.lizzie disse desviando o olhar.

-Vamos temos que encontrar alguém que possa nos ajudar.falou josie seguindo na frente eu e a irmã dela íamos mais atrás.

-Não fica tão bravo com ela, nós só estamos tendo momentos péssimos em família.falou minha sobrinha.

-que tipo de problemas quem sabe eu possa ajudar.a garota refletiu mais depois moveu a cabeça 

-nada demais,quer saber deixa pra lá, temos que encontrar a casa dos Salvatore antes que anoiteça.e seguiu sem me dar resposta.seguimos por um caminho estreito quase duas horas depois avistamos um amontoado de casas, elas disseram que nunca em hipótese alguma poderia usar os poderes,as pessoas desse século eram um pouco extremas quando o assunto do momento eram bruxas ou vampiros,imagina eu que sou os dois.

Chegamos a um povoado,parando para pedir informações .

-Com licença senhor mais onde fica a propriedade dos Salvatore.josie perguntou para um boticário,ao entrarmos no recinto fiquei olhando para líquidos bem interessantes na prateleira todos colocados em frascos estranhos,um deles me chamou a atenção,sei que já vi em algum lugar,abrir o frasco experimentando na pele,mais deixei cair quando sentir uma forte ardência era verbena.

Tive que esconder a mão queimando,e abafar os gritos por gemidos mesmo assim,o boticário escutou.

-com licença senhor mais estar procurando algo do seu interesse?. perguntou o boticário saindo de trás do balcão e vindo até mim,disse para as gêmeas com o olhar  pedindo ajuda elas viram os cacos e fizeram um feitiço,que fez o frasco sumir de vez,sem que o boticário notasse.

-não nada, só estou acompanhando as jovens.ele parou e observou josie e Lizzie que fingiram se entreter com outro frasco perto delas,depois se virou pra mim de novo.

-O senhor é noivo de alguma delas?. sussurrou em um sorriso descarado.

-O QUE!?!!?!.falei bem indignado por ele sequer pensar nisso.nem vi quando os vidros a minha volta tilintavam de leve fazendo o homem, começar a tremer ele ia gritar quando agir rápido e cravei as presas nele, Que se debateu muito,depois seus movimentos,se tornaram lentos até parar, joguei seu corpo para o lado, sorrindo para as garotas.

-Pronto, problema resolvido .minha boca estava toda suja de sangue.

-Você realmente é um idiota,qual parte de não usar magia você não entendeu.gritou josie fazendo os vidros que eu só fiz tilintar explodirem, fazendo uma imagem de cacos,e líquidos estranhos colorirem,algumas pessoas,que passavam próximas gritaram na rua chamando a atenção,se o plano era manter-se neutro por tudo,ele já era.

-O que a gente faz?. perguntei me dando conta dos estragos.

-A gente não, você ,nós vamos ver se conseguimos despistar os passantes enquanto isso você vai tentar encontrar uma maneira de se limpar.josie falou apontando para minhas roupas ensanguentadas, segurando o pulso da irmã fortemente essa que apenas me olhava assustada.-Invisique. e desapeceram .

Tem que ter alguma coisa nessa espelunca que eu possa usar como proteção,com essa pequena morte do Boticário,acabei perdendo meu anel do sol em meio a todos aqueles líquidos sendo que não podia nem tocar porque boa parte deles era verbena ,e o dia lá fora estava bastante quente.

-Vamos Kai pensa!. Falei .

-É ... Meu Deus o que aconteceu aqui.falou alguém passando pela porta.

-Katherine.me virei e vi ser realmente a duplicata de Elena, só que estava também com roupas próprias do século dezenove.

-Quem é você e como sabe o meu nome.seus olhos já ficavam escuros com veias ,ela não se lembra de mim,mais tem um anel, talvez possa me aproveitar disso, espero que essa Katherine seja tão fácil de manipular assim como fiz com a outra no inferno.

-Calma eu acabei de ser transformado e nem sei como isso funciona.fiz sinal de rendição,ela abaixou a guarda por um momento num piscar de olhos arremessei Katherine para o outro lado da loja, pegando seu anel do sol.

-Quem sabe num futuro próximo sejamos amigos,hasta lá vista baby.fiz o feitiço de invisibilidade,e sair os transuentes já fofocavam sobre o ocorrido alguns se mensionavam a mim como sendo o culpado outros culpavam Josie,e agora até o nome de Katherine estava na jogada, eles só se preocupam com a vida dos outros.

Seguir,mais um pouco saindo do povoado indo para um rio limpido de água cristalina, onde eu poderia me limpar desfiz o feitiço,e tirei todas aquelas roupas fazendo um amontoado com as mesmas debaixo de uma árvore próxima depois mergulhei de cabeça no rio,era uma excelente sensação o que essa água me proporcionava, é como se tirasse um peso enorme das minhas costas, manchas vermelhas estavam a minha volta manchando todo o cristal formado pelo rio,se algum idiota passar por aqui eu vou dizer que caí de um cavalo,e o corcel fugiu.fiquei ainda mais um pouco na água até me sentir limpo e sair para a beira do rio ,depois seguir indo para a árvore onde deixei as roupas,mais quando cheguei lá elas sumiram.

-Mais onde foi que deixei?. perguntei procurando em volta da árvore e até na folhagem embaixo dela.

-Procurando isso?.aquela risada...

-Bonnie.me virei sem me importar muito se estava totalmente nu,bem a sua frente,ela segurava todas as minhas roupas com um sorriso convecido naquela boca, além de estar com roupas do século vinte um e não o contrário.

-Dá pra  devolver minhas roupas.disse me aproximando ela corou quando viu meu membro se mexendo ah ... ereção de merda.

-Se você quer elas vai ter que me pegar.ela correu na direção oposta mais eu a parei usando magia, arrastando ela pra mim.ela ria como uma criança bem travessa.

-Porque é sempre tão teimosa bon?.ela já estava bem agarrada a mim,apenas o amontoado de roupas nós separava.

-Porque você Sempre é idiota.eu olhava para os seus olhos, depois para sua boca.podia ver o desejo  neles, do mesmo jeito de mim,mais ela apenas devolveu as roupas e se afastou.

-Melhor vestir logo,as mulheres daqui não gostam de ver um homem pelado principalmente se forem virgens.ela falou rindo depois virou de costa admirando o rio,me dando privacidade para que eu vestisse as roupas ,e não conseguia.-Me avisa quando terminar tudo.

-Tudo bem. Vestir tudo com muita má vontade,a única coisa que queria perto de mim era seu belo corpo torneado mais ela sempre fugia,e não queria ter que usar a força.-Pronto pode virar.ela virou-se ainda com aquele desejo, depois ela mudou completamente como se tivesse se tornado outra pessoa.

-Vamos logo,as meninas já devem ter ido para o velho casarão,porque você se separou delas?.ela perguntou enquanto caminhavamos lado a lado.

-Nós tivemos um pequeno problema.ela me olhou preucupada.

-Problemas não são bons Kai, qualquer coisa feita aqui no passado pode alterar o futuro para melhor ou pior.

-Tipo alguém do nosso futuro deixar de existir.

-É possível. Ela falou meio que em uma reflexão,sobre o que contei.

-Porque você trazia as meninas para o século passado não me diga que era pra dar aula de história?. perguntei meio irônico.

-não seu bobo,isso aqui é apenas pra elas se esconderem,quando as coisas no futuro ficam pesadas,as duas sempre foram fascinadas por esse século então abrir uma exceção para minhas sobrinhas.rir um pouco e ela notou.-Qual é a graça?. perguntou mais séria.

-Você, quer dizer a maneira como fala sobrinhas dá a entender que somos casados mesmo, já que eu sou o tio biológico delas e você é a amiga da família que ajuda todo mundo.continuei andando mais parei quando vi que ela não me acompanhava.voltei tocando em seu ombro ela parecia perdida em muita coisa.

-Bon, olá terra chamando bonnie?.ela olhou pra mim.

-por que faz isso comigo?.seus olhos estavam sombrios e sem cor quase não enxergava o verde deles.

-O quê?.

-Você sabia de tudo não é?.o sol estava parando de brilhar,e um vento frio batia em nós provocando tremores ou melhor só em mim, bonnie não parecia com ela,grandes nuvens negras vinham dizendo que logo choveria,raios e trovões se amontoavam no céu prestes a desabar.

-Bonnie me olha por favor,essa não é mais você.

-NÃO SOU EU????.ela gritou,um raio caiu bem na árvore perto do riacho, formando fogo as gotas frias mergulharam em nós molhando ambos.-Nao gosta mais de mim Kai, você mesmo disse que ama quando eu banco a menina malvada,o que aconteceu com ele hãm???.sua voz parecia ser de vários animais rugindo,aquele era o preço que se pagava caso mexesse em magia negra,a lua de sangue sempre cobra seu preço de um dos cônjuges e ela escolheu Bonnie por ser a mais fraca.

-bonnie por favor não é isso que você quer.a chuva já se tornava feroz,assim como a mulher enlouquecida a minha frente.com o canto dos olhos vi dois vultos se aproximando,quando constatei ser as meninas pedi que ficassem longe, não era seguro ter ninguém por perto com bonnie naquele estado.

-Bonnie isso , bonnie aquilo.ela fez cara de nojo.-Eu odeio as pessoas colocando regras em cima de mim, odeio ainda mais você.ela apontou pra mim,e assim como eu tinha feito, ela fez meu corpo levitar com uma força sufucante entrando pelos meus pulmões me deixando sem ar,outro raio cortou o céu e quase me pegou.- talvez lá no fundo você seja uma aberração,o gêmeo defeituoso que ninguém nunca quis não é?.sua risada vinha fora do comum,com uma voz bem grave.-Agora o mundo se livrará de sua aberração.

-Bonnie... Não.... Falei com a voz sumida,ela nem me escutou porque os trovões ficaram bem forte.então ouvir um grito,e mais uma vez o mundo a minha volta sumiu dando lugar ao século vinte um ,como ainda flutuava caí no sofá da casa de Sheila,josie e Lizzie estavam desmaiadas no chão com as mãos sangrando.e bonnie estava ao lado delas com um corte profundo na cabeça,o que explicava a poça de sangue que já se formava.

Peguei uma por uma e deixei em um quarto diferente,levei bonnie por último por ela ser a mais ferida e precisar de mais cuidados, peguei uma bacia com água e passei no ferimento,depois fiz um curativo na sua testa,sair do quarto e deixei agora as três meninas descansarem.

Voltei a sala e ouvir a secretária eletrônica.

-Oi Bon Bon é... não sei como explicar isso... Mais seu filho estar com um gênio forte ultimamente.a voz chata de Damon surgiu pelo ambiente.-Por favor me liga quando ouvir isso precisamos de você urgente.mais uma mensagem.

-Bonnie Sheila Bennett,é bom que não tenha mandado minhas filhas pra Deus sabe onde, não pode protege-las pra sempre.Caroline falou irritada.mais uma mensagem.

-Precisamos encontrar uma maneira de parar, você consegue Bonnie eu sei disso.falou a voz de uma garota ela parece ter a mesma idade que minhas sobrinhas.mais uma mensagem.

-Alô... mãe?... Por favor deixa eu falar com o papai você o trouxe de volta não trouxe?. falou um menino julgo meio desesperado seja quem for o pai do garoto, ele quer muito encontrá-lo azar de quem for o pai.mais uma mensagem.

-Alô bonnie, você me perguntou um jeito de anular o feitiço,eu acho que encontrei só não diz nada ao Kai,nem acredito que você vai voltar ao normal,  tudo certo mesmo lugar de sempre às dez, até mais.a voz de Elena estava alegre demais pro meu gosto.mais uma mensagem ,que droga de tanta mensagem.sair da casa de Sheila, deixando a mensagem que mudaria minha vida.

-Oi Bonnie é a freya, você não contou pro Kai que ele é o pai do seu filho não é....    .fim da chamada.





Notas Finais


Eu e minha boca grande, é isso nós veremos logo logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...