1. Spirit Fanfics >
  2. Love will light the day >
  3. O jantar

História Love will light the day - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Oi 🤭
Mais um capítulo para vocês.

Capítulo 11 - O jantar


Desde o final de semana que eu achei que havia algo de errado com Piper, primeiro não me respondeu quando enviei as fotos da sessão dela e quando recebi uma mensagem da mesma foi para cancelar na nossa sessão, fiquei preocupada e perguntei se estava tudo bem com ela mas novamente não obtive resposta, quanso chegou a quarta feira fiquei pensando se ela iria enviar uma mensagem cancelando novamente, esperei... esperei... esperei... até que finalmente recebo uma mensagem de Piper confirmando a nossa sessão, mas também uma mensagem se desculpando e outra explicando que não estava tudo bem como eu imaginava, disse para Piper que ela poderia conversar comigo, além de todos os nossos trabalhos eu sentia que podíamos ter uma espécie de amizade visto que eu já contava toda a minha vida para ela, mas ela se negou a contar.

Quinta feira chegou e com ela a sessão com Piper, ao início ela parecia normal, me tratava da mesma forma dos outros dias mas quando chegou o momento de fotografar eu percebi, tanto no seu olhar como no seu sorriso, o seu olhar estava cansado, com falta de sono e talvez tenha sofrido algumas lágrimas pois as suas olheiras estavam escondidas debaixo de muito corretivo, mas o que mostrava mesmo era o seu sorriso, não era o mesmo sorriso de Piper que eu conhecia, não era um sorriso natural e genuíno mas sim um sorriso artificial e forçado, parecia uma modelo qualquer simples que eu costumava fotografar.

No final da sessão observei Piper indo até ao mar, ela parecia pensativa e ao mesmo tempo a fugir dos seus pensamentos, estava pronta para a questionar mas a deixei no seu canto, nos despidimos quando a mesma foi até ao seu carro já do lado da revista e segui para casa.

Os meus pensamentos estavam me matando pois eu queria fazer algo por Piper da mesma maneira que ela faz comigo, foi então que na noite de quinta feira ganhei coragem e enviei uma mensagem:

"Olá Piper, eu notei que não está tudo bem com você, quer sair amanhã à noite, jantar e esquecer os problemas?"

Fiquei ansiosa pela resposta, desbloqueando o telemóvel a cada 5 minutos com medo de não ter ouvido a resposta mas a mesma demorou, uma hoa depois Piper respondeu.

"Boa noite Alex, por mim tudo bem, obrigada pela preocupação."

"Então eu pego você às 20h na sua casa, só preciso do endereço"

"Pode me pegar a essa hora mesmo no consultório".

E foi assim que eu fiquei caminhando de um lado para o outro no meu quarto este final de tarde, estava indecisa com o que utilizar e falando com minha mãe no celular ao mesmo tempo, Joseph estava quase indo de férias para o pai e ela estava como sempre ansiosa com o momento.

-Alex, você está me ouvindo?

-Sim mamãe, eu estou me arranjando mas estou ouvindo tudo.

-Você vai sair com uma garota novamente? E quando é que assume logo?

-Não mamãe, eu estou indo sair com Piper.

-Piper? Mas Piper não era hetero?

-Sim, vamos sair como amigas, eu não ando transando com todo o mundo que saio tá.

-Ah sim, são amigas, mas por você não seria apenas isso.

-Mamãe é sério, eu vejo a Piper como uma amiga, ela está mal e vamos nós distrair um pouco.

Continuei me arrumando e conversando com minha mãe, quando eram 19:30h peguei a chave de casa, do carro e a minha carteira e saí de casa, 20 minutos depois estava do lado do prédio onde Piper tinha o seu consultório, pensei em subir mas apenas enviei uma mensagem falando para Piper que já a estava esperando, 5 minutos depois a mesma aparece saindo do prédio gigante linda, utilizava as calças vermelhas da primeira sessão, uma camisa de alcinhas com detalhes em renda uns saltos pretos, na sua mão trazia a sua mala e um casaco preto de cabedal. Já eu estava utilizando umas jeans pretas com uns ténis all star e uma camisa social branca.

-Oi Pipes, você está linda. - aquele nome saiu da minha boca naturalmente mas eu até gostei, Piper também não comentou nada sobre o mesmo.

-Oi Alex, obrigada, você também está. - dei um sorriso para Piper e comecei dirigindo em direção ao meu restaurante italiano favorito.

Quando chegamos lá Piper comentou:

-Eu já vim aqui uma vez e achei legal, escolheu bem Alex.

-Obrigada.

Entramos no restaurante e dei o meu nome para a reserva que tinha feito naquele dia de manhã, o garçon nos levou até a uma mesa que ficava no fim do restaurante, era bem escondida, nos entregou o livrinho com os menus e começamos escolhendo.

-Me aconselhe alguma coisa. - disse Piper.

-Hmmmm.. Eu não sei os seus gostos mas vou sugerir a lasanha, é muito boa mesmo.

-Boa ideia, e você vai pedir o quê?

-Eu sou vegetariana então vou pedir a massa com espinafres e natas de soja, é muito boa também.

-Sério? Não sabia que você era vegetariana, há quanto tempo?

-Já sou há três anos, de animais só consumo mesmo o leite algumas vezes, queijo e ovos mas estou tentando cortar niaso também.

-Que legal!

Eu e Piper entramos numa conversa atrás da outra sobre imensas coisas até as nossas comidas chegarem, comemos tranquilamente enquanto bebíamos um bom vinho.

-Piper, me permite perguntar o que aconteceu?

-Claro.... Eu não consigo falar muito sobre isso, é recente mas meu namorado me traiu.

-Nossa sério? Que burro... Quem é que trai uma Piper Chapman!

Piper não continuou a conversa sobre o agora ex namorado e eu também não a forcei, mas chegou para perceber o que estava se passando com ela.

Terminamos de jantar, pagamos a conta a meias e logo fomos caminhar um pouco no jardim à frente do restaurante, o tempo não estava nada agradável, Piper já estava vestindo o seu casaco mas eu não tinha nenhum comigo então estava congelando, pedi a Piper para irmos embora porque não estava aguentando e ela concordou pois também estava com frio, já no carro liguei o ar condicionado no quente e logo fiquei com uma boa temperatura corporal.

-Então, me passa seu endereço para eu te levar a casa. - disse para Piper.

-Na verdade eu estou morando no meu consultório agora até encontrar uma casa.

-Ah... certo.

Não comentei nada, claro que ela não continuaria morando com aquele traste, dirigi tranquilamente, estávamos as duas em silêncio ouvindo a música que passava baixinho na rádio, era uma música calma que relaxava muito.

cerca de trinta minutos depois já estava do lado do prédio de Piper e me preparei para me despedir dela.

-Obrigada Alex, eu gostei do jantar e de me distrair com você.

-É para isso que as amigas servem Piper, e você pode contar comigo sempre assim como eu conto com você.

Observei Piper ir até ao prédio e desaparecer no seu interior e dirigi até casa com a cabeça leve. 


Notas Finais


Parece que Piper está na friendzone para Alex, será que ela ainda não percebeu que está se apaixonando?
Nos vemos no próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...